Porto Velho (RO) quinta-feira, 13 de maio de 2021
×
Gente de Opinião

Opinião

25 de abril um sonho perdido - Um viva ao sonho da liberdade e da justiça!


25 de abril um sonho perdido - Um viva ao sonho da liberdade e da justiça! - Gente de Opinião

ABRIL

 

Meu anjo caído

Sem asas nem flores

Abril sem primavera

Roubaram-te as cores

 

FUTURO

 

Sou o que não tenho

Tenho o que não sou!

 

Quero ver o mundo

Guardá-lo nos olhos

Fora do ritmo da bulha

Ser palco sem bastidores

 

Em mim a caminho

O destino a decorrer

Só as cores do arco-íris

A anunciar o amanhecer

 

Ao pensar no futuro

Já tropeço  no presente

Não importa perder tempo

A acertar o relógio.

 

O futuro é um prisma

Por detrás da montanha

No brilho do horizonte

O escuro o ilumina

 

Sou o que não tenho

Tenho o que não sou!

António da Cunha Duarte Justo

In “Nas Pegadas da Poesia”, Oxalá Editora

 

NATO ABANDONA O AFEGANISTÃO

 Primeiro foram os Russos a perder a guerra e agora é a vez da NATO

 10.000 soldados da NATO terão de deixar o país entre o 1º de maio  e o 11 de setembro. A decisão foi tomada na conferência dos 30 ministros das Relações Exteriores e da Defesa seguindo-se assim, a anunciada retirada dos EUA, atualmente com cerca de 1.100 soldados. Os USA ocupar-se-ão no futuro mais com o que se passa na Ásia; os europeus terão de se definir  para assumirem estrategicamente mais responsabilidade na África e na América do Sul.

Após 20 anos de guerra, a República islâmica Afeganistão fica destruída e devastada e à deriva dos Talibãs.

No Afeganistão, só em 2019, foram mortos 484 civis e 777 feridos em ataques noturnos e ataques aéreos de tropas afegãs e estrangeiras.  De acordo com OCHA uma organização da ONU, 350.000 Afegãos foram deslocados dentro do país, no mesmo ano.

Quem assume a responsabilidade dos muitos mortos e paga os custos e limpa as muitas minas? Os talibãs e a NATO certamente que não.

Como se constata, uma população de muitas tribos não pode ser derrubada de cima para baixo. Na perspectiva contrária, esta parece ser uma lição para o globalismo e para o centralismo hodierno que, contra o regionalismo,  se esforça por doutrinar, também ele, os vários povos no sentido de um pensar igual já não religioso mas do politicamente correcto…

Embora os USA tenham “investido na reconstrução civil e política do Afeganistão tanto como investiram na reconstrução da Europa após a Segunda Guerra Mundial, o efeito é modesto” (1) . Os talibãs repudiam uma sociedade moderna secular! Consequentemente, iremos ter na Europa um significativo aumento de pedidos de asilo de refugiados afegãos.

Toda a sociedade em que o islamismo fundamentalista se afirme mantem em si os germes da guerrilha e abranda o seu desenvolvimento humano e social na história.

 A guerra uma vez perdida deixa agora o destino do Afeganistão nas mãos dos Talibãs e das outras forças afegãs.

Espere-se por um milagre!

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo, https://antonio-justo.eu/?p=6449

HÁ ROUBAR E ROUBAR

MUITO ACTUAL E OPORTUNO!

“Basta, senhor, que eu, porque roubo em uma barca, sou ladrão, e vós, porque roubais em uma armada, sois imperador?

Assim é. O roubar pouco é culpa, o roubar muito é grandeza; o roubar com pouco poder faz os piratas, o roubar com muito, os Alexandres.”

Pe António Vieira, in ‘Sermão do Bom Ladrão’

Pelos vistos e observando o exemplo da operação Marquês do caso de Sócrates e consórcios a justiça assume um caracter de sustentabilidade perene, através de todos tempos, como anpotava já então o Pe. António Vieira!

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do tempo, https://antonio-justo.eu/?p=6436

A RESPEITO DA PRECOCIDADE DE EVA E DO SEGUINTE POSTER

 

 

http://antonio-justo.eu/wp-content/uploads/174437910_4002602606463729_6710061091038958812_n-300x288.jpg

Uma certa masculinidade exacerbada costuma usar a expressão “comer” também para indicar o coito com uma mulher!

Independentemente de um homem comer uma mulher ou de uma mulher engolir um homem, para não considerar essa expressão de mau gosto, posso vê-la relacionada com as recordações inconscientes das práticas comuns aos  animais que sentiriam um certo prazer-ternura ao mastigar a presa!!! Certamente um carinho que terá levado o homo sapiens a não ter apenas uma dedicação carnal!

Se Adão tivesse “comido” a Eva antes de Eva o ter acordado para a razão (capacidade de diferenciar) ainda hoje continuaríamos no paraíso terreal dos animais! O grande mérito de Eva (a mulher)  em relação a Adão (homem) é tê-lo arrastado do ciclo instintivo meramente automático animal, passando os dois a viver na tensão que mantem mulher e homem em relação de complementaridade!

Esta tensão (cumulada no orgasmo) e o desejo de superação da morte são os grandes factores de desenvolvimento humano!

O apetite sexual mais latente no homem também se revela na expressão “comer uma mulher com os olhos!  Talvez seja este o rito inicial para a conquista da pessoa! Isto, porém, não legitima ninguém a considerar a mulher como objecto de colecção!

O instinto sexual engloba mais que o mero instinto de posse ou de redução da mulher a um objecto!

Independentemente da gíria usada, é significativa a relação do consumar (consumação) no casamento sem termos de ser necessariamente canibais! Seguindo a lógica implicada no “comer” teríamos aqui o alimento consumado na união, no matrimónio, comendo-se um ao outro!

Fundamental nas relações sexuais é a atitude de respeito, amor e  de pertença recíproca onde desejos e necessidades se complementam mutuamente!

Que principalmente as mulheres se insurjam contra o uso de tal expressão é legítimo e mais que natural, atendendo à conatação machista que contem!

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo, https://antonio-justo.eu/?p=6439

 

PERGUNTAS À JUSTIÇA PORTUGUESA:

 

1- Como é possível que os crimes de corrupção prescrevam?

2- Como é possível que não haja uma legislação clara e rigorosa sobre o enriquecimento ilícito?

3- Como é possível que relações pessoais e instituições contaminem impunemente o funcionamento da Justiça?

E acrescentaria mais uma:

4- Qual a razão porque os partidos não se juntam numa acção comum contra a corrupção dentro das instituições do Estado e além disso não fazem leis e não estabelecem práticas eficientes que evitem promiscuidade entre política e economia?!

 

 

PORQUE É QUE ATÉ OS OPRIMIDOS APOIAM OS SEUS GOVERNANTES?

O sociólogo Heinrich Topitz diz que estas pessoas se acorrentam à ordem existente por meio de empregos, educação e outras garantias - mesmo quando é injusta.

Mais Sobre Opinião

Salve os 133 anos da abolição da escravidão no Brasil. E daí? Se a agravante, a escravidão moderna da OAB é muito mais sutil, maléfica e lucrativa que a escravidão do século passado?

Salve os 133 anos da abolição da escravidão no Brasil. E daí? Se a agravante, a escravidão moderna da OAB é muito mais sutil, maléfica e lucrativa que a escravidão do século passado?

Nada temos a comemorar por ocasião dos 133 anos da abolição da escravidão no Brasil, no próximo dia 13 de maio. Assim como a cepa da variante e das mu

Dia da Mãe + Salafistas + Plano Nacional para as florestas

Dia da Mãe + Salafistas + Plano Nacional para as florestas

Parabéns e muitas felicidades às mães neste seu dia de especial homenagemO dia da mãe é comemorado em diferentes datas, nos diversos países (a mai

A população anda cansada dessa história de CPI?

A população anda cansada dessa história de CPI?

Expressiva parcela da população não aguenta mais ouvir falar de CPI. É CPI disso, CPI daquilo. Quando um partido ou grupo político fica com raiva de

Você tem medo de CPI?

Você tem medo de CPI?

Se a pergunta fosse feita a um cidadão comum, acostumado a viver com o suor do próprio rosto, cercado de dificuldades por todos os lados, a resposta