Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Setores público e privado discutem Sanidade Animal


 
Uma parceria entre o Governo do Estado, o Fundo Emergencial contra Febre Aftosa (Fefa), Secretaria de Estado da Agricultura, Idaron e Mapa, está viabilizando a realização de um grandioso evento em Ji-Paraná, o Workshop “Sanidade Animal, Parceria Público Privada- Perspectivas”. Cerca de 400 pessoas, entre autoridades, técnicos e produtores estarão reunidos amanhã (16) no espaço Partenon, a partir das 8 horas. O evento culminará com a primeira sessão da TV Senado fora de Brasília, que será realizada ao vivo e diretamente de Ji-Paraná para o restante do país.

Segundo o Governador Confúcio Moura, eventos desta magnitude são de grande importância, visto que Rondônia tem como principal atividade econômica a pecuária. “Parcerias como esta, onde o poder público trabalha em conjunto com o setor privado só rende excelentes resultados para o desenvolvimento de Rondônia”, afirmou.

O evento reunirá diversas autoridades do setor pecuário do país e do exterior. Haverá diversos momentos de discussão e palestras, entre elas: Saúde Animal e o Comércio Internacional, que será proferida pelo Presidente da Assembleia Mundial de Delegados da Organização Internacional de Sanidade Animal (OIE), Carlos Messuti. Será debatido o tema “Participação do Setor Privado no Sistema de Defesa Sanitária Animal no Brasil”, com orientação do Dr. Sebastião Costa Guedes, diretor do Conselho Nacional de Pecuária de Corte (CNPC); como também sobre os avanços do Programa Nacional de Erradicação de Febre Aftosa e Manutenção de Zonas Livres, com o Dr. Jamil Gomes de Souza, fiscal federal agropecuário (Mapa- Brasília); apresentação das ações planejadas para a sanidade animal, por Anselmo de Jesus, Secretário Estadual; diretrizes político administrativas, pelo Governador Confúcio Moura; e aliança setor público e privado, por José Vidal Hilgert, presidente do Fefa. As 13h15 a Comissão de Agricultura do Senado da República, que é presidida pelo Senador Acir Gurgacz (PDT), estará realizando o “Agricultura em Debate”, direto para a TV Senado.

Sanidade animal em Rondônia

Desde maio de 2003 que Rondônia foi reconhecida mundialmente como área livre de febra aftosa com uso de vacina. Segundo o presidente do Fefa, José Vidal, “fomos o Estado brasileiro que saiu mais rápido do zero para área com status de livre aftosa”. Desde então, grande parte do que é produzido em Rondônia é exportado para mais de 20 países, entre eles destacamos: Rússia, Egito, Israel, Índia, Irã, Emirados Árabes, Dubai, Venezuela e Chile. Só no último ano Rondônia teve um faturamento em exportações de $176 milhões de dólares, sendo o primeiro produto no ranking de exportação do Estado.

Atualmente o rebanho rondoniense é composto de 11.700 milhões cabeças de gado, distribuídas em 80 mil propriedades. “Estamos longe dos grandes mercados como o de São Paulo, logisticamente mais bem localizado e com grande volume de produção e consumidores, por isso temos que cada vez produzir mais e melhor, para conseguirmos nos equiparar e ser mais competitivos. Este evento é fundamental para mantermos tudo o que foi conquistado em tantos anos de trabalho e dedicação do Poder Público e Privado. Não podemos retroceder. Nossa produção é ecologicamente correta. Temos que investir na tecnificação das propriedades, se fizermos isso em 10% das áreas produtivas de hoje poderemos dobrar a nossa produção de carne bovina”, explicou José Vidal.

Fonte: Adriana Albuquerque
 

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento