Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

PARALISAÇÃO NO BANCO DO BRASIL DE MACHADINHO AMANHÃ



Funcionários do Banco do Brasil em Machadinho param atividades em protesto contra falta de condições de atendimento


Na última quinta-feira (15) os funcionários da agência do Banco do Brasil (BB) de Machadinho do Oeste-RO, reunidos em assembléia geral, decidiram por unanimidade, com o apoio do Sindicato dos Bancários de Rondônia (SEEB) e de membros da classe política do Município, paralisar as atividades por 24 horas, nesta terça-feira (20), em protesto contra a resposta do Banco de só redimensionar o espaço da agência, em 2010.PARALISAÇÃO NO BANCO DO BRASIL DE MACHADINHO AMANHÃ - Gente de Opinião

A luta pela melhoria do atendimento naquela agência vem sendo travada há vários anos pelos funcionários, comunidade e Sindicato dos Bancários, mas o Banco não tem feito melhorias e seguidamente adia resolução dos problemas.

Segundo o SEEB, a população não suporta mais as péssimas condições de atendimento recebido na unidade, tanto pelo reduzido espaço em que os clientes ficam amontoados, quanto pelo pequeno número de funcionários, que não conseguem prestar um atendimento com a qualidade mínima necessária.

O Sindicato, através dos diretores Sidnei Celso e José Toscano, fez contatos com lideranças políticas e demais membros da sociedade local e conseguiu apoio irrestrito ao movimento que busca conquistar para os cidadãos um atendimento bancário de qualidade por parte do Banco do Brasil. “É impressionante as declarações que recebemos tanto de lideres políticos, quanto de clientes e usuários sobre a situação de penúria a que estão submetidos com o atendimento do Banco do Brasil, na cidade”, comenta o diretor do SEEB, Sidnei Celso.

O SEEB já protocolou inúmeros documentos na gerência regional do Banco em Rondônia, que não tem qualquer autonomia e está subordinada à Superintendência de Mato Grosso; sendo que a última resposta oficial da instituição informaria que nenhuma providência será tomada até 2010, o que revoltou os funcionários e a população e motivou o protesto.

Fonte: Itamar Ferreira

Mais Sobre Municípios

Inscrições em conferência sobre urbanização e envelhecimento saudável seguem abertas até sábado

Inscrições em conferência sobre urbanização e envelhecimento saudável seguem abertas até sábado

A Conferência Livre PVH50+, promovida por iniciativa do Centro de Estudos e Pesquisas de Direito e Justiça, selecionada pelo Ministério do Desenvolvi

Sine Municipal de Porto Velho realiza cadastro de jovens na Associação Luz do Alvorecer

Sine Municipal de Porto Velho realiza cadastro de jovens na Associação Luz do Alvorecer

Com o propósito de fazer o cadastro de jovens aprendizes para encaminhá-los ao primeiro emprego por meio da Intermediação de Mão de Obra (IMO), equipe

Empenhado: Buritis recebe R$ 800 mil para iluminação em LED, ciclofaixa e fabricação de bloquetes

Empenhado: Buritis recebe R$ 800 mil para iluminação em LED, ciclofaixa e fabricação de bloquetes

O presidente Alex Redano (Republicanos) confirmou a destinação de R$ 800 mil em recursos para Buritis, assegurados através de seu mandato junto ao G

População se revolta e coloca fogo em ponte de madeira de União Bandeirantes

População se revolta e coloca fogo em ponte de madeira de União Bandeirantes

Uma ponte de madeira que permitia a travessia no distrito de União Bandeirantes o rio, foi parcialmente reduzida a cinzas, na madrugada desta segund