Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Infarto mata o cantor Ataulpho Alves Júnior, aos 74 anos



Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

O cantor e compositor Ataulpho Alves Júnior, de 74 anos, morreu em casa, na noite de ontem (15), na Glória, zona sul do Rio de Janeiro, quando assistia televisão ao lado da mulher. Sofreu um infarto.

O artista estreou nos palcos em 1963, no Teatro Record, em São Paulo, no Programa Bossaudade, de Elizeth Cardoso. Em 40 anos de carreira, Ataulphinho, como era conhecido, gravou cerca de 20 discos, e o sucesso que o consagrou veio em 1976: Os Meninos da Mangueira, composição em parceria do jornalista Sérgio Cabral e do músico e produtor Rildo Hora.

Ele era filho do cantor e compositor mineiro Ataulfo Alves (1909-1969), que fez muito sucesso nos tempos áureos do rádio e deixou mais de 100 canções gravadas.

O corpo de Ataulpho Alves Júnior será velado agora à tarde no Cemitério Parque Jardim da Saudade, na Sulacap, zona norte do Rio. O enterro está marcado para às 16h15, no jazigo perpétuo da família.

Mais Sobre Opinião

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1

Os náufragos de 2020

Os náufragos de 2020

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que saiu perdendo nas eleições municipais de 2020. A esquerda foi massacrada nas urnas. Exemplo disso é o

O recado das urnas

O recado das urnas

A renovação substancial da Câmara Municipal de Porto Velho, além da decepção causada a muitos dos que atualmente exercem mandato de vereador, há de