Porto Velho (RO) quinta-feira, 26 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Arrecadação em Show de Garth Brooks beneficiará HC da Amazônia


Arrecadação em Show de Garth Brooks beneficiará HC da Amazônia - Gente de Opinião

A vinda do cantor norte-americano ao Brasil, 17 anos depois de ter feito história em Barretos, movimentou o País, Garth Brooks fez uma única apresentação no Brasil, na abertura da 60ª edição da Festa de Peão de Barretos, a Fernando e Sorocaba cantam no palco com Garth Brooks na Festa de Barretos no último Sábado (22/08), todo a arrecadação do Show foi destinada a fundação Pio XXI, que administra o Hospital de Câncer de Barretos e parte da arrecadação recebida pela Fundação, será destinada a construção de mais uma unidade do Hospital de Câncer de Barretos, a primeira da Amazônia, essa em Porto Velho,  para se tornar referência para a população no Norte do Brasil, que busca tratamento contra a doença, com cerca de 5 mil pacientes cadastrados e mais de 400 atendimentos realizados por dia, a unidade da capital existe há menos de três anos e, por causa da grande demanda, a Fundação Pio XII e o Hospital do Câncer entenderam que era preciso construir uma nova unidade para tratar os pacientes cadastrados em Rondônia e da Região Norte.

Gente de OpiniãoEm Rondônia, o Hospital do Câncer de Barretos está presente, principalmente por conta do grande número de pacientes que, nas últimas décadas acabaram sendo encaminhados para Barretos São Paulo. A grande demanda determinou a construção da nova unidade, o “Hospital do Câncer da Amazônia” tem área de 100 mil metros quadrados e está localizado na BR-364, a primeira etapa soma 15 mil metros quadrados de área construída e dois mil metros reservados especificamente para o atendimento indígena, respeitando os hábitos, cultura e a alimentação. Com este novo Hospital, 100% dos pacientes não precisarão mais ir para Barretos, pois terão a assistência e tratamento em Porto Velho.

O Hospital da Amazônia:

A expectativa é de que em três anos e meio a obra seja concluída e mais pacientes de toda a região sejam beneficiados. O Hospital de Câncer da Amazônia terá quimioterapia, radioterapia, pesquisa, banco de tumores, setor de emergência, radiologia com duas salas de raios-X, três aparelhos de ultrassom, um de ressonância magnética, um mamógrafo e um para tomografia. Além disso, o prédio vai contar também com laboratório de análises clínicas com seis salas de coleta e duas de exames; ambulatório com 20 consultórios; centro cirúrgico com quatro salas, internação geral com 24 leitos, internação pediátrica com 16, internação indígena com 20 e Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com oito leitos. A Obra está orçada em R$50 milhões de Reais (50.000.000,00) e equipamentos na ordem de R$30 milhões (30.000.000,00).

Fonte: Mateus Andrade  / Foto: Alessandra

Mais Sobre Opinião

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1

Os náufragos de 2020

Os náufragos de 2020

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que saiu perdendo nas eleições municipais de 2020. A esquerda foi massacrada nas urnas. Exemplo disso é o

O recado das urnas

O recado das urnas

A renovação substancial da Câmara Municipal de Porto Velho, além da decepção causada a muitos dos que atualmente exercem mandato de vereador, há de