Porto Velho (RO) quinta-feira, 24 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Mude um Destino: segunda fase da campanha foi lançada em Ariquemes


 

O lançamento da segunda fase da campanha "Mude um Destino", promovida pela Associação dos Magistrados Brasileiros - AMB em favor da Adoção Consciente, foi lançada, ontem (17), no auditório das Faculdades Associadas de Ariquemes – FAAR, pelo Juizado da Infância e da Juventude da Comarca, que tem como juiz titular Rinaldo Forti Silva. A perspectiva é que compareçam cerca de 200 participantes entre magistrados, promotores de justiça, serventuários da justiça, autoridades militares, civis, religiosas, estudantes dos cursos de Direito, Psicologia e Serviço Social, profissionais da área de saúde e demais representantes da Rede de Atendimento à Criança e ao Adolescente do Município.

Ariquemes será a primeira comarca do Estado de Rondônia a aderir ao lançamento oficial da segunda fase da campanha, lançada, nacionalmente, pela AMB, no dia 14 de maio, em Brasília/DF. O foco passa a ser a importância de que a adoção seja feita de maneira legal, ou seja, por meio do Poder Judiciário. Na primeira etapa, em 2007, o objetivo foi chamar a atenção da sociedade para as condições de vida das cerca de 80 mil crianças e adolescentes que vivem em abrigos no País.

De acordo com o juiz Rinaldo Forti, já na primeira etapa a campanha da AMB despertou grande interesse da população de Ariquemes, aumentando o número de famílias pretendentes à adoção, porém, na maioria das vezes, a procura de crianças fora do perfil daquelas que estão nos abrigos, as que têm mais de três anos de idade, mas que também podem ser amadas e educadas.  Também muitos estudantes dos cursos de Psicologia e Direito procuram o Departamento de Serviço Social da Comarca em busca de materiais para a elaboração de artigos e monografias sobre o assunto.

Durante a solenidade será exibido o documentário "Se essa casa fosse minha", produzido sob a coordenação geral do jornalista Gilnei Rampazzo. Haverá a distribuição de cartazes, da cartilha que ensina o passo a passo da adoção, e para os profissionais da área de saúde - os primeiros a terem contato com as gestantes - da cartilha “Além do seu apoio elas precisam da sua orientação”, que visa conscientizar sobre a necessidade de evitar que mães entreguem seus bebês para uma nova família sem que esse ato seja formalizado juridicamente, a tradicional “adoção à brasileira”.

Outro destaque do evento será a apresentação oficial do Grupo de Apoio à Adoção, uma iniciativa do Juizado da Infância e da Juventude e do Departamento de Serviço Social da Comarca de Ariquemes (RO). O Grupo é uma entidade sem fins lucrativos, constituído por estatuto, diretoria e organograma de atividades. O trabalho será conduzido pela Coordenação do Curso de Psicologia das Faculdades Associadas de Ariquemes – FAAR, com a participação voluntária de estudantes dos cursos de Psicologia e Direito. O objetivo é fomentar a discussão relativa à Adoção, apoiando as famílias pretendentes e àquelas que já adotaram, no esclarecimento de dúvidas, e em uma troca de experiências com a realização periódica de reuniões.

O download das cartilhas mencionadas, do filme “Se essa casa fosse minha”, e da pesquisa realizada pela Associação dos Magistrados Brasileiros a respeito da “Percepção da População Brasileira sobre a Adoção” podem ser feitos no hotsite www.amb.com.br/mudeumdestino/.

Fonte: Ascom/Ameron

 

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam