Porto Velho (RO) sexta-feira, 23 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Autoridades de Porto Velho, uma combinação explosiva...


Autoridades de Porto Velho, uma combinação explosiva... - Gente de Opinião

Amauri Leal

Essa combinação entre um prefeito incompetente e um bom número de vereadores subservientes é nitroglicerina pura. Com ela sofrem os cidadãos que percebem, sem esforço, a perda de qualidade de vida e dos serviços públicos oferecidos, além da péssima situação financeira da cidade de Porto Velho. Manter o olho aberto é o que se exige de todos nesse momento.

Realmente esse segundo ano de mandato têm sido difícil para nossa cidade. Não bastasse a presença na chefia do Poder Executivo Municipal de um prefeito que:

1 – Não tem o menor habilidade na administração das finanças municipais (não é muito difícil falar da péssima situação financeira da cidade que é de amplo conhecimento público), inclusive divulgado pelo próprio mandatário,

2 – Adora citar obras mirabulantes e pirotécnicas (tendo, sob pressão da necessidade, não executar nenhuma até a presente data), com se ainda em campanha estivesse,

3 – Por incompetência ou incúria deixa-se dominar por feudos dentro da prefeitura,

4 – Não cumpre suas promessas de campanha, implantação do sistema integral de ensino, criação do viveiro municipal,

5 – Adora realizações virtuais (vide os casos dos ônibus que até o momento não saíram do papel).

Temos também um Câmara Municipal que não fiscaliza a prefeitura e que, conseguem transformar o legislativo em apêndice do executivo, numa verdadeira disfunção e inoperância.

Será com dificuldade que a cidade de Porto Velho irá enfrentar esses 2 anos que faltam até o fim do mandato tanto do prefeito, quanto dos vereadores. O que importa, nesse tempo, é que os cidadãos portovelhenses, as organizações da sociedade civil, a imprensa, o Ministério Público e o Poder Judiciário fiquem atentos para que a possibilidade desses senhores de causar ainda mais danos seja minimizada ao máximo, até que tenhamos condições de democraticamente tirar todos eles do poder.

Fonte: Amauri Leal

Mais Sobre Opinião

O bom do silêncio

O bom do silêncio

Bolsonaro disse que não adianta exigir dele a postura de estadista, por que não é estadista.

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.