Porto Velho (RO) sábado, 23 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Energia

Técnicos da Hidrelétrica Santo Antônio reciclam conhecimento sobre as turbinas da usina


Técnicos da Hidrelétrica Santo Antônio reciclam conhecimento sobre as turbinas da usina - Gente de Opinião

Técnicos da área de Manutenção da Hidrelétrica Santo Antônio participam esta semana de um curso de reciclagem sobre as turbinas da usina. O treinamento está sendo realizado na hidrelétrica pela empresa de engenharia austríaca Andritz, que é uma das fabricantes das turbinas.

No curso, 22 técnicos estão revendo informações sobre o funcionamento, componentes, características, especificidades e as instruções para os trabalhos de manutenção das máquinas. “Estes treinamentos são importantes porque garantem às equipes um maior domínio do equipamento, o que permite uma melhor manutenção e, consequentemente, garante a maior performance das turbinas”, explica o gerente de manutenção da usina, Mário Eurípedes.

Turbinas Bulbo

Desde a sua concepção, o projeto da Hidrelétrica Santo Antônio foi idealizado para obter o máximo aproveitamento do potencial dos recursos hídricos do rio Madeira, com o mínimo impacto socioambiental na região, cuja preservação da biodiversidade é foco permanente.

Depois de detalhados estudos, a resposta foi a utilização da turbina do tipo Bulbo, tecnologia consagrada em diversos países por ser especialmente apropriada para grandes vazões de água, evitando a necessidade de grandes quedas ou a formação de extensos reservatórios. Essas unidades geradoras oferecem alta eficiência por ficarem completamente submersas e são bastante apropriadas para operarem com variações de vazão, comuns na região Amazônica e, especialmente no rio Madeira, cuja vazão pode oscilar entre 4 mil metros cúbicos na época de seca  a 44 mil metros cúbicos no período de chuva.

A Hidrelétrica Santo Antônio possui 50 turbinas Bulbo, sendo que seis delas geram energia com exclusividade para Rondônia e Acre, abastecendo até 40% do consumo dos dois Estados. Cada turbina tem potência média de 71,6 Megawatts (MW), possui nove metros de diâmetro e 900 toneladas.

 

Mais Sobre Energia

Ceron investe R$ 5,2 milhões na região de Nova Mamoré

Ceron investe R$ 5,2 milhões na região de Nova Mamoré

Para melhorar o fornecimento de energia elétrica na região de Nova Mamoré, a Ceron, uma empresa do Grupo Energisa, vai investir na construção de uma l

Aneel diz que pagamento de empréstimos reduzirá em 3,7% a tarifa de energia

Aneel diz que pagamento de empréstimos reduzirá em 3,7% a tarifa de energia

A amortização de empréstimos contraídos em 2014 pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) junto a oito bancos possibilitará um impacto

Investimento da Ceron no sistema de Cerejeiras vai melhorar a qualidade da energia e movimentar a economia do Cone Sul

Investimento da Ceron no sistema de Cerejeiras vai melhorar a qualidade da energia e movimentar a economia do Cone Sul

Os mais de 53 mil moradores de quatro municípios da região conhecida como Cone Sul vão ter energia de mais qualidade. É que foi iniciada a elaboração

Grupo Energisa tem nove distribuidoras entre as melhores do país

Grupo Energisa tem nove distribuidoras entre as melhores do país

A Energisa, grupo que a Ceron faz parte desde novembro, teve nove distribuidoras posicionadas entre as melhores do Brasil, em duas categorias do ranki