Porto Velho (RO) domingo, 20 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Semas realiza oficina de produção e abordagem técnica na Semana contra a Violência


A secretaria municipal de Assistência Social (Semas), através do Serviço de Proteção e Atendimento a Famílias e Indivíduos (Paefi), realizou ontem, quinta-feira, 17, uma oficina de produção e abordagem técnica para cerca de 50 profissionais que atuam na Rede de Proteção Social. A ação faz parte da Semana de violência à criança e foi realizada no Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), no Bairro Flodoaldo Pontes Pinto.

Segundo a secretária da Semas, Edna Vasconcelos, a atividade é parte da campanha “Proteger é Amar-Violência contra Crianças e Adolescentes é Crime: Combater é nossa responsabilidade”, realizada pela prefeitura de Porto Velho. “Estamos desde o dia 16 de maio com trabalhos de mobilização para este tema que requer mais atenção”, afirma.

Adriane Soares, coordenadora do Paefi, disse que em Porto Velho, além do atendimento específico as equipes realizam ações de mobilização, sensibilização e capacitação no intuito de trazer recursos técnicos para que os profissionais da área da assistência social, saúde e educação. “Através do atendimento em Rede esse adolescente sai das situações de vulnerabilidade e é motivado a também desenvolver alguma habilidade e competência nos grupos aos quais ele pertence e construa um projeto de vida positiva com apoio profissional. E a Equipe do Paefi agradece a Semas no desenvolvimento dessa agenda”, disse a coordenadora.

Fábio Martins é coordenador de projetos pela Lua Nova e psicólogo de São Paulo. Ele conta que a proposta para a oficina foi discutir a questão da rede de atenção e trazer a sua experiência de trabalho, principalmente com a proposta de geração de renda com a produção de materiais artesanais como bolsas e bonecas de pano. “Porto Velho é uma das 12 cidades com um índice considerável na questão da exploração e violência Sexual. Sabemos que muito se tem feito para combater esta situação. E estou aqui para mostrar como foi nossa experiência no enfoque familiar e a proteção de crianças jovens e adolescentes que vivem em situação de risco e vulnerabilidade, lá em Sorocaba”, disse.

Lenir dos Santos, auxiliar de Serviço social no Centro Integrado da Criança e do Adolescente (Cica), disse que está ampliando os conhecimentos e expandindo a criatividade. “É sempre bom este tipo de capacitação, pois vemos uma realidade e o que está dando certo, comparamos e tiramos itens que podemos usar para nosso trabalho. Por exemplo, vejo que no Cica podemos colocar as crianças e adolescentes para produzirem algum material”, comenta.

Semana 18 de Maio

A Semana 18 de maio faz alusão a data de 1973, quando uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espírito Santo. Seus agressores eram jovens de classe média alta e nunca foram punidos. A data ficou como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. Depois de 40 anos do caso Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem.

Denúncias

O ‘Disque 100’, é um serviço de recebimento, encaminhamento e monitoramento de denúncias de violência contra crianças e adolescentes, criado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Ele funciona diariamente de 8h às 22h, inclusive aos finais de semana e feriados. As denúncias são anônimas e podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita. Os casos podem ser relatados pelo endereço eletrônico: disquedenuncia@sedh.gov.brEste endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. "> disquedenuncia@sedh.gov.brEste endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. .

Programação

Nesta sexta-feira, 18, às 14h, será o seminário “18 de Maio”- Semeando a Proteção Social de Crianças e Adolescentes na Família, na Escola e na Comunidade para o Protagonismo Juvenil. Às 16h, 1ª Mostra de Curta Metragem do projeto Semear de Jacy Paraná. Às 17h, Trocando Idéias, encontro e debates.

Dia 18 - Sensibilização e mobilização na sede da Semed nos Departamentos e Divisões da Semed as 09h, com distribuição de folders para servidores e visitantes. Dia 18 - Palestra para alunos do 5º ano da Escola Municipal João Vieira às 13h30min com a pedagoga Janaína Ferreira e Maria Gerlânia (estagiária de Psicologia).

Dia 18 - Palestra para educadores e alunos da educação de jovens e adultos na Escola Municipal Darcy Ribeiro às 19h30min com a pedagoga Thânia Kadma Araújo.

Todas as atividades serão realizadas em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.Dia 18 - Nas Escolas Darcy Ribeiro e Flora Calheiro com a palestra nas sobre o tema abordado e doença sexualmente transmissível, à tarde e a noite.São parceiros a Rede Municipal de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes e a Agenda Positiva, da qual participam a Fundação Cultural Iaripuna, Semdestur, Semed, Semepe, Semes e Semusa.

Fonte: Rebeca Barca
 

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce