Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Posto fiscal de Porto Rolim vai atender Vale do Guaporé


A base de fiscalização de vigilância agropecuária de Porto Rolim, inaugurada no último sábado (27) vai auxiliar nos trabalhos da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril (Idaron) na cooperação entre Brasil e Bolívia com os cuidados de combate e prevenção da febre aftosa para as 13 milhões de cabeças de gado que compõem o rebanho rondoniense, além de fiscalizar rigorosamente a entrada e saída de produtos de origem animal e vegetal nas divisas.
 
O posto fiscal de Rolim de Moura do Guaporé, também conhecido como Porto Rolim, distrito de Alta Floresta do Oeste na fronteira com Estado Plurinacional da Bolívia (a 700 km de Porto Velho) vai atender uma extensão de 350 km atingindo todo o Vale do Guaporé. 

Na inauguração, Confúcio Moura destacou quanto aos cuidados tomados ao longo das administrações, tanto na época de Valdir Raupp, José de Abreu Bianco e demais governadores para que Rondônia fosse hoje um exemplo como Estado preocupado com o rebanho, destacando ação dos agentes da Idaron que em parceria com o governo de Evo Morales imunizam o rebanho num raio de 50 km dentro do território estrangeiro.

Atendendo a uma determinação do governador Confúcio Moura, mantivemos nossas fronteiras e divisas vigiadas, onde intensificamos ações de fiscalização com o estado do Amazonas e na fronteira com a Bolívia, informa o presidente da Idaron, Marcelo Henrique. “Essas ações são fruto de um grandioso trabalho realizado pelo governo de Rondônia, que, além de proporcionar maior segurança sanitária ao rebanho rondoniense, beneficia a produção agropecuária além de nossas fronteiras. Da forma como orientamos nossos produtores a estarem vigilantes com os rebanhos de seus vizinhos, estamos, também, alertas a qualquer problema sanitário que venha prejudicar nosso patrimônio”, explica Marcelo.

O presidente lembra que a implantação da base no distrito é de extrema importância, visto que a proporia população do vilarejo toma pra si o local, contribuindo com a instituição na divulgação dos cuidados. O chefe da pasta ainda afirma “que o posto fiscal servirá daqui pra frente como modelo para os outros que serão abertos, como em União Bandeirantes, ainda sem data prevista para inauguração. Já para o ano de 2014, segundo ele, está prevista reforma dos postos de fiscalização, além da renovação de toda frota, garantindo mais agilidade nos serviços desenvolvidos pela autarquia”, informa

A recomendação por parte do governo é continuar exercendo as atividades de controle sanitário nas propriedades dentro do Estado do Amazonas e boliviano, com a missão de se aproximar cada vez mais dos vizinhos, intensificando os trabalhos a fim de promover maior eficácia nas ações que priorizama proteção do rebanho rondoniense que se aproxima das 13 milhões de cabeça.

Na Bolívia, o governo de Rondônia, por meio da Agência Idaron, em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Fundo de Apoio à Defesa Sanitária Animal do Estado de Rondônia (FEFA) e com os produtores, manteve e incrementou ações para a proteção da saúde do rebanho rondoniense.

Investimento e parceria

Com informações da gerência da Idaron, as doses de vacinação realizada no primeiro semestre deste ano (2013) foram disponibilizadas pelo MAPA 15.750 mil doses, doadas pelo Lanagro e pela Agência Idaron 65 mil doses, adquiridas em processo emergencial em virtude do Ministério. A orientação do governador Confúcio Moura é intensificar a cooperação com os produtores bolivianos, visando dar segurança ao rebanho do Estado. Seguindo orientação do governador, a Agência não medirá esforços para alcançar sua meta ou mesmo ultrapassá-la, que é vacinar em torno de quarenta e cinco mil cabeças de bovídeos, explica o presidente da Idaron, Marcelo Henrique.

A faixa de fronteira entre Rondônia e a Bolívia tem 1.444 quilômetros de extensão. A Bolívia registrou o último foco de aftosa em 2007 e tem um rebanho de aproximadamente sete milhões de bovinos, que podem colocar em risco o rebanho rondoniense, hoje, reconhecido internacionalmente como livre de aftosa com vacinação.

Calendário de vacinação

Os fiscais da Agência Idaron e do Serviço Nacional de Sanidade Agropecuária da Bolívia (Senasag) iniciaram a vacinação nas divisas de Pimenteiras: 4 a 26 de junho; Costa Marques: 5 de junho a 12 de julho Alta Floresta: 25de junho a 08 de julho; Guajará-Mirim: 5 a 21 de junho; Nova Mamoré: 13 a 15 de junho. As equipes contam com equipamentos adequados como veículos, motos, barcos de pequeno, médio e grande porte (Quero-Quero). Toda a despesa da campanha de vacinação está sendo custeada pelo governo estadual e União.

O superintendente Federal de Agricultura (SFA/RO) e Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), José Valtelins Calaça, lembrou que a instalação da base somente foi possível graças a um trabalho conjunto, entre governo estadual e federal como a participação efetiva do governador Confúcio Moura.“Um administrador preocupado com a segurança e qualidade do rebanho estadual”, afirma Calaça que ainda destacou as políticas fiscais aplicadas pelo Governo da Cooperação que resultam em investimentos em torno da área agropecuária.

Agilidade para o pecuarista

O posto fiscal da Idaron emitirá Guia de Transporte Animal (GTA), além de realizar atendimento aos produtores desta região. Para isso o governo do Estado por meio da Agência vai subsidiar os trabalhos disponibilizando servidores, com colaboração de outras unidades. Para o prefeito de Alta Floresta do Oeste, Vantuil do Posto, “a parceria do governador, Confúcio Moura é de fundamental importância no que diz respeito ao desenvolvimento do bem estar do povo da região.”

Segundo o presidente da Idaron, Marcelo Henrique a presença do Posto de fiscalização impedirá o tráfego de produtos de origem animal e vegetal que possam ser trazidos da Bolívia de forma ilegal. Com recurso na ordem de R$ 374.890,11 o posto fiscal foi erguido por meio da Superintendência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento no Estado (MAPA), e Fundo de Convergência Estrutural e Fortalecimento Institucional do Mercosul (Focem) e Governo da Cooperação.

Fonte: Decom

 

Mais Sobre Municípios

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento