Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Polícia esclarece homicídio de João Murilo


 

A equipe do Sevic – Serviço de Investigações e Capturas da 2ª Delegacia comandada pelodelegado Luiz Carlos Hora, com apoio do GIC – Grupo de Investigações e CapturasSde Cacoal e Policiais do Serviço de Inteligência da Polícia Militar de Ji-Paraná, esclareceram nesta Quinta Feira 20/05 o homicídio em que foi vítima João Murilo, ocorrido no último final de semana nas proximidades de uma casa de shows na cidade.

Desde o homicídio os Policiais vinham investigando os fatos e chegar aos autores do crime. Ontem a equipe concluiu os trabalhos de investigação e prendeu os acusados Osvaldo Dutra Medeiros, 24 anos, piloto da motocicleta na hora do crime, Valter Inácio Ferreira, 28 anos o pivô da confusão, Amauri Cláudio Dutra, 25 anos, proprietário da arma utilizada para a pratica do crime e um menor infrator de 16 anos autor do disparo que levou a vítima a óbito.

Os policiais apreenderam também dois revolveres calibre 38 na residência de Amauri, os quais são de sua propriedade, sendo que de uma delas partiu o disparo que atingiu a vítima. O Delegado Luiz Calos Hora, enalteceu o trabalho da equipe, pois segundo ele desde o momento em que ocorreu o crime, os policiais trabalharam diuturnamente para que os fatos fossem esclarecidos e o resultado veio coroar o trabalho por eles desenvolvido.

O Delegado Regional de Ji-Paraná, Alexandre Árabe Martins de Oliveira parabenizou toda equipe pelos trabalhos e afirmou que as informações oriundas da comunidade foram de suma importância para que o caso fosse resolvido rápido.

O povo está em todo lugar e a polícia não tem como fazer isso, portanto se a população abraça a causa passando informações, mesmo anônimas para a polícia, como aconteceu neste caso e em outros já resolvidos, com certeza o resultado aparece e o índice de criminalidade tende a diminuir, afirmou Dr. Alexandre Árabe.
 

O crime

Na madrugada do último domingo na saída de uma casa de Shows de Ji-Paraná a vítima João Murilo deixava o local na companhia de um amigo, quando foi acompanhado por duas pessoas em uma motocicleta que ao ultrapassar o veículo da vitima, o carona efetuou um disparo de arma de fogo que o atingiu no braço esquerdo e tórax, vindo o mesmo falecer.
 

Motivos

Segundo os próprios acusados tudo começou entre Valter Inácio e a vítima por causa de uma garota, que seria namorada de Valter e João Murilo aproveitando o momento em que Valter foi ao banheiro, tentou dançar com a mesma ou ficar com ela.

Não aprovando a atitude, Valter foi tirar satisfação com João Murilo, tendo os dois discutidos e até trocado socos. Após o fato Valter se reuniu com o demais e traçaram os planos para a execução da vítima, tendo o menor e Osvaldo ido buscar a arma na casa de Amauri, retornado e aguardado o momento em que cometeram o delito. Fonte Valter Fernandes da AC/DRP/JP.

Fonte: Lenilson Guedes
 

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce