Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Mais de 200 títulos fundiários rurais em São Francisco


 
Gente de Opinião


 
Um dos contemplados, André Luiz Ferreira de Souza, morador da linha 33, quilômetro 7, que vai completar 25 anos neste mês de outubro, deu seu depoimento dizendo: “Agora chegou a novidade que é o título de propriedade rural, que vai trazer facilidades como as linhas de crédito, financeiramente as terras tituladas vão valer mais, a nossa região se beneficiará, teremos mais produção e uma maior renda familiar também. Isso é muito bom, graças ao nosso governo que está ajudando o produtor rural, que é o nosso caso”, finalizou.

A prefeita Gislaine Lebrinha, mobilizou centenas de pessoas, entre beneficiários, parentes destes e população em geral, que compareceram e participaram ativamente ao evento. “Eu esperava muita gente, até porque tive a ajuda da Emater, de todos os vereadores e dirigentes das associações de produtores para convidar, mas estou surpresa com este público todo”, confidenciou Lebrinha.

Durante o seu pronunciamento, a prefeita disse ainda que, “além da entrega desses títulos, estamos tendo uma enorme ajuda do governador Confúcio, pois estamos recebendo mais de 10 quilômetros de asfalto urbano, estão sendo recuperados perto de 800 quilômetros de estradas vicinais, através do projeto Mão Amiga, do Departamento de Estradas de Rodagem e Transporte, estradas estas que são da responsabilidade da prefeitura, mas que não tínhamos meios para fazer”.

Finalizando seu discurso, falou “governador, obrigada por tudo que o senhor tem trazido para a nossa cidade. Gente, vocês que convivem comigo sabem que sou pé no chão, mas vão concordar que, definitivamente, o desenvolvimento realmente chegou a São Francisco do Guaporé”.

Outra produtora rural, Ana Butter Santos, residente na linha 26, quilômetro 2, disse ,“Minha propriedade é a Estância Modelo, já pegamos o título definitivo e hoje já temos escritura. Eu acho, tenho certeza, uma vantagem muito grande ter os documentos, pois você precisa de um financiamento e eles te dão garantia e você é mais você. O título te traz uma grande segurança".

Edson Afonso Rodrigues, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de São Francisco do Guaporé e também atuando na regularização fundiária, junto à Confederação Nacional da Agricultura (CNA), falou que, “essa entrega de títulos é um sonho de todos os produtores da região, que vieram para cá e não tinham o documento para ter uma segurança, ter crédito junto às instituições financeiras e esta entrega já é prova de que a gente está no caminho certo e estamos reconhecendo a importância dos produtores rurais que estão aqui, perto da divisa do país. A união entre os governos federal e estadual é que está permitindo que tenhamos segurança alimentar e que prosperemos nesta velocidade toda”.

Em sua fala, Edinéia Gusmão, coordenadora de Regularização Fundiária Rural de Rondônia, enfatizou a importância do evento, dizendo “é a garantia do desenvolvimento da região da BR-429 e para o estado como um todo, bem como a segurança jurídica para todos aqueles que estão recebendo seu título de domínio hoje”, finalizou.

O secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Regularização Fundiária (Seagri), Evandro Padovani, agradeceu a todos que colaboraram para que os títulos pudessem ser entregues e aproveitou para destacar a todos os produtores rurais de Rondônia que “a fábrica de calcário que o governador mandou construir em Pimenta Bueno, será inaugurada até o início do mês de dezembro e vai produzir 400 mil toneladas por ano, a um terço do preço que hoje pagamos. E tem mais, o nosso calcário é de primeiríssima qualidade e tem todas as certificações exigidas”, pontuou.

O deputado estadual Lebrão, após ter destacado a parceria entre o governo e a Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia (ALE-RO), eufórico disse, “Este não é apenas o Governo da Cooperação, é o governo da transformação e está sendo o exemplo de como se deve governar para todos os demais estados brasileiros”.

Confúcio Moura, durante o seu discurso lembrou que “não existem documentos de posse nas zonas urbanas e rurais na Zona da Mata e isso é inaceitável. Assim como no restante de Rondônia, estamos sanado esta situação”.

Em seguida, se referindo aos ‘milionários de Rondônia’, que são os proprietários de glebas em torno de 100 há, e que estão em situação regular, citou a matéria publicada em uma revista de circulação nacional, em que se lê uma reportagem dando conta de que, dentre as cidades onde houve o maior aumento de milionários, estão várias de Rondônia, com destaque para Porto Velho e Jí-Paraná.

Mais adiante, Confúcio falou aos contemplados: “Este documento é a chave do seu sucesso e da prosperidade da sua família” e, finalizando “Com o título e o Cadastro Ambiental Rural ninguém segura você, ninguém segura Rondônia. Força no braço e coragem para falar bem de Rondônia”.
 
 
Gente de Opinião

Na oportunidade, ainda foram entregues tratores para agricultores da região.

Fonte: Marco Aurélio Anconi / Daiane Mendonça / Decom


 

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam