Porto Velho (RO) sexta-feira, 4 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Diz Perzivo comenta 'E AGORA SEU LULLA?'




ADEUS CLASSE BAIXA

Segundo o Banco Interamericano de Desenvolvimento-BID, na contramão do entusiasmo oficialiesco, a inflação mundial de alimentos pode empurrar mais 6,16 milhões de brasileiros para a pobreza. Pelos cálculos do banco, existem 28,3% de brasileiros abaixo da linha de pobreza, mas isto pode aumentar para 31,5% da população, se os preços dos alimentos continuarem a aumentar ou apenas permanecerem altos.

Para a América Latina inteira seriam mais de 26 milhões de pessoas que podem atingir a pobreza extrema. Os preços dos alimentos subiram em média 68% entre janeiro de 2006 e março deste ano. No caso de trigo e milho, mais do que dobraram de preços. Famílias mais pobres são mais afetadas, porque gastam uma proporção maior da renda com comida e são obrigadas a reduzir o consumo com o aumentos dos preços.

Fonte: Jornal Diz Persivo

Mais Sobre Opinião

O tribunal europeu (TEDH) dá andamento à queixa "Acção Climática" das crianças portuguesas + Restauração de Portugal independente

O tribunal europeu (TEDH) dá andamento à queixa "Acção Climática" das crianças portuguesas + Restauração de Portugal independente

O TRIBUNAL EUROPEU (TEDH) DÁ ANDAMENTO À  QUEIXA “ACÇÃO CLIMÁTICA” DAS CRIANÇAS PORTUGUESASNo rescaldo de Pedrogão Grande onde o Fogo matou 110 Pessoa

Começou a batalha pela presidência da Câmara em Porto Velho

Começou a batalha pela presidência da Câmara em Porto Velho

Acirra-se a briga pela presidência da Câmara Municipal de Porto Velho. O atual presidente Edwilson Negreiros está articulando um grupo forte para gara

Sua Excelência a abstenção

Sua Excelência a abstenção

Independente de quem saía consagrado das urnas no segundo turno do pleito para a prefeitura de Porto Velho (Hildon Chaves ou Cristiane Lopes), certo

A cidade foi a grande ausente no debate

A cidade foi a grande ausente no debate

Se o Ibope estiver certo em sua aferição, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) vai permanecer por mais quatro anos no comando do município de Porto Velho