Porto Velho (RO) quinta-feira, 29 de julho de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Justiça do Trabalho encerra quinta-feira palestras em escolas públicas de Ji-Paraná


A Justiça do Trabalho encerra quinta-feira (12) as palestras realizadas
em seis escolas da rede pública de Ji-Paraná, como parte da programação
especial das comemorações de 20 anos de instalação da Vara do Trabalho
local, cuja abertura, na manhã da segunda-feira última, contou com o
apoio da Sub-seção da OAB e a visita de vários alunos à sede da unidade.

As atividades são desenvolvidas por meio dos projetos "Justiça do
Trabalho vai a Escola" e "Justiça do Trabalho de Portas Abertas" para
que os cidadãos recebam mais informações sobre ao funcionamento da
Justiça do Trabalho.

A primeira unidade da Justiça do Trabalho a ser instalada no município
foi a antiga Junta de Conciliação e Julgamento, em 14 de abril de 1987.
Dia 10 de outubro de 1998, a unidade ganhava sede própria e passava a
funcionar na av. Montecastelo, onde funciona atualmente a 1ª VT de
Ji-Paraná.

Pela Lei 10.770/2003, a jurisdição dessa unidade deveria se restringir
aos limites geográficos do município, mas na busca do livre acesso da
população à justiça, há algum tempo também são atendidos em Ji-Paraná as
reclamatórias de outras microrregiões, como a solução de reclamações de
moradores de Rondolândia, divisa do Mato Grosso com Rondônia.

Segundo a juíza titular da 1ª VT de Ji-Paraná, Ana Carla dos Reis,
foram 20 anos de incessante luta e de incansável compromisso com
a sociedade na solução dos conflitos entre o capital e o trabalho. A
magistrada ressaltou ainda que, nesse período, vários servidores e
juízes contribuíram em muito com a conquista do respeito e confiança da
população. "A todos eles estendemos nossos agradecimentos, na certeza de
que cada um faz parte dessa história", disse.

Portas Abertas
A nova edição do projeto Justiça do Trabalho de Portas Abertas,
realizada no município, contou com a visita de alunos da escola estadual
José Francisco. Dez alunos da 4ª série do ensino fundamental,
acompanhados da professora Neide Maria Pereira, visitaram as instalações
da unidade e receberam novas informações sobre Direito do Trabalho, além
de ficarem conhecendo também como funciona uma audiência, e quais são os
direitos e deveres dos empregados e patrões.

Segundo ainda Neide Maria, o projeto é de extrema importância para levar
as primeiras noções de direito aos alunos, além das visitas às escolas,
como está previsto na programação desenvolvida pela 1ª Vara do Trabalho
de Ji-Paraná, que receberá os alunos interessados em conhecer mias os
direitos trabalhistas e outros esclarecimentos.

Nos dias 9 e 10 de abril as visitas foram realizadas na 1ª VT e nos dias
11 e 12 estão sendo realizadas na 2ª Vara do Trabalho de Ji-Paraná

Fonte: Abdoral Cardoso

Mais Sobre Municípios

Concessionária lança obras para universalizar o abastecimento de água tratada em Ariquemes

Concessionária lança obras para universalizar o abastecimento de água tratada em Ariquemes

A Águas de Ariquemes trabalha para universalizar o abastecimento de água tratada no município. Isso significa garantir água tratada com qualidade e

Prefeitura de Porto Velho planeja entregar mais de 80 quilômetros de vias pavimentadas neste ano

Prefeitura de Porto Velho planeja entregar mais de 80 quilômetros de vias pavimentadas neste ano

Nos primeiros quatro anos da gestão do prefeito Hildon Chaves foram asfaltados aproximadamente 250 quilômetros de vias da capital. A programação até 2

Ministério do Meio Ambiente em Vilhena: contentores de coleta seletiva mecanizada serão entregues nesta sexta-feira

Ministério do Meio Ambiente em Vilhena: contentores de coleta seletiva mecanizada serão entregues nesta sexta-feira

Nesta sexta-feira, 23 de julho, às 9h30, no estádio municipal Portal da Amazônia, o Ministério do Meio Ambiente entregará oficialmente os 1.500 cont

Porto Velho: furto de materiais da iluminação prejudica população e traz prejuízos aos cofres públicos

Porto Velho: furto de materiais da iluminação prejudica população e traz prejuízos aos cofres públicos

Uma prática criminosa que continua a prejudicar os cofres públicos e a segurança da população é o furto de materiais ligados à iluminação pública. S