Porto Velho (RO) sábado, 16 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Senadora Kátia Abreu, presidente da CNA, confirma presença na reunião de Ji-Paraná


 

Considerada hoje o maior expoente do agronegócio brasileiro, a presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), senadora Kátia Abreu (DEM-TO), confirmou ao deputado Moreira Mendes, na manhã de hoje, sua presença na audiência pública que a Comissão de Agricultura e Pecuária da Câmara realiza nessa quinta-feira, às 3h da tarde, no Parque de Exposições de Ji-Paraná. O encontro é uma iniciativa do deputado Moreira Mendes, que é vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária para a Região Norte e um dos membros titulares da Comissão.

Além da presidente da CNA, estarão presentes no evento os deputados Abelardo Lupion (DEM-PR), Giovanni Queiroz (PDT-PA), Homero Pereira (PR-MT) e Valdir Colatto (PMDB-SC), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária.

Kátia Abreu tem se destacado no cenário político nacional por sua postura crítica em relação ao governo federal, e, principalmente, por sua coragem em defender os interesses do homem do campo. No Senado, como relatora, ela pôs fim à cobrança da CPMF – Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira, o chamado ‘imposto do cheque’. Já à frente da CNA, ela protocolou na justiça um pedido de intervenção no Governo do Pará, contra a governadora Ana Júlia Carepa (PT), por descumprimento de mandados judiciais de reintegração de posse. Além de sua competência como senadora e agora como presidente da maior entidade da agropecuária brasileira – ela é a primeira mulher a presidir a CNA -, Kátia Abreu é apontada pelo Partido Democratas para ocupar a vaga de vice numa eventual chapa com o governador José Serra (PSDB-SP) para disputar a presidência da República no ano que vem.

O debate

O objetivo da reunião, de acordo com Moreira Mendes, é debater os temas atuais que estão na pauta de discussão do Congresso Nacional e da sociedade, e que envolvem diretamente o segmento rural, como a proposta de criação do novo Código Ambiental, a lei de regularização de terras públicas na Amazônia, as ações da justiça que culminaram com o fechamento de frigoríficos e empresas comercializadoras de carne, a legislação ambiental, entre outros. “Queremos saber o que pensam os nossos produtores de Rondônia, os pecuaristas, os donos de frigoríficos, os pequenos agricultores, as autoridades estaduais, os representantes de entidades ligadas ao tema e, a partir desse debate, tirar conclusões substanciais para o nosso trabalho aqui na Câmara”, diz o deputado.

Ele ressalta que a presença dos parlamentares em Ji-Paraná também irá abrilhantar ainda mais a EXPOJIPA – Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial, que este ano chega à sua trigésima edição.

Fonte: Claudivan Santiago

Mais Sobre Municípios

Porto Velho: Decreto transfere ponto facultativo para o dia 1º de novembro

Porto Velho: Decreto transfere ponto facultativo para o dia 1º de novembro

O ponto facultativo alusivo ao Dia do Servidor Público, comemorado no próximo dia 28 de outubro, foi transferido para o dia 1º de novembro de 2021 pel

Prefeitura levará atendimentos e serviços gratuitos à zona Leste de Porto Velho

Prefeitura levará atendimentos e serviços gratuitos à zona Leste de Porto Velho

Moradores da zona Leste e imediações terão acesso a diversos serviços de cunho social em um só lugar e gratuitos. A Prefeitura de Porto Velho realiza,

Prefeitura de Porto Velho entrega títulos a moradores dos residenciais FNHIS I e Pró-Moradia Sul

Prefeitura de Porto Velho entrega títulos a moradores dos residenciais FNHIS I e Pró-Moradia Sul

A Prefeitura de Porto Velho entregou, no sábado (9), durante solenidade na Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Areal da Florest