Porto Velho (RO) terça-feira, 19 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia

Aprovada pela Assembleia, Lei de Laerte Gomes proíbe cortes de energia sem notificação

Projeto está em conformidade com a Resolução da ANEEL, que hoje não é respeitada pela Energisa


Aprovada pela Assembleia, Lei de Laerte Gomes proíbe cortes de energia sem notificação - Gente de Opinião

Preocupado com o desrespeito da nova concessionária de energia elétrica em Rondônia, a Energisa, com a Resolução nº 414/2010 da ANEEL, o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes, aprovou nesta terça-feira projeto de Lei 231/2019 proibindo o corte sem a devida notificação com 15 dias de antecedência ao consumidor. A matéria, votada em dois turnos, recebeu apoio e emendas dos parlamentares e seguiu para sanção do governador do Estado. 

Em outro tópico, o texto legal proíbe a punição ao consumidor, caso este não pague a conta gerada, mas tenha quitado as próximas faturas se não houve haja notificação do débito anterior em até 90 dias. Também está proibido, segundo a Lei de Laerte Gomes, o corte em estabelecimentos de saúde, instituições educacionais e de internação coletiva de pessoas e usuário residencial de baixa renda beneficiário de subsídio. 

Outro ponto é a proibição de corte em domicílio onde resida pessoa idosa que cuide de outra pessoa idosa portadora de deficiência mental, física ou acamada. “Conforme a Resolução da ANEEL, verifica-se que o corte no fornecimento da energia ante o inadimplemento das faturas é lícito, contudo, o consumidor deve ser previamente notificado, vez que havendo a interrupção da energia elétrica sem aviso prévio, o corte é ilegítimo, respondendo a concessionária pelos danos causados ao consumidor”, explicou texto legal do parlamentar aprovado pela Assembleia.

Mais Sobre Energia

Usina Hidrelétrica Jirau recebe visita de estudantes da Associação Educacional de Cacoal

Usina Hidrelétrica Jirau recebe visita de estudantes da Associação Educacional de Cacoal

Pela primeira vez, a Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau recebe estudantes da Associação Educacional de Cacoal (UNESC). A visita foi realizada no dia 14 e

Energisa - Deputados afirmam que após instauração da CPI, Procon passou a agir

Energisa - Deputados afirmam que após instauração da CPI, Procon passou a agir

Após reunião na tarde de quarta-feira (13), os deputados que integram a CPI da Energisa, disseram considerar que o ponto mais importante verificado

Em Cacoal, CPI ouve mais reclamações e denúncias contra concessionária de energia

Em Cacoal, CPI ouve mais reclamações e denúncias contra concessionária de energia

A cidade de Cacoal foi a terceira de Rondônia a receber a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instalada na Assembleia Legislativa para apurar p

CPI acolhe reclamações dos consumidores de Ji-Paraná contra a Energisa

CPI acolhe reclamações dos consumidores de Ji-Paraná contra a Energisa

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada na Assembleia Legislativa para apurar possíveis irregularidades e práticas abusivas contra os c