Porto Velho (RO) sexta-feira, 16 de abril de 2021
×
Gente de Opinião

Opinião

É o cúmulo do desrespeito


É o cúmulo do desrespeito - Gente de Opinião

Digna de aplausos à tentativa do prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, para buscar parcerias com outros prefeitos para a aquisição de vacinas contra a Covid-19, porém todo esse esforço poderá redundar inócuo se a população não ajudar, ou seja, evitar aglomerações e, quando precisar sair de casa, usar máscara e álcool em gel.

Enquanto muitas pessoas tiveram que reorganizar suas vidas e atividades, saindo de casa apenas para fazer o que necessário, como ir ao mercado ou à farmácia, irresponsáveis, que não têm amor pela própria vida, insistem em descumprir as restrições impostas pelas autoridades públicas e sanitárias, aglomerando-se, ou, então, andando de um lado para outro, sem máscara e, o que é pior, promovendo e participando de festas e entupindo as casas noturnas e os bares da vida.

Nesse período de pandemia, segundo dados da Secretaria de Estado, Segurança, Defesa e Cidadania (SESDEC), foram registradas mais de três mil intervenções pelos órgãos de fiscalização para tentar conter os desobedientes. Isso apenas na cidade de Porto Velho. Pessoas estão sofrendo com perdas pessoais, hospitais estão lotados, com pacientes doentes contaminados pelo coronavirus, outros tantos estão em casa, por falta de leitos nos hospitais públicos e privados, e essa gente ainda procede como se não estivesse acontecendo. Pelo amor de Deus!

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, que já têm tanto trabalho, ainda precisa encontrar tempo para acabar com festas clandestinas, não só na área urbana como também na área rural. Isso porque não é somente na cidade que os eventos acontecem. As aglomerações e o consumo de bebidas alcoólicas também são frequentes em chácaras. Se o ser humano aprendesse a se colocar no lugar do outro, muitos problemas seriam facilmente evitados. Mas, infelizmente, o egocentrismo fala mais que o amor ao próximo. É o cúmulo do desrespeito. 

Mais Sobre Opinião

A sociedade quer respostas

A sociedade quer respostas

Ainda está na memória de muitos rondonienses a cena, filmada pela competente Policia Federal, em que um deputado aparece recebendo o que seria dinhe

Justiça portuguesa a ser mais lenha na fogueira da democracia

Justiça portuguesa a ser mais lenha na fogueira da democracia

Mais um murro nos olhos dos portugueses! O juiz de instrução Ivo Rosa destruiu quase por completo 4 anos de investigação do Ministério Público (1) e p

Esperteza em tempos de pandemia Esperteza em tempos de pandemia

Esperteza em tempos de pandemia Esperteza em tempos de pandemia

Alguém já disse que a esperteza, quando muita, acaba engolindo o próprio dono. Tempos difíceis favorecem toda sorte de esperteza e bandalheiras. Gov

Morreu Hans Küng - um crítico controverso na igreja católica

Morreu Hans Küng - um crítico controverso na igreja católica

O teólogo Hans Küng morreu hoje com 93 anos em Tübingen. Ele tinha opiniões fortes e ao mesmo tempo foi um dos mais importantes lutadores pelo entendi