Porto Velho (RO) quarta-feira, 13 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

Artigo

Lula livre, justiça ou escárnio?


Lula livre, justiça ou escárnio?  - Gente de Opinião

       Por seis votos a cinco, o Supremo Tribunal Federal derrubou a prisão após condenação na segunda instância. Com a decisão, todos os réus condenados só poderão ser presos após o trânsito em julgado, isto é, depois de esgotados todos os recursos. Assim, a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está com os dias contados e o petista pode ser solto a qualquer momento. Não só ele, mas segundo cálculos do CNJ, o Conselho Nacional de Justiça, pelo menos outros cinco mil presidiários podem ganhar também a liberdade, dentre eles, o petista José Dirceu e o ex-deputado Eduardo Cunha, todos corruptos. Embora já tenha votado no Lula algumas vezes, não sou petista, não sou esquerdista e nem comunista. Apenas acho que se está escrito na Constituição que, para ser preso, o cidadão deve ter esgotados todos os recursos, que se cumpra e pronto.

         O problema é que, como sempre, esta decisão só aconteceu por que beneficiava apenas brasileiros ricos e poderosos. Os pobres, no entanto, continuarão cumprindo o seu destino de serem a escória da nossa sociedade e para eles nenhum benefício à vista. Lula livre é um escárnio à sociedade brasileira como um todo. O ex-presidente praticamente nada fez em benefício do país. Não combateu os privilégios da elite, não combateu a corrupção e pior, não investiu o que deveria ter investido em Educação. Lula e o PT apenas deram continuidade à roubalheira nas esferas governamentais que eles tanto denunciavam. Mas convenhamos que não foi Lula e o PT que destruíram este país. Esse processo acontece desde o longínquo ano de 1500 e os petistas apenas deram continuidade ao roubo e à desigualdade social já antes verificada. Nada foi inventado.

         Lula solto e voltando aos palanques é um tormento principalmente para os bolsonaristas mais eufóricos. Nas urnas, os militantes do “Mito” se borram todos tendo que enfrentar o “Sapo Barbudo” em uma eleição onde teria de participar de debates na mídia. Como explicar para o Brasil que a Operação Lava Jato, por exemplo, capitaneada pelo ex-juiz Sérgio Moro fez a coisa correta? Todo mundo sabe que Moro prendeu o Lula apenas para ganhar a vaga de Ministro da Justiça e depois ser nomeado ministro do STF. Ou seja, prendeu um corrupto e ladrão não por que era o correto e justo a se fazer para o bem do Brasil, mas por que seria beneficiado lá na frente com essa “manobra” absurda. Como juiz, se misturou aos procuradores e influenciou toda a operação. O corrupto Lula deve ser solto por que todo o processo está viciado e foi feito ilegalmente.

         Lula e o PT não fizeram absolutamente nada pelos pobres como seus cegos e despolitizados seguidores dizem. “Apenas os apresentou ao consumo”. Com o PT, o PMDB, a Arena, a UDN ou PSL o Brasil nunca mudou. Além do mais, eles destruíram a Petrobras inteira e aparelharam o Estado para roubar. Mas o Brasil não fez muita coisa ao trocar o PT por Michel Temer e depois por Bolsonaro. Mesmo assim, Lula voltando a ser presidente do país é um retrocesso sem tamanho. O miserável esquerdista pode querer trazer de novo as Olimpíadas e outra Copa do Mundo. O ex-presidente jamais deveria ser solto. Outra vez eu disse que o problema maior não era ele estar preso, mas muitas outras autoridades estarem soltas. O Queiroz, por exemplo. E também quem mandou matar a Marielle. Como aceitar que um Michel Temer, um Aécio Neves e tantos outros ainda riam de nós? Livre, Lula fará companhia a todos eles. Pobre Brasil!


*É Professor em Porto Velho.

Mais Sobre Artigo

Isso é Brasil OAB/FGV plagiando questões da Cesgranrio, Para ferrar seus cativos e ainda diz que isso é “Sui generis”?

Isso é Brasil OAB/FGV plagiando questões da Cesgranrio, Para ferrar seus cativos e ainda diz que isso é “Sui generis”?

O ser humano cresceu, se evoluiu em várias áreas científicas, porém sua natureza pecaminosa continua a mesma, ou seja sempre direcionada pela ganância

Rondônia:  a educação, os abusos e o estado de exceção...

Rondônia: a educação, os abusos e o estado de exceção...

O governador de Rondônia, coronel de barranco  Marcos Rocha, tem se dedicado, com muita determinação, a criar situações de puro constrangimento par

Administradores infiéis querem mais privilégios para a administração pública!

Administradores infiéis querem mais privilégios para a administração pública!

Políticos fracos, em vez de se preocuparem em fazer boa política para o país, procuram fazer uma política de clientelas e, como foi no caso da Gerin

Vida após a morte e o enfrentamento do luto

Vida após a morte e o enfrentamento do luto

Paiva Netto A morte é um fenômeno natural da vida e exige adaptações tanto para aqueles que retornam ao Plano Espiritual quanto para os que permanec