Porto Velho (RO) quinta-feira, 1 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Pacientes com Câncer têm investimento zero no tratamento


A pele, assim como a ação de escovar os dentes necessita de cuidados diários. Mas, ainda há pessoas desavisadas sobre isso. Um mutirão de triagem e diagnóstico foi realizado em todo o País pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Em Rondônia, foram constatados 52 novos casos de Câncer de Pele, entre os 405 atendimentos realizados em 26 de novembro, com pessoas vindas de sete municípios, além de Ji-Paraná.

Nos dois últimos sábados, os pacientes retornaram à Santa Casa de Misericórdia para a realização de exames, biópsias e dar início ao tratamento. Segundo o coordenador estadual da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele, o médico dermatologista Silmar Regis Camarini, todos os tumores existentes foram tratados e serão acompanhados por dois anos. “Os casos comuns são do tipo Carcinoma Basocelular e Carcinoma Espinocelular registrados com maior incidência em idosos, com idade entre 50 e 60 anos. Já em jovens, a idade mínima foi de 27”, lembrou.

Camarini informou ainda que o tempo máximo para a chegada dos resultados que irão oficializar o que já fora constatado é de 15 dias. “O médico é treinado para examinar minuciosamente e o paciente deve sempre exigir o que lhe é direito”, lembrou o dermatologista sobre a necessidade de biópsias independentemente do tipo de tratamento a ser realizado.

INVESTIMENTO ZERO

Segundo a dermatologista Alessandra Dalla Martha Camarini fazer saúde é caro. Logo, o tratamento requer atenção por parte dos pacientes. “Cada procedimento realizado durou em média 40 minutos. Após isso, é necessário realizar os curativos, tomar os medicamentos receitados e, caso necessário, o retorno para uma avaliação”, disse.

Alessandra lembrou que, se o paciente estivesse fora das ações da Campanha Nacional de Prevenção da SBD teriam que desembolsar R$250 pela biópsia mais R$500 pela cirurgia. “Em média sairia por R$750 levando um tumor por pessoa. Sendo aqui na Santa Casa, o tratamento sai a custo zero. Os gastos nos dias de retorno superam a marca dos R$390 mil”, destacou a médica.

CAPACIDADE DE TRATAMENTO

A Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele é totalmente patrocinada pela SBD, e só ocorre em Ji-Paraná por possuir capacidade de resultabilidade. Segundo os dermatologistas se não houvesse seria realizado apenas triagem e acompanhamento.

“Qualquer sinal na pele é um alerta, com a detecção precoce é possível examinar e tratar imediatamente e com isso diminuir os riscos de morbidade e mortalidade”, alertou Silmar Regis Camarini.

APOIO ESTRUTURAL

A presidente da Santa Casa, Marta Kopper, disse estar satisfeita com os resultados dos trabalhos dos médicos junto à Instituição. “Eles estão conosco desde a primeira Campanha no Estado. Somos gratos pela parceria e com isso podemos contribuir em mudanças drásticas na vida de muitos”.
“Essa atividade é muito importante para mim. Sem condições, aqui fiz tudo o que precisa. Sem contar que economizei um bom dinheiro e agora é só realizar continuar o acompanhamento”, contou a professora aposentada, Maria Aparecida, moradora da linha C-19, em Ariquemes.

Fonte: Etiene Gonçalves
 

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç