Porto Velho (RO) sexta-feira, 19 de julho de 2019
×
Gente de Opinião

Energia

Fecomércio/RO e CNC participam de audiência em Brasília para tratar da redução da tarifa de energia elétrica


Fecomércio/RO e CNC participam de audiência em Brasília para tratar da redução da tarifa de energia elétrica  - Gente de Opinião

O vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac /IFPE -RO, Raniery Araújo Coelho, participou nesta quarta-feira (20), de audiência da Bancada Federal de Rondônia com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, para tratar da redução da tarifa de energia elétrica no Estado. Na audiência, de quase duas horas, foram apresentados ao ministro as possíveis conseqüências para a economia e para a população se a decisão não for revertida.

“O impacto se dará em todo o setor produtivo – comércio, indústria e agricultura – de um Estado em acelerado desenvolvimento. Empreendedores deixarão de investir e aqueles que planejavam realizar negócios também desistirão”, destacou Raniery. O aumento elevado da energia também trará problemas para a população, visto que a média salarial em Rondônia gira em torno do salário mínimo. “São pessoas sem condições de absorver esse aumento”,analisou o presidente. 

Os empresários também são afetados com o aumento. A maioria terá que reduzir o quadro de funcionários para pagar a energia que mantém a sua operação. “Ainda assim, terão que transferir parte do custo para quem consome seus produtos. Ou seja, é um círculo vicioso, com impacto em todos os segmentos da sociedade”, disse Raniery. 

O presidente da Fecomércio/RO e vice presidente da CNC ressaltou ainda que a instituição está unida a lideranças empresariais e políticas para defender a população e o setor produtivo e dessa forma encontrar uma saída que seja razoável e atenda às necessidades de todos os envolvidos.

Para Raniery, o ministro se mostrou bastante sensibilizado com a mobilização da população e seus representantes para reverter o atual quadro no Estado. “Vi com bons olhos as palavras do ministro Bento Albuquerque, que pediu um prazo, e lhe foi dado. Ele disse que se reunirá com sua equipe técnica e prometeu nos dar uma resposta em curto prazo. O ministro recebeu esse voto de confiança, mas a classe produtiva está atenta para que o assunto não morra”, finalizou Raniery Coelho.

 

Mais Sobre Energia

Ceron na Comunidade realiza mais de 500 atendimentos na Zona Leste de Porto Velho

Ceron na Comunidade realiza mais de 500 atendimentos na Zona Leste de Porto Velho

Troca de titularidade, orientação para consumo eficiente e negociação da conta de luz com a isenção de juros, multas, correção monetária e parcelame

Ceron inicia campanha de combate ao furto de energia elétrica

Ceron inicia campanha de combate ao furto de energia elétrica

A Ceron/Energisa iniciou nesta semana uma campanha de conscientização sobre os malefícios dos furtos de energia elétrica, os chamados “gatos”. O objet

Ceron na Comunidade oferece negociação de dívidas para moradores da Zona Leste

Ceron na Comunidade oferece negociação de dívidas para moradores da Zona Leste

No próximo sábado (13), a Ceron, empresa do grupo Energisa, dá início ao projeto “Ceron na Comunidade” que leva os serviços comerciais da concessioná

Fecomércio defende suspensão do aumento da tarifa de energia em Rondônia

Fecomércio defende suspensão do aumento da tarifa de energia em Rondônia

Durante a Audiência Pública contra o valor da Tarifa de Energia Elétrica no Estado Rondônia que aconteceu na manhã desta sexta-feira (05) no plenário