Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Rios transbordam e desabrigam em Pimenta Bueno; Alerta máximo em Ji-Paraná



Chuvas fortes caíram durante a madrugada, tarde e noite deste sábado entre Vilhena e Pimenta Bueno elevando rapidamente o nível dos rios. Em Pimenta Bueno já há desalojados e desabrigados, segundo o Corpo de Bombeiros.

Daniel Panobianco - A situação é de alerta novamente em todo o centro-sul e região central de Rondônia. A chuva caiu com forte intensidade nas primeiras horas da madrugada e no final da tarde e inicio da noite deste sábado em uma extensa faixa, desde Jaru até Vilhena. Em Rolim de Moura, a chuva da madrugada provocou novamente a subida no nível do rio Anta Atirada inundando alguns pontos da região.

A situação é crítica em Pimenta Bueno, distante 517 km de Porto Velho, onde o nível dos rios Barão de Melgaço e Pimenta Bueno subiu quase 3 metros em questão de 12 horas. Diversos pontos do município estão debaixo d' água. Segundo informações do site 60Graus.com, a população de Pimenta Bueno já convive com uma enchente. Segundo a mesma fonte de notícias, o Corpo de Bombeiros da cidade efetuou a retirada 6 famílias residentes em áreas próximas ao rio Pimenta, que já estavam tomadas pela água, ainda no inicio da manhã deste sábado. Destas 6, 3 estão desabrigadas e estão recebendo auxilio das autoridades e outras 3 ficaram desalojadas e foram encaminhadas para a casa de parentes ou amigos.

Dados obtidos através do Corpo de Bombeiros local, que faz o monitoramento constante do nível dos rios, indicaram que o rio Barão de Melgaço estava com 6,55 metros e o rio Pimenta Bueno, com 9,15 metros, praticamente, 3 metros acima do nível considerado seguro.

A estação telemétrica da ANA (Agência Nacional de Águas), apontou para um nível muito preocupante do rio Machado, na localidade do sítio Bela Vista, ainda em Pimenta Bueno. O nível, que às 2 horas era de 4,96 metros, às 21 horas saltou para 6,72 metros, ou seja, uma significativa elevação de 1,76 metros.

Toda essa água tem um único destino: Cacoal, Presidente Médici e Ji-Paraná, esta última que foi duramente castigada pela enchente nos últimos 6 dias. O nível do rio Machado, que na noite de quarta-feira, atingiu 11,45 metros, baixou neste sábado para 10,87 metros, mesmo assim, ainda mantendo parte dos bairros mais atingidos alagados.

Ao todo, a enchente desabrigou mais de 80 pessoas em Ji-Paraná e 350 ficaram desalojadas. Cerca de 1500 residências ficaram debaixo d' água e 10500 pessoas foram afetadas pelas inundações nas zonas, rural e urbana do município.

Com a enchente nos rios Barão de Melgaço, Pimenta Bueno e Anta Atirada, a situação em Ji-Paraná pode passar de crítica a calamitosa em questão de horas. Toda a água que agora castiga Pimenta Bueno deve atingir Ji-Paraná até segunda-feira, tornando esta talvez, a maior enchente nas últimas décadas já registradas em Rondônia. As Defesas Civis de Cacoal, Presidente Médici e Ji-Paraná já estão de alerta máximo, bem como o Corpo de Bombeiros.

Dados: 60Graus.com - Corpo de Bombeiros - ANA
Fonte: De olho no tempo

Mais Sobre Municípios

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento