Porto Velho (RO) quinta-feira, 23 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Artigo

Um novo ano com melhores perspectivas


Um novo ano com melhores perspectivas - Gente de Opinião

2019, um ano de fim de década repleto de altos e baixos, de expectativas e esperança de dias melhores com o novo governo federal e estadual e também de espera de acontecimentos, como foi o caso da Reforma da Previdência onde acompanhamos todo o seu processo e que teve um resultado positivo para a economia do país. Muitas das pessoas, com quem privo da amizade, e, algumas delas, com grandes negócios e capitais, reclamaram que não foi um ano fácil. De fato, não foi. Porém, de qualquer forma, foi um ano muito produtivo, mais não houve o crescimento esperado, certamente, forneceu as bases para que muito em breve, possamos ter melhores resultados.

 

Dentro dessa perspectiva positiva podemos com um olhar retrospectivo citar alguns resultados que o Sistema Fecomércio/Sesc/Senac em Rondônia obteve em 2019, à exemplo da Campanha Trabalho que valoriza o Brasil #euValorizo, realizada em todo país e que mobilizou todo nosso sistema, promovendo um abaixo assinado em defesa do Sesc e Senac. Antes mesmo de encerrar o ano já havia ultrapassado o patamar de 1,3 milhões de assinaturas. Nós, de Rondônia, fizemos mais de 20% acima de nossa meta, um resultado, sem dúvida, demonstrativo do empenho dos colaboradores, clientes, amigos e defensores do sistema em prol da educação, saúde, lazer, capacitações e assistência social.

 

Outro resultado significativo foi o Voto de Louvor que recebemos, durante Sessão Solene realizada na Assembleia Legislativa do Estado, por atuar há 36 anos em defesa do Comércio e de Rondônia. A homenagem foi proposta pelo Deputado Estadual Jair Montes, que fez a entrega dos certificados aos nossos diretores e conselheiros, juntamente com a Deputada Federal Silvia Cristina. Na ocasião, se ressaltou o trabalho constante para o fomento da economia e do turismo como a melhoria da malha aérea de Rondônia através do Programa de Desenvolvimento Aéreo Regional – PDAR, do Alfandegamento do Aeroporto de Porto Velho, Redução da Alíquota de ICMS sobre combustível de aeronaves, revitalização dos aeroportos de Cacoal, Ji-paraná, Vilhena, Ariquemes e Guajará-Mirim, do aumento do teto do Simples Estadual que passou de R$1,8 milhão para R$ 3,6 milhão, dentre outros  Projetos como o Porto Velho Sport Fishing, a Revitalização dos Centros Comerciais da Capital entre outras defesas afim de contribuir para o desenvolvimento do Estado.

 

Também realizamos em 2019 junto com nossos 12 sindicatos filiados no Espaço Bingool Eventos, o I Feirão do Comércio “Preço Baixo de Verdade”, que, com 35 stands dos mais variados segmentos, ajudou a aquecer as vendas de final de ano em Porto Velho.  Aproveito a oportunidade para destacar a determinação dos nossos empresários e comerciantes, que faço questão de frisar, seu otimismo e esperança por dias melhores é o que motiva esta Federação e os sindicatos pelas categorias que são representadas. Com alegria e expectativa dou boas vindas a 2020 com a pretensão de que nos venha proporcionar mais negócios e mais vendas. Feliz Ano Novo a todos! Que este novo ciclo traga muito mais crescimento, mais energia e muitos motivos para agradecer pelas novas conquistas e desafios que outros 366 dias hão de nos trazer. Que 2020 seja um ano de muitas realizações. 

 

 

*Raniery Araujo Coelho é Presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/RO e Vice-Presidente da Confederação Nacional do Comércio – CNC 

Mais Sobre Artigo

E agora, excelência?

E agora, excelência?

“PF na ALE”. Surpresa? Nenhuma!

Além da questão ética, saúde e educação

Além da questão ética, saúde e educação

Não se tem dúvida de que, na briga pela cadeira que hoje pertence ao prefeito Hildon Chaves, os embates politico-eleitorais girarão em torno da ques

Por que se criou o mito de que ser prefeito de Porto Velho enterra qualquer político

Por que se criou o mito de que ser prefeito de Porto Velho enterra qualquer político

É comum a investidura no cargo de prefeito de Porto Velho ser o fim da carreira política de muita gente. Uma notável exceção foi Odacir Soares, que,

Em um Estado de graça

Em um Estado de graça

É claro que Minas são várias, muitas, infindas.