Porto Velho (RO) domingo, 29 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Ji-Paraná: Sobrou viaduto no 2º Distrito


Hoje pela manhã, 11/03/13, muitas reclamações nos veículos de comunicação em virtude do que qualificaram como “O caos no trânsito”.  Algumas argumentações “audíveis” outras nem tanto. Alguns diziam que a culpa é da Empresa Municipal de Transportes Urbanos, EMTU, que não dispõe de engenheiro de trânsito para planejar as mudanças. Outros culpavam o prefeito, pois, as mudanças foram apresentadas a ele e este homologou.

Há dias eu me questionava sobre esta problemática: Será que a Av Vilagran com BR364 vai continuar como era antes, ou vai se instalar um semáforo, ou vai ter uma rotatória? Será que fechar o acesso pela Av. Vilagran para o centro da cidade faz com que a Rodovia tenha melhor fluidez naquele ponto? Será que abrir o acesso à marginal frente a ink Jet, para quem vem do 2º Distrito entrar e acessar o “túnel” e ir para o centro é possível? Será que ao concluir o anel viário e desviar o trânsito pesado, ainda será preciso preservar tanto os acessos à Rodovia dentro da área urbana?

Conclui-se que todas essas mudanças não irão resolver o grande problema de acesso ao centro de Ji-Paraná. Não há alternativa mágica sem um investimento maior. Não há EMTU que solucione o acesso proporcionando 100% de fluidez ao centro da cidade com alterações paliativas. Sobra viaduto no 2º Distrito e falta viaduto no 1º Distrito, esta é a verdade. Um viaduto de grande extensão para solucionar o acesso ao bairro Nova Brasilia, quando menos da metade seria suficiente, e assim poderia construir outros viadutos nos cruzamento com a Vilagram e a 22 de novembro. A Vilagram poderia ser rebaixada de nível, o terreno permite por ser local alto, e assim o cruzamento seria por baixo da Rodovia. Uma obra fácil e de menor custo se comparada ao imponente e exagerado viaduto do 2º Distrito.

Como diz meu amigo Fabio de Souza: Tem que consultar o Sr. Zezinho. Na verdade o Prefeito através da EMTU vai tentar mudanças que pelo menos amenize o problema. Mas a obra de duplicação da BR 364 deveria ter trazido eficientes mudanças no trânsito da cidade. Importante preservar a rodovia e sua fluidez, no entanto, há possibilidade de melhorar a vida das pessoas que transitam diariamente de um bairro a outro. O foco da obra de duplicação foi o acesso ao Bairro Nova Brasília e adjacentes, em detrimento do acesso ao Centro da cidade para onde se converge todos os demais bairros. Ainda é tempo de construir um viaduto na Vilagran com BR364. Pode-se incluir no mesmo projeto de conclusão da duplicação no porvir.

Everaldo José de Souza – Tenente PM
Pedagogo. Pós Grad em Direito e Gestão de Trânsito

Mais Sobre Opinião

A cidade foi a grande ausente no debate

A cidade foi a grande ausente no debate

Se o Ibope estiver certo em sua aferição, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) vai permanecer por mais quatro anos no comando do município de Porto Velho

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1

Os náufragos de 2020

Os náufragos de 2020

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que saiu perdendo nas eleições municipais de 2020. A esquerda foi massacrada nas urnas. Exemplo disso é o