Porto Velho (RO) terça-feira, 29 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Novos equipamentos facilitam serviços prestados pela Caerd


Para aprimorar o trabalho prestado à população rondoniense, a Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) começou a receber novos equipamentos para trabalho. Nessa primeira etapa foram entregues 60 computadores, boa parte já foi instalada e está operando.

“As máquinas serão distribuídas entre a Capital e municípios do interior. As lojas de atendimento terão prioridade, pois os equipamentos permitem celeridade no serviço prestado ao cliente”, diz o diretor comercial, Walmir Brito.

Além de proporcionar melhor atendimento à população, as novas máquinas também vão promover melhoria no desempenho das atividades dos funcionários.

Os computadores substituídos não suportavam a nova plataforma do Gsan (Sistema Integrado de Gestão de Serviços de Saneamento), um programa utilizado pela Caerd para facilitar acesso aos dados do cliente, “com isso muitos serviços eram executados de forma mais lenta. As novas máquinas devem nos trazer um melhor desempenho”, acredita o diretor comercial.

Outra ferramenta que está em fase final de implantação na Caerd é o AcquaGIS, um software que vai funcionar dentro do Gsan. O sistema de informações geográficas permitirá a visualização digital de toda a rede de água e esgoto, gerando em tempo real mapas temáticos com as informações mais relevantes, como o envio e acompanhamento de ordens de serviço, visualização de mapas com vários níveis de informação, mapas com imagens de satélite ou fotografias aéreas e mapas temáticos sobre a rede de água e consumidores.

Segundo Brito, a utilização dessa ferramenta será possível em razão dos novos computadores adquiridos pela Caerd, uma vez que a tecnologia exige equipamentos modernos.

Para ele, entre os benefícios da nova ferramenta destaca a facilidade na atualização de cadastro técnico/comercial, o aperfeiçoamento de informações sobre a rede de água, a economia nas intervenções de campo, a otimização na distribuição de ordens de serviço, a redução de custos ao diminuir a duplicidade de ocorrências enviadas em campo, a melhoria na logística de atendimento domiciliar além de permitir maior planejamento comercial e recuperação de receitas.

“Quando ocorre um vazamento recebemos diversas solicitações de reparos e abrimos várias ordens de serviço para um mesmo local, gerando, muitas vezes, o envio de mais de uma equipe para atender a mesma ocorrência. Com o AcquaGIS, que está 90% implantado na Caerd, teremos a exata planta da rede atendida e todas as ocorrências terão os locais marcados com precisão, excluindo a duplicidade no cadastro de ordens de serviço”, explicou Brito, informando que o programa deve entrar em funcionamento no início de agosto.

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç