Porto Velho (RO) terça-feira, 29 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

ROLIM DE MOURA: Tudo pronto para a segunda etapa da vacinação contra a H1N1



Datada para iniciar na próxima segunda-feira, 22, a Prefeitura de Rolim de Moura, através da Secretaria Municipal de Saúde, já se preparou para a segunda etapa da Campanha de Vacinação contra o vírus H1N1, a popular gripe suína. Conforme o calendário do Ministério da Saúde, o próximo estágio é destinado às gestantes, crianças entre seis meses e menores de dois anos e pessoas que sejam portadores de doenças crônicas.

A segunda fase da vacinação contará com 12 dias disponíveis para a imunização, finalizando no próximo dia 2 de abril. Serão consideradas doenças crônicas os seguintes problemas: Obesidade grau 3 (crianças; adolescentes e adultos); Doenças respiratórias crônicas desde a infância; Asmáticos; Doença pulmonar obstrutiva crônica e outras doenças crônicas com insuficiência respiratória; Doença neuromuscular com comprometimento da função respiratória; Imunodeprimidos (pacientes em tratamento para aids e câncer ou portadores de doenças que debilitam o sistema imunológico); Diabetes mellitus; Doença hepática, renal, hematológica; Portadores da Síndrome Clínica de Insuficiência Cardíaca; Portadores de cardiopatia estrutural com repercussão clínica e/ou hemodinâmica; Pacientes menores de 18 anos com terapêutica contínua com salicilatos (exemplos: doença reumática auto-imune, doença de Kawasaki).

Segundo o secretário de saúde, Roberto Diniz, cerca de 2.700 doses davacina serão disponibilizadas para a nova etapa de vacinação em Rolim de Moura. “A intenção é vacinar, pelo menos, 80% da população”, declarou Diniz.

A Campanha contará com mais três etapas: 5 a 23 de abril (População de 20 a 29 anos), 24 de abril a 7 de maio (Idosos com mais de 60 anos de idade – portadores de doenças crônicas) e 10 a 21 de maio (População de 30 a 39 anos).

Em vista a consolidação da Campanha, os Municípios de Rondônia estabeleceram o dia 08 de maio como o Dia“D”, como uma segunda oportunidade para a vacinação dos adultos. “O dia “D” foi instituído como uma estratégia ao público de 20 a 39 anos de idade que não puderam comparecer a um posto de vacinação dentro do prazo estipulado na Campanha”, disse o Prefeito, Tião Serraia, complementando sobre a importância da vacinação. “Todos, dentro dos grupos prioritários, devem procurar os postos de atendimento de acordo com as etapas da Campanha, não devemos brincar. Qualquer vacilo pode se transformar numa pandemia e os hospitais públicos não estão devidamente preparados para isso”, declarou.

Desde o início da Campanha, cerca de 300 profissionais da área da saúde, como médicos, enfermeiros, motoristas de ambulância, equipes de laboratório e profissionais que atuam na investigação epidemiológica já foram protegidos contra o vírus da Influenza “A” até o dia 15 de março.  Estima-se que até o término da Campanha mais de 15 mil pessoas recebam a imunização.

A vacina ainda não está disponível em laboratórios, farmácias ou drogarias, mas conforme declarou a coordenadora de Vigilancia Epidemiológica da Semusa, Quesia dos Anjos, estima-se que cada dose custará em torno de R$60 a R$80 quando disponibilizada. 

Fonte: Ascom
 

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç