Porto Velho (RO) domingo, 20 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

VILHENA: Empresa tem 30 dias para recuperar três pontes


O barco já está fazendo o transporte dos moradores da região de São Lourenço, por determinação do município.

Em busca de oferecer o pronto atendimento as mais de 200 famílias ribeirinhas que foram prejudicadas com o rompimento da barragem da Usina Hidrelétrica do Apertadinho, Cebel (Centrais Elétricas Belém), que aconteceu no último dia, 09, a prefeitura de Vilhena – através da Divisão de Fiscalização e Obras Públicas – notificou, nesta semana, a empresa. Ela terá o prazo de 30 dias para recuperar as três pontes – localizadas na estrada de São Lourenço, sobre o Rio Melgaço – que foram totalmente destruídas pelas águas da barragem. Foi solicitado também pelo município que a empresa colocasse um barco para transportar os moradores que ficaram isolados. 

De acordo com o secretário municipal de Planejamento, Lúcio Flávio Farias, uma comitiva composta pelo secretário de Obras e Serviços Públicos do município, João Batista Gonçalves (Cabo João), o engenheiro-perito da Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan), Dariano de Oliveira e representantes da Cebel, percorreu o local do acidente para apurar e identificar os danos causados ao município. Estima-se que o prejuízo seja superior a R$ 400 mil.

O diretor da Cebel, Guilherme Medeiros Dias, disse que a primeira providência tomada pela empresa foi a disponibilidade de um barco que está auxiliando o transporte da população ribeirinha, devido à queda das pontes. A empresa também fretará um ônibus para conduzir os moradores no trajeto até a BR-364, facilitando o acesso à cidade. “A empreiteira que trabalhará na reconstrução das pontes já foi contratada. A previsão é que dentro de dez dias, pedestres, ciclistas e motociclistas já possam voltar a transitar pelo local e, no máximo, em 30 dias a situação já esteja totalmente normalizada”, garantiu Dias.

Segundo o prefeito Marlon Donadon, o município está de prontidão, oferecendo todo o suporte e atendimento necessário às famílias. “Estamos trabalhando para dar todo auxílio e respaldo aos moradores que vivem no São Lourenço, região banhada pelo Rio Melgaço. Nossa primeira providência foi a de detectar os danos, notificar a empresa para a agilidade no procedimento de recuperação das pontes, para que a população local tenha o acesso normalizado”, comentou o prefeito. 

A PCH - A Usina Hidrelétrica – PCH Apertadinho, que estaria em funcionamento no próximo dia 15 de fevereiro – representaria a auto-suficiência em energia elétrica para o município de Vilhena. Deveria gerar algo em torno de 30 Megawatts por dia, oferecendo energia elétrica constante, mais barata e ecologicamente viável. “Sem dúvida, lamentamos o ocorrido. Mas temos a certeza de que as obras serão retomadas e a PCH-Apertadinho ainda sustentará a região com o abastecimento constante de energia aos empreendimentos aqui instalados e à população”, afirmou o prefeito. 

Embargo – Dias ainda esclareceu que a obra encontra-se embargada pelo Ministério Público por um prazo de 30 dias, para que as obras emergenciais sejam atendidas e os equipamentos retirados. Ele complementou que a partir da autorização judicial, as obras de construção serão retomadas. A previsão é de que a Usina PCH- Apertadinho esteja em plena operação até o mês de setembro deste ano.

Fonte/fotos: Vilhenaagora

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce