Porto Velho (RO) terça-feira, 11 de maio de 2021
×
Gente de Opinião

Opinião

Da expectativa à frustração


Da expectativa à frustração  - Gente de Opinião

Em menos de uma semana, fomos da expectativa à frustração. A promessa de compra de quatrocentas mil doses de vacinas produzidas pelo laboratório AstraZeneca pela prefeitura de Porto Velho, por meio da empresa Ecosafe Solutions, ficou pelo meio do caminho. A ânsia de chegar na frente na luta contra o covid -19 e, com isso, aparecer bem na foto perante à opinião pública, por pouco não resultou em prejuízo aos cofres públicos.

Graças a Deus, a Policia Civil do Rio de Janeiro farejou o cheiro de coisa podre no ar e resolveu mergulhar de cabeça no pântano da malandragem, evitando, assim, que milhões de reais escorressem pelo esgoto, cada vez mais largo, da fraude. O contribuinte, exaurido de tanta exploração, agradece o esforço daquela instituição. O prefeito Hildon Chaves garantiu que não saiu um centavo da conta da prefeitura para pagar a empresa. Quem bom!

Mas não foi apenas a população de Porto Velho que ficou decepcionada. Tinha muita gente surfando na onda da vacina de olho nas eleições de 2022. Pelo jeito, o tiro saiu pela culatra. Vão ter que procurar outro cabo eleitoral. Interessante observar que, somente agora, descobriu-se que a Oxford/AstraZeneca não vende suas vacinas para empresas privadas, estados ou municípios. Será que ninguém viu isso antes de começar o processo de negociação? Um simples telefonema para a farmacêutica teria evitado o transtorno, mas a pressa falou mais alto. E o resultado foi um desastre.

Vivemos tempos difíceis. É preciso que os homens públicos deixem de lado o imediatismo, que nada contribui para a correção da ordem social e passem a cuidar dos legítimos interesses da população. A voz da razão e do espírito público recomenda cautela nesse momento delicado da vida nacional.

Sejamos humildes para reconhecer que há problemas cujas soluções transcendem a capacidade humana. Deixemos de lado as nossas vaidades e reconheçamos as nossas limitações, voltando nossos olhos para as coisas do alto e clamando pela misericórdia do Senhor, que tudo pode, tudo sabe, tudo vê.

Mais Sobre Opinião

Salve os 133 anos da abolição da escravidão no Brasil. E daí? Se a agravante, a escravidão moderna da OAB é muito mais sutil, maléfica e lucrativa que a escravidão do século passado?

Salve os 133 anos da abolição da escravidão no Brasil. E daí? Se a agravante, a escravidão moderna da OAB é muito mais sutil, maléfica e lucrativa que a escravidão do século passado?

Nada temos a comemorar por ocasião dos 133 anos da abolição da escravidão no Brasil, no próximo dia 13 de maio. Assim como a cepa da variante e das mu

Dia da Mãe + Salafistas + Plano Nacional para as florestas

Dia da Mãe + Salafistas + Plano Nacional para as florestas

Parabéns e muitas felicidades às mães neste seu dia de especial homenagemO dia da mãe é comemorado em diferentes datas, nos diversos países (a mai

A população anda cansada dessa história de CPI?

A população anda cansada dessa história de CPI?

Expressiva parcela da população não aguenta mais ouvir falar de CPI. É CPI disso, CPI daquilo. Quando um partido ou grupo político fica com raiva de

Você tem medo de CPI?

Você tem medo de CPI?

Se a pergunta fosse feita a um cidadão comum, acostumado a viver com o suor do próprio rosto, cercado de dificuldades por todos os lados, a resposta