Porto Velho (RO) quinta-feira, 24 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Tenda da Cidadania leva saúde, esportes e educação ambiental a Rio Pardo


A realização do projeto Tenda da Cidadania, neste final de semana, em Rio Pardo distrito com aproximadamente 10 mil habitantes situada na Floresta Nacional (Flona) Bom Futuro, 150 km de Porto Velho, sentido Distrito de Jacy Paraná,levou atendimento a centenas de pessoas. Durante todo o dia o público foi atendido por grupos divididos por cada secretaria, sob a coordenação da idealizadora da tenda, a primeira-dama do município, Lucilene Peixoto que acompanhou de perto a movimentação. Foi de sala em sala nos estandes montados ao redor da escola Rio Pardo.Tenda da Cidadania leva saúde, esportes e educação ambiental a Rio Pardo - Gente de Opinião

A primeira dama disse durante a abertura que o sucesso da Tenda da Cidadania é devido a equipe coesa representada pelos servidores de todas as secretarias e coordenações que se disponibilizaram a trabalhar e acolher o distrito de Rio Pardo. “Estivemos aqui no ano passado e gostamos muito da forma como fomos recebidos. A Tenda da Cidadania são serviços da prefeitura disponibilizados em conjunto pelas secretarias em um único dia. Quero agradecer a todos os funcionários e parceiros municipais e estaduais, ao exercito e ao governo que introduziu a carteira de identidade e esta é a primeira vez que temos este tipo de serviço. Este projeto já é parte da administração municipal, e mostra que o prefeito Roberto Sobrinho tem a visão de administrar para todos, e não importa a dificuldade de acesso e a distância, ou os obstáculos que precisamos enfrentar. Nós ficamos cada vez mais satisfeitos com os resultados, porque a gente percebe que as famílias mais distantes da capital também são beneficiadas”, citou.

Estiveram presentes os vereadores Jurandir Bengala, Sid Orleans; a chefe de gabinete, Mirian Saldaña; os secretários municipais de Desenvolvimento Socieconomico e Turismo, Agnaldo Nepomuceno; de Esporte e Lazer, Klebson Lavor; os secretários adjuntos da Educação, Erivaldo Almeida; da saúde Luiz Eduardo Maiorquin; de Assistência Social, Edna Vasconcelos, também o administrador de Rio Pardo, Marione Costa e a diretora da escola municipal, Marilda da Silva.


Serviços oferecidos

A Tenda da Cidadania levou aos moradores de Rio Pardo e das linhas do entorno vários serviços como a expedição de carteiras de trabalho, CPF, Carteira de Identidade, Recadastramento Biométrico, Cartão do SUS. Em visita a sala de atendimento do Sistema único de Saúde a primeira dama Lucilene Peixoto explica que este serviço é básico e muito procurado. “Oferecemos este serviço do SUS desde a segunda tenda e ele é sempre muito procurado”, comenta. Maria Ana Diniz procurou os serviços para realizar exames. ”Vou fazer o cartão do SUS e dar entrada no exame de vista”, disse a dona de casa de 45 anos.

O administrador do distrito, Marione Costa, agradeceu à primeira dama e a prefeitura pela iniciativa. “A Tenda desde a primeira vez em que a recebemos no ano passado, veio para ajudar Rio Pardo, oferecendo serviços que nossa comunidade carece, e nem todos podem ir a Porto Velho. Quero agradecer pela unidade de saúde, também ao trabalho de todas as secretarias, à secretaria de Obras que arrumou a nossa estrada, a secretaria de serviços básicos, pela limpeza e a do Meio ambiente e dizer que dessa visita nós estamos recebendo mais um benefício que é a coleta de lixo”, disse.


Desenvolvimento socioeconomico

O secretário municipal de Desenvolvimento Socioeconômico e turismo, Agnaldo Nepomuceno destacou os serviços oferecidos pela Semdestur, sobre o atendimento e da satisfação de trabalhar no projeto. “Buscamos melhoria na qualidade de vida da comunidade, esperamos atender cerca de 500 pessoas, emitindo carteira de trabalho, oferecendo corte de cabelo, manicura e pedicura, curso de flores e ainda fazendo um cadastro municipal de geração de renda”, contou.

Muita gente procurou a Tenda da Cidadania para se cadastrar no Sine municipal, por ser um intermediador entre empregador e desempregados. Diferente das outras tendas o Sine nesta edição apenas emitiu a carteira de trabalho, devido a região ser rural e não oferecer vagas de emprego


Corte de Cabelo

O corte de cabelo, trança e maquiagem foram um dos serviços mais procurados. Para Marco Antonio de Ávila, uma oportunidade de aparar o cabelo. “Gosto de corte mais social, não gosto muito daqueles corte de jogadores de futebol, quero que fique bom para que eu possa trabalhar”, comenta. Já Leonardo Andrade não conseguia conter a alegria de estar fazendo um corte novo. “Quero um corte diferente, só não quero estar de cabelo grande”, explica.

Adilson Costa, morador de Rio Pardo é aprendiz de cabeleireiro e se voluntariou para aprender mais. “É uma chance de pegar umas dicas, aprender na prática”, disse.Tenda da Cidadania leva saúde, esportes e educação ambiental a Rio Pardo - Gente de Opinião


Curso de flores

Marciele Mendes, de 22 anos, fez o curso de flores e esta satisfeita com a oportunidade. “Este é o primeiro curso de flores que estou fazendo, pretendo enfeitar a minha casa”, comenta. Já Celestina da Silva, de 27 anos, comemora o acréscimo na renda proporcionado pelo curso “Estou desempregada e com o que aprendi aqui hoje vou poder ajudar na renda lá de casa”, disse.

Esporte e Lazer

Foi sem dúvida um dia de sonho para as crianças que se dedicaram a desenhos e pinturas, se divertiram participando dos jogos e brincadeiras. Em Rio Pardo, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semes) desenvolveu atividades como, xadrez, dominó, basquete, futebol, pimbolim ,ping-pong, corrida de saco e bambolê. “Essa uma oportunidade única de poder interagir, conhecer pessoas, aprender um esporte e dar oportunidade, incluir as pessoas”, afirma Kleber Lavor, secretário Municipal de Esporte e Lazer.

Alan Santos de 8 anos aprendeu um novo esporte. “Nunca tinha jogado ping-pong, me ensinaram e agora já estou craque”, disse.

Assistência Social

O trabalho que a Prefeitura através da secretaria municipal de Assistência Social (Semas) desenvolveu na Tenda da Cidadania permite que muitas famílias tenham acesso a programas sociais. O Trabalho consiste em identificar famílias em situação de vulnerabilidade social e inseri-las em programas como o Bolsa Família e na atualização dos dados das pessoas que já foram inseridas. Um destaque para o trabalho árduo desenvolvido pelos técnicos da secretaria municipal de Assistência Social.


Meio Ambiente

Muitos participantes, principalmente crianças, assistiram filmes sobre como preservar o meio ambiente e foram orientados quanto a queimadas pelos técnicos da secretaria municipal de Meio Ambiente.A distribuição de mudas de açaí, Ipê amarelo, foi outra ação da Sema.

Aélio Belício Marques, pai de cinco filhos, quer plantar açaí. “Planto café e agora com essas mudas vou fazer outras e começar com o açaí”, comenta Aélio. Para Fernanda Gonçalves da Silva o importante mesmo é a sombra que a árvore proporciona. “Quero que tenha sombra em volta de casa, pois o pé que tinha lá caiu com a última chuva. Daqui a um ano já esta uma sombra boa”, disse Fernanda.


Coordenadoria das Mulheres

A coordenadoria de Mulheres realizou a distribuição de panfletos e folderes,e orientou as mulheres que chegavam naquele espaço quanto aos seus direitos , sobre a importância da sua participação na política, a Lei Maria da Penha e também sobre a violência e abuso sexual, provendo uma atividade diferenciada nesta Tenda. A coordenadoria também fez um cadastramento de mulheres para traçar um perfil das necessidades das mulheres e em que áreas elas gostariam de ser beneficiadas futuramente.


Saúde

Na área de saúde foram oferecidas pela secretaria Municipal de Saúde (Semusa), consultas médicas com clínico geral, ginecologista e pediatra. Foram feitas vacinações em crianças e adultos e realizado o exame de vistas, além de orientações e distribuição de material informativo sobre doenças sexualmente transmissíveis, tuberculose, câncer do colo do útero e mama, hipertensão, diabetes, consulta com clínico geral e vacinação. Os participantes também receberam preservativos e folderes explicativos sobre doenças vários tipos de doenças. Estes atendimentos foram executados pelos profissionais da secretaria municipal de Saúde. Os dentistas e técnicos são do Instituto de Previdência e Assistência Médica do município, IPAM.

O departamento de Atenção Básica da Semusa disponibilizou todas as vacinas disponíveis nas unidades de saúde como febre amarela, hepatite B, poliomielite, Tétano, Tríplice Viral, Pneumonia, entre outras. A grande maioria estava com as vacinas atualizadas. E ainda a farmácia básica para o evento.O Médico José Martinez Leon participa pela quarta vez da Tenda. “ Aqui existem uma grande concentração de casos devido a água não ser tratada e pouca higiene”, explica o médico.


Optometria

Uma sala da escola Rio Pardo foi destinada a optometria,crianças e adultos receberam orientação e foram examinados, se necessário o uso de óculos um pedido foi encaminhado e dentro de quarenta dias os óculos deverão ser entregues pela a prefeitura. A prioridade é para os adultos, pois as crianças serão atendidas nos dias 26 e 27 de outubro na própria escola.Adriano Ferreira participa a quatro anos do projeto e fala sobre a contribuição do serviço para sociedade. “É muito bom percebermos que estamos contribuindo com a população daqui, a Região Norte está carente de optometria, um serviço que possibilita a medição da visão. Pretendemos fazer 100 atendimentos, possibilitando uma boa visão para todos”, disse Adriano.Jaime Alves Coutinho morador antigo da cidade teve o seu modelo de óculos escolhido pela primeira dama durante a sua vista à sala de optometria. “Meu óculos estava muito ruim, não estava mais enxergando direito”, conta.
 

Odontologia

Uma grande movimentação foi vista na sala de serviço odontológico, crianças jovens e adultos em busca de saúde bucal. Andréia Mateus dentista da Semusa,disse que serão pelo menos 30 atendimento até o final da Tenda. “Aqui a necessidade é muito grande, são restaurações e tem casos ate mesmo de extrações, queremos atende o máximo de pessoas possível, apresentando um serviço de qualidade usando materiais de primeira qualidade como no caso das restaurações, usamos tanto de amálgama, que é mais resistente, como a resina transparente”, observou.

Uma equipe da secretaria municipal de saúde disponibilizou três escovódromos e ainda uma equipe que explicou a forma certa de escovar e porque fazê-la. Uma forma preventiva de doenças bucais. Kelvin Marques e Rodrigo dos Santos participaram da escovação supervisionada. “Ensinam para gente como se deve escovar dente por dente e como passar o fio dental, é importante para nossa boca continuar saudável e eu ainda ganhei uma escova e fio dental”, comentou Rodrigo.


Alistamento Militar

Com a parceria do exército, por meio da 17ª Brigada de Infantaria de Selva, foi possível fazer o alistamento militar. Até às 12horas foram atendidos nesta sala, 26 homens de 18 até 48 anos. Uma grande novidade nesta Tenda da Cidadania é que pessoas estão se alistando muito mais velhas do que o de costume, de 18 a 22 anos. Uma oportunidade de estar em dia com o exército. “As pessoas que moram longe do Município Sede não necessita de muito documento, então passam anos sem se alistar, porém se precisarem sair dessa localidade para trabalhar, vão precisar”, disse Júlio César Ardohaim, tenente do exército.

É o caso de Dalvan Lechinski, que precisa do documento para trabalhar. “Mecho com máquinas pesadas, uma pá carregadeira, preciso de uma dispensa militar para poder trabalhar nas Usinas”, comenta Dalvan. Já Itamar Lima dos Santos explica que quando for fazer algum concurso vai precisar. “É uma obrigação e depois eu quero trabalhar e fazer concurso daí vai precisar”, conta.

Segundo o Tenente Ardohaim da Junta de Serviço Militar, neste tipo de serviço quem quiser servir pode requerer mesmo não estando dentro da idade de alistamento. No entanto, existe uma quantidade grande de jovens de 18 anos procurando este serviço e que aqueles que já possuem 30 estão dispensados do processo seletivo.


Juventude

A coordenadoria da Juventude, que por meio da Rede da Juventude, realizou oficinas de dança de rua, onde os participantes já saíram fazendo os passos básicos. Um espaço foi separado para a demonstração de dança feita por jovens voluntários de programas da prefeitura. “É importante para os jovens de Rio Pardo terem acesso a esta cultura, vejo no rosto deles a alegria que tem ao estar em contato com a dança”, declara Mirian Saldaña, chefe de gabinete da prefeitura.

Welinton Douglas participou da oficina. “Achei legal, pensei que era mais difícil, quando vi eles dançando”, disse. Já Luiz Diogo Argolo, muito tímido ao participar da oficina se transformou. “Sei fazer alguns passos, mais esses caras são bons, estou aprendendo outros passos para mostrar pros meus amigos”, comenta.


Identidade

Outro serviço oferecido no espaço do cartório foi a entrada na identidade, conhecida popularmente por RG (de Registro Geral), documento reconhecido nacionalmente contém o nome, data de nascimento, data da emissão, filiação, foto, assinatura e impressão digital do polegar direito do titular. Os documentos necessários para pedir a emissão deste documento solicita-se a certidão de nascimento ou casamento original, além de três fotos no formato 3 por 4 centímetros.

Marilde Barbosa de Souza, agente da polícia, explica que o documento será entregue no prazo de 40 dias “ A gente sempre participa desses mutirões, e a demanda é muito grande, estão existe um prazo de entrega de pelo menos 40 dias”, comenta.

Adriana Souza de 33 anos tirou sua primeira identidade. “ Estou muito feliz, pois sempre foquei de ir a Porto Velho tirar a minha e nunca deu”, disse. Já Claudia de Oliveira de 17 anos, fez as fotos na própria tenda e completou a documentação para dar entrada no RG. “A gente se sente cidadã, agora terei a minha documentação completa”, afirmou Claudia.


Posto de Saúde

Aproveitando a oportunidade, a primeira dama presenciou juntamente com o secretário adjunto da Saúde, Luis Eduardo Maiorquim, a assinatura da ordem de serviços para a construção da primeira unidade de saúde do distrito que deverá ficar pronta entre quatro e seis meses. O Posto terá 507,79 metros quadrados será construída pela empresa PML Comércio e construções Ltda., terá o mesmo modelo das unidades de saúde construída em Calama, com quatro consultórios, sala de triagem, consultório ginecológico, gabinete odontológico, farmácia, sala de enfermagem, laboratório, sala de emergência, salas administrativas, copa, dispensa, área de serviço, nebulização, imunização, almoxarifado, depósito de material de limpeza, sala de coleta, sala de educação e saúde, banheiros masculino e feminino e com acessibilidade, e Central de Material de Esterilização. Segundo o médico e secretário adjunto de Saúde, o investimento será muito bom. “Estamos tendo um aumento na qualidade da saúde e isso se deve muito a administração atual, o prefeito Roberto Sobrinho nos cobrou e agora está aí a ordem de serviço assinada”, comenta Maiorquin.

Também ficou acertado que seria dada a ordem para a construção da Escola municipal. Rio Pardo possui atualmente uma escola, sendo que na parte da manhã funciona o ensino fundamental, sob responsabilidade do município e à tarde o ensino médio, sob responsabilidade do Estado. A Escola irá atender a grande demanda de crianças de Rio Pardo. “Esperamos que a próxima vez que viermos a esta cidade possamos estar abrindo uma ordem de serviços aqui”, disse a primeira dama.


Posto do TRE

Os moradores de Rio Pardo aproveitaram o dia da Tenda da Cidadania para fazer também o recadastramento biométrico, serviço levado pelo Tribunal Regional Eleitoral, que montou um cartório improvisado na sede da associação de moradores do distrito. A equipe do TRE colheu os dados pessoais, impressões digitais e fotografia dos eleitores que através deste procedimento rápido possibilitou os moradores a votar já nas próximas eleições, através de suas impressões digitais. Maria Aparecida Pereira, acredita que o novo cadastro vai tornar o voto mais seguro. “Na hora do voto, com essa foto na urna, vai ficar mais seguro”, disse. Janaina de Oliveira do Santos disse que ouviu na rádio falando sobre o recadastramento. “Ouvi na Radio e não via a hora de fazer o meu recadastramento se eu não fizer não conseguir votar na próxima eleição”, comenta.

Fonte
: Rebeca Barca
Foto: Frank Nery

 

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam