Porto Velho (RO) quinta-feira, 6 de maio de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

TCU revoga cautelar que paralisou duplicação da BR-364


BRASILIA- O deputado federal Lindomar Garçon (PV-RO), comemorou ontem a decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), que vai liberar o reinício das obras de duplicação da BR-364, sentido Candeias/Unir. A comunicação foi feita pessoalmente pelo ministro Augusto Nardes. De acordo com o que foi decidido em plenário, após monitorar o sobre-preço nas obras, o TCU resolveu revogar parcialmente a cautelar que determinou a paralisação da duplicação dos trechos citados, sem prejuízo de continuidade da apuração dos fatos. A duplicação da BR-364 será retomada sob a condição de que a empreiteira observe a manutenção dos valores antes contratados na inicial da execução das obras que não poderia ser rompido pelas alterações posteriores. A analista do TCU verificou aumento de 6,4% a 18% no valor das obras, o que equivale a mais de R$ 9 milhões.

A vitória de Garçon, dá-se em menos de um mês que vem batalhando, ao lado do senador Expedito Júnior (PR-RO), para a solução do problema. As exposições de motivos apresentadas por Garçon sensibilizaram os técnicos e os ministros do TCU que entenderam a importância da retomada das obras, que foram paralisadas por suspeita de superfaturamento. Garçon, de forma obstinada, fez incursões ao Tribunal de Contas da União, mostrando que a paralisação das obras estavam causando mortes, além do prejuízo com os materiais das obras já realizadas, cujas estruturas estavam se deteriorando. No dia 23 de junho, em Porto Velho, o deputado Lindomar Garçon realizou uma audiência pública quando mobilizou a sociedade e autoridades, mostrando os problemas advindos da paralisação.

Segundo Garçon, os ministros do TCU aceitaram os argumentos de que a paralisação está causando danos irreversíveis à obra que encontra-se parada há vários meses, já apresentando, em alguns pontos do trecho, sinais de deterioração. Como medidas preventivas e punitivas, os ministros condicionaram o reinício das obras à redução do pagamento à empreiteira que, no final da obra, caso seja comprovada o superfaturamento, haverá um decréscimo de 22% no valor a ser pago a empresa Camter, responsável pela duplicação da rodovia.

Garçon comemorou a decisão, uma vez que a paralisação das obras estavam acarretando prejuízos ainda maiores. "Manter o embargo seria pior, pois corríamos o risco de perder tudo aqui que já havia sido construído. O prejuízo seria ainda maior", finalizou Garçon.

PEC da Transposição
Quanto à instalação da Comissão Especial da Câmara que vai analisar a PEC 483/2005, foi transferida para a manhã desta quinta-feira, 12 de julho, às 9 horas. A proposta que equipara os servidores civis e do ex-Território Federal de Rondônia, já foi aprovada no Senado e agora está na Câmara. Serão beneficiados, a priori, os servidores contratados na época em que Rondônia foi transformada em estado, havendo dúvidas se o benefício atingirá até 1987 ou até 1991. Garçon pleiteia a presidência da Comissão Especial, visto que já vem trabalhando em cima da PEC desde que tomou posse. 

Fonte: Ascom 

Mais Sobre Municípios

Iniciada as ações de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Rolim  de Moura

Iniciada as ações de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Rolim de Moura

A Secretária Municipal de Assistência Social de Rolim de Moura (RO) Sandra Miranda, informou que as ações para chamar atenção da sociedade rolimoure

ACR reivindica aumento do número de ônibus em Porto Velho

ACR reivindica aumento do número de ônibus em Porto Velho

A mais antiga e prestigiada associação comercial de nosso estado, a Associação Comercial de Rondônia-ACR, fundada em 30 de setembro de 1928, sob o n

Servidores da saúde de Porto Velho avaliam importância da rotina de dedicação

Servidores da saúde de Porto Velho avaliam importância da rotina de dedicação

O Dia do Trabalhador esse ano é diferente para muitos dos servidores do município de Porto Velho. A pandemia da Covid-19 mudou a rotina para quem atua

Internações por Covid-19 diminuem mais de 60% no Hospital Municipal de Ji Paraná

Internações por Covid-19 diminuem mais de 60% no Hospital Municipal de Ji Paraná

Nos últimos dias, o Hospital Municipal Dr. Claudionor Couto Roriz registrou uma queda de aproximadamente 60% no número de pacientes internados em tr