Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Opinião

A União Europeia estigmatiza e lesa condutores de idade superior a 70 anos


António CD Justo - Gente de Opinião
António CD Justo

Igreja na Procura do Equilíbrio do Princípio Feminino com o Princípio Masculino

A sociedade hodierna movimenta-se numa época histórico-política mais masculinizante do que qualquer outra, apesar de alguma contestante música de acompanhamento e de alguns esforços da sociedade por integrar a mulher na matriz social masculina. No discurso e na vida social o carácter cerebral tornou-se tão absorvedor e abrangente que elimina a alma da pessoa e da sociedade!

O Papa Francisco quer dar resposta aos sinais dos novos tempos e por isso chama a atenção da Igreja para a feminilidade com uma correspondente forma de pensar mais mística (1). O tradicional princípio petrino (com a demasiada acentuação do caracter institucional eclesial) deve dar espaço relevante ao Princípio Mariano (feminino e maternal). Sim, porque Deus é povo, apesar dos Olimpos distantes que se procuram afirmar e estabelecer sobre o povo e a grande aldeia!

Independentemente de excessos e abusos, a Igreja peregrina é garante e testemunho da feminilidade através da História, apesar da sua organização masculina.

O Conselho dos Cardeais (2), está reunido no Vaticano com o Papa desde ontem 04.12.2023 para refletir sobre o papel da mulher na Igreja, segundo informou o Vatican.news/InfoCatólica.

O pontífice está empenhado em desmasculinizar a instituição eclesial. Neste sentido o Papa  afirma que “a Igreja é mulher” e que “um dos grandes pecados que cometemos foi masculinizar a igreja”. Reconhece, porém, que o problema “não é resolvido por meios ministeriais”, mas sim “por meios místicos, por meios reais”. Neste sentido inverte a pirâmide, o que poderá ser também um prenúncio do fortalecimento das igrejas locais.

Francisco adianta que “o princípio mariano é mais importante que o princípio petrino, porque existe a Igreja esposa, a Igreja mulher”. 

De facto, a Instituição eclesial, à imagem da sociedade em que se encontra incardinada, adotou em grande parte o princípio da afirmação institucional secular (da governação) sobre o do povo, favorecendo também ela o princípio da masculinidade em detrimento do princípio da feminilidade.

Francisco esforça-se por criar na instituição eclesial estruturas inclusivas de coração e mente.

António CD Justo

Notas em Pegadas do Tempo: https://antonio-justo.eu/?p=8862

 

FELIZ ADVENTO

 

 

Advento é o tempo de Maria, o tempo de todos nós, o tempo da esperança na chegada do Filho.

Em cada mãe se realiza, de uma maneira ou de outra, o tempo especial de advento, tempo de espera e de preparação para a realização do maior mistério e dom que é dar à luz!

Com Maria se irmanam todas as mães numa missão comum de participarem na criação e na libertação.

Neste sentido Advento é  também o tempo de todas as mães.

Um obrigado de parabéns a Maria e a todas as mães.

 

Tempo de chegada à gruta do coração: https://www.linkedin.com/pulse/advento-%C3%A9-o-tempo-da-caminhada-para-gruta-do-cora%C3%A7%C3%A3o-ant%C3%B3nio/?originalSubdomain=pt

https://antonio-justo.eu/?p=3365

https://antonio-justo.eu/?p=5718

https://antonio-justo.eu/?p=3975

 

António CD Justo

Pegadas do Tempo: https://antonio-justo.eu/?p=8859

 

 

 

 

A UNIÃO EUROPEIA ESTIGMATIZA E LESA CONDUTORES DE IDADE SUPERIOR A 70 ANOS

 

A Comissão Europeia quer submeter os detentores de carta de condução com idade superior a 70 anos a regras duras e discriminatórias

 

O projeto de uma nova diretiva europeia de trânsito estipula que os condutores com 70 anos ou mais devem atualizar a sua carta de condução de cinco em cinco anos. O seu estado de saúde também deve ser verificado através de uma autoavaliação ou de exame médico. Os membros da UE decidem qual destes dois requisitos lhes deve ser aplicado. Portugal, mais distante do povo tem regras mais duras!

O Ministro Federal dos Transportes alemão, Wissing, insurge-se contra o propósito da UE falando claro: “Não quero testes de aptidão obrigatórios para condutores com mais de 70 anos e estou confiante de que não haverá uma maioria a favor disso na UE. Oponho-me ao facto de o indivíduo ser cada vez mais transformado em objeto, e ser submetido a exames obrigatórios.” “Isto torna a nossa sociedade mais desumana se intervirmos com esta dureza”.

As estatísticas de acidentes não mostram “nenhum número significativo de acidentes graves” na faixa etária acima dos 70 anos, disse o ministro. De facto, “sem responsabilidade pessoal, uma sociedade não pode funcionar.” Parabéns senhor ministro; declarações públicas destas não se ouvem da boca de outros representantes de estados.

Observa-se cada vez mais a tendência de organizações superiores como OMS, União Europeia, etc. para desrespeitar a pessoa humana e sistematicamente esvaziá-la de direitos fundamentais através de medidas e regulamentações sem legitimação democrática séria.

A pretexto da globalização supraestruturas políticas, distantes das populações, têm, através de medidas burocráticas vindo a desqualificar cada vez mais o cidadão e os próprios Estados. Os governos transformados em meros administradores procuram, por sua vez, fazer validar tais medidas nos parlamentos sem verdadeira discussão pública.

António CD Justo

Pegadas do Tempo: https://antonio-justo.eu/?p=8839

 

NOVAS ELEIÇÕES EM PORTUGAL A 10 DE MARÇO 2014

 

Uma Oportunidade para Portugal passar da Cepa torta?

 

No meu entender esta foi uma boa decisão do Presidente para não deixar margens para mais manobras partidárias.

 

Costa permanecerá como chefe de governo interino até ser substituído após as eleições. O Parlamento permanece operacional apenas até ao decreto formal do presidente de dissolução, que acontecerá depois de aprovar o orçamento de Estado e alguma outra lei importante.

 

Segundo informou a imprensa, Costa apresentou a sua demissão ao Presidente depois de a polícia ter revistado a sua residência e a de outros políticos e empresários do governo.

O Presidente Rebelo de Sousa ordenou novas eleições para 10 de março. Só seria de esperar que esta não fosse mais uma estratégia de forças detentoras do Estado para tentarem fugir ao julgamento do cidadão; esta suposição é legítima num país onde a esquerda (PS) tem ocupado todos os lugares relevantes do Estado com a comparticipação de partidos da oposição, pertencentes ao arco do poder também eles mais ou menos comprometidos ou coniventes com a corrupção por interesses pessoais.

Passo a citar um documento que me chegou às mãos sem que reconhecesse a fonte, mas pela evidência e sobriedade da apresentação oferece dados que obrigariam a repensarmos em termos de Estado : "António Costa demite-se do Governo e deixa: - A maior carga fiscal de sempre: 36,4% do PIB - A maior dívida pública de sempre: 276 mil milhões de euros - O maior número de portugueses sem médico de família de sempre: 1,7 milhões de portugueses - 42,5% dos portugueses em risco de pobreza antes de transferências sociais - O menor número de processos findos nos tribunais portugueses desde 1985: 524 mil (com exceção de 2020, ano de maior impacto da pandemia) - O ano de menor acesso dos cidadãos à justiça desde 1979: 484 mil processos entrados nos tribunais portugueses - O pior mês da história do Serviço Nacional de Saúde, nas palavras do próprio Governo - 583 mil utentes em lista de espera para consultas - 235 mil inscritos em lista de espera para cirurgias - 32% dos utentes a serem atendidos para lá do tempo recomendado´ - Médicos e enfermeiros em guerra - Professores e auxiliares em guerra - Forças Armadas em processo de falência e com níveis operacionais em risco - Crise total na habitação, impossibilidade de os portugueses conseguirem casa para morar´ - A própria Economia a começar a definhar, o último trimestre já foi de contração. Esta é uma fotografia real, com dados oficiais, de alguns dos mais importantes indicadores da sociedade que somos. É neste quadro que António Costa se demite."

Agora os portugueses têm a oportunidade de durante os próximos quatro meses repensarem a maneira de estar do Estado português e em especial sobre a promiscuidade político-económica de muitos dos seus governantes e outras forças em que se apoiam.

A promiscuidade e o compadrio institucional é tanto - também na imprensa e TV - que já brada aos céus, mas seria necessária uma força sobre-humana do povo para poder remover do Estado e do país a gangrena que o tolhe.

Um regime político que transforma o seu povo em rebanho prescinde até de pastores porque a sua elite pode viver melhor na anonimidade, bastando-lhe, para isso, alimentar bem os seus cães de guarda.

António CD Justo

Pegadas do Tempo: https://antonio-justo.eu/?p=8834

9 DE NOVEMBRO – UM DIA ESPECIAL DA ALEMANHA

Há oito acontecimentos na história alemã que estão ligados ao 9 de novembro, cinco dos quais tiveram consequências históricas consideráveis: a execução de Robert Blum em 1848, o fim das monarquias em 1918, a tentativa de golpe de Hitler em 1923, o ataque-pogrom antissemita nazi em 1938 e a queda do Muro de Berlim em 1989.

O dia 9 de novembro não foi aceite como feriado nacional para não haver confusão da memória histórica dado comemora-se nesse dia os pogroms de novembro contra os judeus e a comemoração da queda do Muro de Berlim.

A noite do pogrom da Kristallnacht em 1938 é hoje mais lembrada.

Infelizmente na Alemanha o antissemitismo ganha cada vez mais expressão de rua.

A noite do pogrom de 1938 foi o início sistemático do extermínio dos judeus europeus. As tropas SA e membros da SS organizaram o pogrom e nessa noite 1.200 sinagogas foram incendiadas, 7.500 lojas judaicas destruídas, habitações vandalizadas e judeus alemães perseguidos sendo 30.000 homens presos e deportados para campos de concentração. 1.300 pessoas morreram em consequência do Pogrom de novembro.

António CD Justo

Pegadas do Tempo

ARROGÂNCIA DO GOVERNO PORTUGUÊS

 

O Governo quer abolir da nossa bandeira as Quinas, os Castelos e a Esfera Armilar em obediência ao socialismo marxista/maoista internacional que desde os princípios do século XX optou pela luta anti cultural, pela desconstrução da história, do cristianismo e dos valores que tenham a ver com ele. No sentido maçónico querem ver os emblemas da soberania portuguesa abolidos para apagarem a lembrança histórica que sentem como impedimento à propagação de agendas globalistas que se afirmam contra a pessoa, a família e a nação...

Chegamos a um estado patológico de seguir um internacionalismo que deve engolir tudo o que envolva os valores que nos deram a oportunidade de um dia termos sido os protagonistas da História... Fora do sentir português grande parte dos nossos representantes julgam-se alguém fazendo-se meninos bonitos escondendo o rosto português para seguirem agendas internacionalistas. O seu complexo de inferioridade é tal que para concretizarem ideologias contra a cultura europeia em geral e contra a portuguesa em especial procuram apagar das instituições portuguesas tudo o que tenha a ver com aquilo que lhe deu a luz do ser! Sentem-se alguém ao transformarem-se na sombra de outros e meros aplicadores de agendas por vezes estranhas!

Até agora, a bandeira portuguesa evidenciava-se entre todas as outras, mas os senhores de Portugal, sem sequer se darem ao cuidado de consultarem o povo português, querem que ela seja reduzida a três cores abstratas perdidas nas outras. O cristianismo expresso na bandeira perturba muita gente!

Boa noite Portugal! 

Convém assinar a petição "Contra a alteração do símbolo institucional do governo português", para contrariar a arrogância de um governo que não se sente com necessidade de prestar contas a ninguém e  se arroga ser o senhor de Portugal, sentindo-se bem em desrespeitar tudo o que é caro à maioria do povo português: https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT118885

O governo socialista sente-se com autoridade para dispor da sociedade porque se encontra instalando em todos os lugares políticos, administrativos e económicos do país e os outros partidos funcionam sobretudo como tripés.

António CD Justo

Pegadas do Tempo

A União Europeia estigmatiza e lesa condutores de idade superior a 70 anos - Gente de Opinião

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 29 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Contradições democráticas e da magia arbitrária dos números

Contradições democráticas e da magia arbitrária dos números

CONTRADIÇÕES DEMOCRÁTICASPara se defender a diversidade e a imigração expressas na vontade dos governos europeus, outros grupos populacionais com

A insegurança pública em Rondônia virou caso de polícia

A insegurança pública em Rondônia virou caso de polícia

A violência social, nos seus múltiplos e difíceis aspectos, mostra-se, hoje, um dos maiores desafios à inteligência e à capacidade dos responsáveis

Números da Economia no Governo Lula - Déficit de 231 bilhões de reais: um furo extraordinário

Números da Economia no Governo Lula - Déficit de 231 bilhões de reais: um furo extraordinário

Quero abordar alguns números da nossa economia que são impressionantes.   O governo Bolsonaro, que teve um déficit grande, porque o país parou dur

Você saber qual é o papel do vereador?

Você saber qual é o papel do vereador?

Em outubro, teremos eleição para vereador. Muitos são os pretendentes a uma vaga na Câmara Municipal de Porto Velho, mas nem todos estão verdadeiram

Gente de Opinião Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)