Porto Velho (RO) domingo, 27 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

MPF denuncia ex-donos de falso consórcio em Ji-Paraná


 

Pelo menos 59 pessoas foram enganadas com golpe que rendeu mais de R$ 31 mil aos fraudadores

Porto Velho (RO), 16.08.2010 – Os ex-donos da empresa GM Multicompra foram denunciados na última semana por fraude contra o sistema financeiro e estelionato. Carlos Roberto Galvão Machado e Itabiana Subtil de Oliveira operavam, sem autorização, um consórcio em Ji-Paraná. A unidade do Ministério Público Federal (MPF) no município fez a denúncia e pediu que a Justiça Federal condene os dois pelos crimes, com pena de prisão de um a cinco anos e multa.

Na denúncia do MPF consta que, de fevereiro a maio de 2008, eles engaram pelo menos 59 pessoas com a promessa de consórcios de motocicletas, veículos e imóveis. A fraude rendeu aos dois mais de 31 mil reais. Em panfletos distribuídos pela cidade, a empresa anunciava a entrada no mercado de “um grupo independente de compra”.

Para obter credibilidade, os denunciados encaminharam correspondências – documento denominado “Prospecção comercial na Cidade de Ji-Paraná/RO” – a órgãos públicos, inclusive ao Procon e à prefeitura, prestando esclarecimentos sobre o funcionamento do empreendimento administrado por eles.

“No ato da assinatura de alguns dos contratos, na sede da empresa, os donos do consórcio empregavam ardil para obterem a adesão dos consumidores, como afirmar que os interessados seriam contemplados com o bem pretendido – inclusive dinheiro – em curto espaço de tempo, que haveria o sorteio conjunto de dez contratantes, que a disponibilização do dinheiro só dependia da liberação de uma senha etc”, relata o MPF.

Após a assinatura do contratos, os denunciados exigiam 350 reais, valores referentes a “custas administrativas da proposta” e primeira parcela. Depois de alguns meses em que os consorciados pagaram as demais mensalidades, os denunciados fecharam as portas da empresa, sem que qualquer consumidor tivesse recebido o bem prometido ou recebesse de volta o valor pago.

Fonte: MPF/RO
 

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam