Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

ATAQUE DE NERVOS - Por Evandro Casagrande


ATAQUE DE NERVOS  - Por Evandro Casagrande - Gente de Opinião

Evandro Casagrande

O competente jornalista Robson Oliveira escreveu em sua prestigiada coluna que, ao ter indícios incontestáveis da incompetência de alguns de seus auxiliares, o prefeito Hilton Chaves perdeu a paciência de vez: teve um ataque de nervos. E vai tomar atitude.

Como se sabe, os eleitores de Porto Velho, cansados de votar em gente que nada ou quase nada resolveu, optaram por escolher um candidato sem carreira política anterior e com bons serviços prestados à nossa população, quando fazia parte do Ministério Público estadual.  Isso porque a maioria dos políticos profissionais está no páreo tão somente para se dar bem. Para eles, o povo que se dane!

Ao ser eleito, Hildon assumiu o difícil posto de detentor de muitas esperanças. Nossa querida cidade, cansada de ser relegada ao descaso, implorava que alguém competente e com vergonha na cara a tirasse da UTI onde está internada há muito tempo.

Hilton, para a gáudio de nossa gente, chegou chegando. Reuniu com assessores, definiu estratégias e ordenou ação. Ele próprio foi para locais onde os problemas estavam esperando soluções.  De temperamento proativo, tentou deixar claro para sua equipe que não iria tolerar incompetência nem morosidade na execução dos projetos.

Alguns assessores, entretanto, parece que não captaram essa mensagem. Como eram imprestáveis para a função, em pouco tempo tomaram um potente chute no traseiro, que o prefeito, sem titubear, lhes deu. Olho da rua, sem escala!

 Essas atitudes imediatas confirmaram sua intolerância à assessores não comprometidos com seu projeto. Esperou-se que,  daí por diante, o restante deles iria tomar jeito. Ledo engano: alguns, incompetentes e lerdos natos, continuaram fazendo suas besteiras de sempre. Foi aí que o Hildon resolveu tirar essas ervas daninhas do nosso jardim, antes que contaminassem outras ou o  destruíssem de vez.

Hildon está certo. Certíssimo! Ou seu projeto, alardeado na campanha eleitoral e até agora, é levado a cabo, ou sua administração se igualará as outras que tanto mal causaram a Porto Velho.

O prefeito sabe que, se fizer um bom governo, o seu futuro político será muito promissor. Isso porque os eleitores logo concluirão que, dessa vez, acertaram, e, assim, tudo de positivo que Hilton representa construirá o novo perfil de políticos que merecem ser eleitos.

Robson, bem informado que é, sabe o que escreve em sua coluna: cabeças rolarão. E nós, munícipes, esperamos que mais esse ataque de nervos do prefeito resulte em lição definitiva para gente que quer a função mas não está comprometido com a ação.

Não vacile prefeito, o tempo passa rápido.   Se é para colocar no olho da rua quem está atravancando sua gestão, que seja logo.

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual