Porto Velho (RO) quarta-feira, 3 de março de 2021
×
Gente de Opinião

Opinião

Comparando coisas diferentes


Rosi Duarte Lacerda*

 

Fico pensando: como é que as pessoas podem categoricamente, afirmar coisas? Porque continuam a comparar o Aproveitamento Hidrelétrico (AHE) do rio Madeira com a Usina Hidrelétrica (UHE) de Samuel, quando não é comparável, pois são projetos totalmente diferentes e em tempos diferentes? Porque as pessoas só estão dispostas a falar e falar e falar e nunca querem ouvir ou entender nada, pois o que vale são as SUAS verdades? De que adiantou todos os anos de luta ambientais, se continuamos a dizer que NADA mudou, quando MUITA, MUITA coisa mudou sim! De que adianta continuar lutando e buscando o desenvolvimento responsável, quando a única coisa que se quer mesmo é a "preservação" da natureza (com o homem incluso, claro...) intacta, intocável, ignorante, manipulada e estacionada? Será que em anos e anos e anos de lutas ambientais o ser humana ainda não aprendeu nada? Será que nunca estaremos, MESMO, preocupados com o outro, com o meio ambiente (que o homem faz parte, repito!)? Será que vamos sempre brigar e debater pelo poder e pelo que NÓS queremos e os OUTROS que se danem? Só pra dizer que VENCEMOS? Já vi esse filme antes. Brigaram, brigaram, juntaram ONGs, interesses, poderes, políticas, etc e tal para impedir o projeto Belo Monte. OK! E tudo parou! Alguém voltou lá para ver o quanto "progrediu' a situação do meio ambiente (homem também, de novo!) de Altamira e Vitória do Xingu, dos que lutaram tanto contra o projeto? Alguém viu as soluções e melhorias que os "contra" Belo Monte promoveram na região? Já se passaram 5 ou 6 anos? Que desenvolvimento sustentável, responsável, etc e tal aconteceu por lá? Quem cuidou do que ficou para trás, em nome da preservação ambiental e do Rio Xingu? O que aconteceu com a população da região? Já que é para ficar comparando com o que aconteceu que tal a gente começar a comparar com o que NÃO aconteceu?

Fonte: 

* Rosi Duarte Lacerda, é artista plástica.

 

Mais Sobre Opinião

Pandemia também desfalca a imprensa

Pandemia também desfalca a imprensa

O Amazonas, com uma população 10 vezes menor do que a de São Paulo (4,2 milhões contra 44,6 milhões de habitantes), registrou o mesmo número de

É o cúmulo do desrespeito

É o cúmulo do desrespeito

Digna de aplausos à tentativa do prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, para buscar parcerias com outros prefeitos para a aquisição de vacinas cont

Os novos inquisidores também não gostam do padrão dos descobrimentos

Os novos inquisidores também não gostam do padrão dos descobrimentos

Extremismo Intolerância e Preconceito como Expressão de alguns Dançarinos do PoderNa onda dos violadores da cultura e da história até já um avançado d

Repete-se o desrespeito

Repete-se o desrespeito

Compreende-se o brado de indignação de políticos, autoridades e representantes de segmentos da sociedade civil contra o tratamento desrespeitoso e d