Porto Velho (RO) sábado, 19 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

OAB acompanha investigação da morte de advogado


A seccional Rondônia da Ordem dos Advogados do Brasil está na expectativa de que nos próximos dias a Polícia Civil deva anunciar a prisão dos acusados do assassinato do advogado Luiz Meneses de Bezerra, executado a tiros dentro de um comércio local, depois de ter sido seguido pelas ruas de Guajará-Mirim, no comecinho da noite do dia 1º deste mês. Nesta terça-feira, o presidente da OAB Rondônia, advogado Hélio Vieira, esteve em Guajará para conversar com as autoridades policiais encarregadas da apuração do caso, reunir-se com os advogados da Subseção e levar solidariedade aos familiares.

Depois de conversar com um dos delegados da Delegacia Regional da Polícia Civil de Guajará-Mirim, Hélio falou, em entrevista aos meios de comunicação, que acredita no trabalho da polícia e, pelo que tem conversado com o delegado que preside o inquérito é possível que em breve sejam apresentados os acusados pelo assassinato. “Entendo a apreensão dos familiares, amigos da família e dos colegas advogados quanto à demora para o esclarecimento do caso, mas não podemos deixar de hipotecar apoio à polícia no trabalho de apuração”, acentuou.

Ele disse ser lamentável a perda de um colega advogado muito querido da sociedade e um importante colaborador da OAB, tendo assumido a presidência da subseção e atuado como conselheiro estadual no período de 2001 a 2003. “Luis era um exemplar pai de família e um advogado honesto e franco, tanto no trato com sua clientela, quanto no relacionamento com os colegas. Deixou uma lacuna a ser preenchida aqui em Guajará”, destacou Hélio, acrescentando que o Conselho Seccional da OAB fará um minuto de silêncio na sua reunião desta sexta-feira, 16, como forma de homenagear Luis Meneses e também de dizer que esse crime não pode cair no esquecimento.
 

Reunião e convênio

Em Guajará-Mirim junto com o diretor-tesoureiro da OAB Rondônia, Laércio Batista de Lima, com o conselheiro Daian Saraiva, o presidente da Subseção, José Antônio Barbosa, e vários advogados que militam na Comarca, Hélio Vieira conversou com o delegado Milton Santana, da Polícia civil, esteve no fórum com o juiz Bruno Sérgio de Menezes Darwich e assinou, junto a Vara do Trabalho daquela Comarca, convênio para implantação do escritório corporativo que tem como objetivo a presença do advogado em todas as reclamações trabalhistas. Hélio Vieira explica que, a partir da instituição do escritório corporativo, todo cidadão que procura a Justiça do Trabalho passa a ser acompanhado por um advogado e que isso tem resultado em maior celeridade processual, evita que o trabalhador deixe de postular todos os seus direitos e amplia a segurança jurídica das decisões.

Ao falar sobre a instalação do escritório corporativo, a juiz titular da Vara do Trabalho de Gujará-Mirim, Cândida Maria Ferreira Xavier, corroborou as palavras do presidente da OAB, acrescentando que muitas vezes o trabalhador requer apenas o salário que o empregador deixou de pagar, não se atentando para outras verbas a que tem direito. “Fica mais producente realizar audiência com a participação do advogado e o trabalhador tem uma melhor assistência”, reconheceu Cândida.

Antes de retornar a porto Velho, o presidente da OAB Rondônia reuniu-se em almoço com aproximadamente 18 advogados para comunicar sobre os trabalhos que a entidade vem desenvolvendo e visitou a seção local da Justiça Federal.

Fonte: OAB-RO

 

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce