Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

MPF/RO recomenda regularização de merenda escolar em Ji-Paraná


 

Prefeitura e Conselho de Alimentação Escolar tem até 15 de novembro para informar os procedimentos adotados para resolução dos problemas.

O Ministério Público Federal em Ji-Paraná (RO) recomendou à prefeitura do município que faça adequações nos cardápios das escolas municipais, de acordo com os alimentos adquiridos, e ao Conselho de Alimentação Escolar (CAE) para que monitore a aquisição dos produtos adquiridos para o Programa Nacional de Alimentação Escolar.

Vários problemas foram detectados após diligências feitas pelo MPF/RO nas escolas da rede pública municipal. Os servidores encontraram irregularidades nos procedimentos de compra e estoque de alimentos dos estabelecimentos de ensino, e muitos diretores não souberam informar a data em que o CAE compareceu na escola pela última vez.

Segundo a recomendação, em outubro, foram encontrados alimentos com data de vencimento expirada, ausência de assinatura em documentos do processo licitatório (em algumas escolas sequer estavam impressos), o pagamento antes do recebimento integral dos bens adquiridos, que eram entregues parcialmente pelos fornecedores e a ausência eficaz de controle de estoque ou registro da utilização dos alimentos destinados à alimentação escolar. Os cardápios das escolas nem sempre estavam sendo obedecidos, principalmente pela falta de alterações periódicas condizentes com a aquisição dos gêneros alimentícios.

Diante dos problemas encontrados, a Procuradoria da República de Ji-Paraná recomendou a imediata fiscalização da vigilância sanitária em todas as escolas municipais; a redução da oferta de alimentos com alto teor de gordura, gordura saturada, gordura trans, açúcar livre e sal pelas cantinas e a adequação, pela nutricionista responsável, dos cardápios escolares de acordo com os alimentos adquiridos.

Ao CAE, foi recomendado que faça visitas constantes nas escolas, acompanhe e monitore a aquisição dos produtos adquiridos para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE),  zele pela qualidade dos produtos, em todos os níveis, até o recebimento da refeição pelos alunos e informe aos órgãos competentes quaisquer irregularidades constatadas.

A prefeitura de Ji-Paraná e o CAE têm até 15 de novembro para informar ao MPF as providências tomadas para a resolução dos problemas.
 
Fonte: Ascom/Procuradoria da República em Rondônia

 

Mais Sobre Municípios

Complexo Beira Rio será sede da Prefeitura de Cacoal

Complexo Beira Rio será sede da Prefeitura de Cacoal

Visando por fim na antiga prefeitura no Centro de Cacoal, a atual administração está alterando a finalidade do Complexo Beiro Rio e levará, até o fi

Porto Velho avança para a última fase do Plano Municipal de Enfrentamento à pandemia

Porto Velho avança para a última fase do Plano Municipal de Enfrentamento à pandemia

O avanço na aplicação das vacinas, a redução do número de internações e de novos casos da covid-19, fizeram com que Porto Velho avançasse da Fase Amar

SEMED compra milhares de frascos de álcool e armazena em local inadequado em Porto Velho

SEMED compra milhares de frascos de álcool e armazena em local inadequado em Porto Velho

O vereador Everaldo Fogaça (Republicanos) flagrou o que pode ser um polêmico caso de desperdício de dinheiro público pela Prefeitura de Porto Velho: