Porto Velho (RO) quinta-feira, 1 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

População de Itapuã busca alternativas para Saúde


A câmara municipal de Itapuã do Oeste foi palco de uma grande reunião comunitária no último domingo (17/02). A população se organizou para reivindicar melhorias na educação e na saúde do município, para isso eles contaram com a presença do deputado estadual Doutor Alexandre. Através do líder comunitário Francisco Ramos e do ex-vereador Cotico o convite chegou ao parlamentar que atendeu prontamente. As principais reclamações feitas ao deputado foram Saúde e a Educação. Segundo os moradores esses serviços básicos e essenciais não têm sido prestados de forma satisfatória.

Com relação a Educação, a comunidade reclamou que não existe ônibus para fazer o transporte dos estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA), que geralmente moram na zona rural. Segundo o agricultor Ibraim Júnior as dificuldades para conseguir estudar tem superado o desejo de estar em sala de aula aprendendo. “Nosso povo se sente desprezado, esquecido e maltratado. Não sei de quem é  culpa se da prefeitura ou do governo do estado, mas nós estamos sendo prejudicados com isso”, desabafou o produtor rural.

Doutor Alexandre ouviu atentamente as reclamações e garantiu que vai pessoalmente ao secretário estadual de educação, Edinaldo Lustoza, pegar informações sobre o caso. O parlamentar disse ainda que vai solicitar o levantamento do valor dos recursos destinados e quanto foi disponibilizado para Itpuã do Oeste.

Quando o assunto foi a saúde pública as reclamações foi geral, todos apontando falhas no sistema do município. Segundo a maioria dos presentes na reunião o hospital local é pequeno e não atende a demanda de pacientes, além disso só há dois médicos para atender toda a população. Outra reivindicação foi referente a falta de especialistas, principalmente para atender mulheres e crianças.

De acordo com a agente comunitária Edinéia Machado, as mulheres precisam de um ginecologista que fique no município, pois hoje não existe esse profissional no local e para realizar algum tipo de exame as mulheres têm que deslocarem para Porto Velho ou Ariquemes onerando gastos demasiados com passagem, alimentação e até exames. Outro grande problema destacado foi a falta de remédios básicos para ser distribuído à população.

Diante dessa realidade Doutor Alexandre disse que se for preciso vai brigar para que a população receba um atendimento satisfatório. Ele sugeriu que seja disponibilizado um ginecologista para atender a população feminina pelo menos duas vezes na semana. Quanto a falta de remédio o parlamentar argumentou que falta planejamento. “Não é permitido deixar que o medicamento acabe para que só então seja feito o pedido. É necessário ter conhecimento e acompanhamento de toda a medicação disponibilizada aos pacientes”, reiterou o deputado.

Doutor Alexandre finalizou o encontro destacando e parabenizando a iniciativa da população. “Toda ação positiva é válida e temos mesmo que fazer de tudo para ajudar a quem precisa. Sempre que a comunidade tiver alguma exigência me procure, farei o possível para buscar a solução. Não prometo que posso resolver tudo, mas dou minha palavra que vou buscar alternativas para o problema”, finalizou o parlamentar.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç