Porto Velho (RO) sábado, 5 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Confúcio, Isabel e as aulas de mediocridade...


Confúcio, Isabel e as aulas de mediocridade... - Gente de OpiniãoA greve dos trabalhadores da educação pode até não ter conseguido resolver os problemas que estavam na pauta, e que até hoje são motivo de muita indignação por parte dos servidores, mas deixou uma marca indelével na fracassada administração do PMDB de Confúcio Moura, para “coroar” os outros problemas que essa turma vem causando.

O discurso do confuso governador é o mesmo: todas as cidades que ele visita são o melhor lugar de Rondônia para viver, ele não perde a mania de dizer que vai construir escolas de referências no estado, porém seu frágil governo está acabando e até hoje tudo não passou de papo furado.

Vejamos: Confúcio visitou a Bahia. Voltou de lá dizendo que ia construir uma escola modelo em Porto-Velho, que seria referência para o país. Essa escola seria chamada “Anísio Teixeira”, para homenagear o educador homônimo. Até hoje não construiu! Confúcio visitou o colégio Militar de Brasília. Voltou dizendo que ia construir um igualzinho no distrito de Jaci - Paraná. O distrito até merece, dada a grande problemática social que pode ser constatada naquele lugar, mas ninguém entende por que o governador delira desse jeito. Quem conhece o Colégio Militar de Brasília sabe que isso é demagogia barata. O colégio da capital brasileira visitado pelo governador do PMDB tem cinema, restaurante, teatro, várias quadras cobertas e os professores que trabalham lá têm salários que estão perto dos R$ 10.000,00. Por causa dessas brincadeiras que esse governador não tem a confiança de parte significativa da população. Só quero ver quando Confúcio visitar um lupanar... O próprio partido do governador já cogita lançar outros nomes em seu lugar. Prova clara de que a incompetência do ex-prefeito de Ariquemes salta aos olhos!  Uma prova simples sobre a demagogia de Confúcio é o fato de que, desde o começo de seu governo, ele promete construir uma quadra na escola Bernardo Guimarães, em Cacoal. A escola atende cerca de dez bairros da cidade e não tem uma quadra. Prometer que vai construir uma escola modelo em Jaci é brincar com a cara dos alunos e pais de alunos de Cacoal e de muitos outros municípios com a mesma realidade.

Confúcio prometeu priorizar a educação. Tudo papo furado! Colocou na secretaria uma pessoa que nada entende do assunto e que atrapalha muito mais do que ele imagina. Com o alto salário e com as diárias sem limite que Isabel Luz tem, com certeza, vai deixar a secretaria para ser empresária, fazendeira ou quem sabe “boiadeira” em algum lugar bem longe da SEDUC, porque de educação ela não sabe nada. Nem vale a pena comentar sobre a secretária-adjunta, pois o próprio nome é muito significativo e cabe como uma luva: “marionete”... Piada pronta!

A equipe que atua na SEDUC com certeza é constituída por uma maioria de pessoas boas e competentes, como muitas que conheço, mas, infelizmente, as poucas pessoas que detêm o poder de decisão fazem cada absurdo que dá nojo.

Entre tantos excrementos já feitos pela cúpula da SEDUC, podemos citar o calendário impositivo de aulas de reposição, depois da greve que durou cerca de dois meses, por pura incompetência do governo, em centenas de escolas do estado os pais dos alunos compareceram em massa e opinaram para não haver aulas aos sábados. Todo mundo, menos Confúcio e Isabel, sabe que aula em dia de  sábado não tem absolutamente nenhum resultado positivo. Primeiro pela ausência de praticamente 70% dos alunos, porque, mais do que Confúcio e Isabel, os alunos sabem pensar com lógica. Esse papo furado de democracia nas escolas só existe no papel. Na grande maioria das escolas, os pais rejeitaram as aulas aos sábados, mas o governo impôs. Que democracia é essa que não respeita os pais dos alunos? Que governo é esse que distribui cartazes gigantes em todas as escolas, dizendo que as famílias precisam estar na escola, mas não aceita a opinião dessas famílias? Se os pais dos alunos não podem dar opinião sobre o calendário escolar, qual seria o papel dos pais neste governo do PMDB? Os pais seriam “marionetes”? Onde fica o direito dos alunos adventistas, que têm o direito de guardar a noite de sexta e dia de sábado? O PMDB de Confúcio pensou nesses alunos? Pensou nos professores e técnicos da mesma religião? Claro que não!

O calendário de aulas de reposição foi feito, pensando nas pessoas que ficam nos gabinetes da educação, que não produzem nada, mas que já marcaram suas viagens para janeiro... Esse é o governo da enganação! As aulas aos sábados servem apenas para contar os dias, mas não atendem as necessidades das pessoas que Confúcio prometeu priorizar. O governo de Confúcio é tão bagunçado que registra aulas que não aconteceram. Recentemente ele esteve em Ministro Andreazza para inaugurar uma passarela de cerca de 20 metros quadrados na escola da cidade.  Naquela tarde não houve aulas, mas todas estão registradas como se tivessem acontecido. Isso é priorizar a educação?

Os alunos e professores que estiveram em Ji-Paraná, nos jogos escolares nos últimos dias, sabem muito bem que Confúcio não os trata como prioridade. O serviço de transporte era tão precário que o micro-ônibus usado para transportar alunos nos jogos tem capacidade para cerca de 20 pessoas, mas andava na cidade com quase 80 alunos e professores dentro. Exemplo de desorganização! Talvez esse fato tenha impedido muitos alunos de alcançarem os índices dos quais precisavam para a fase nacional dos jogos. Duvido que SEDUC tenha pensando nisso!

Confúcio propõe tirar das escolas os guardas que trabalham atualmente. Ele quer colocar câmeras. Sinceramente me recuso a acreditar que “arrumaram” uma empresa para fornecer esse equipamento. Qualquer pessoa que sabe fazer contas percebe que o custo será muito maior... E a segurança das escolas será muito menor... Isso sem falar no problema social com tantas demissões! Pelo que se pode verificar, Confúcio Moura, Isabel Luz e o PMDB, ao terminarem esse desastroso governo, terão dado uma verdadeira aula... Uma aula de mediocridade... Tenho dito! 

FRANCISCO XAVIER GOMES

Professor da Rede Estadual

Mais Sobre Opinião

Agora que a eleição acabou é hora de mostrar serviço

Agora que a eleição acabou é hora de mostrar serviço

Agora que as urnas tiveram a sua voz silenciada pelo término da contagem dos votos ali recolhidos na consulta popular de novembro – um trabalho, dig

O tribunal europeu (TEDH) dá andamento à queixa "Acção Climática" das crianças portuguesas + Restauração de Portugal independente

O tribunal europeu (TEDH) dá andamento à queixa "Acção Climática" das crianças portuguesas + Restauração de Portugal independente

O TRIBUNAL EUROPEU (TEDH) DÁ ANDAMENTO À  QUEIXA “ACÇÃO CLIMÁTICA” DAS CRIANÇAS PORTUGUESASNo rescaldo de Pedrogão Grande onde o Fogo matou 110 Pessoa

Começou a batalha pela presidência da Câmara em Porto Velho

Começou a batalha pela presidência da Câmara em Porto Velho

Acirra-se a briga pela presidência da Câmara Municipal de Porto Velho. O atual presidente Edwilson Negreiros está articulando um grupo forte para gara

Sua Excelência a abstenção

Sua Excelência a abstenção

Independente de quem saía consagrado das urnas no segundo turno do pleito para a prefeitura de Porto Velho (Hildon Chaves ou Cristiane Lopes), certo