Porto Velho (RO) terça-feira, 15 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Ji-Paraná recebe Programa Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS)


 
Na última sexta-feira (10) a Senadora Fátima Cleide, esteve em Ji-Paraná para a assinatura de um convênio com a Prefeitura o Programa  Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS), que utiliza sistema de irrigação por gotejamento em hortas e pomares cultivados com produtos orgânicos. Várias autoridade e representantes de órgãos ligados à agricultura estiveram presentes. Ji-Paraná é responsável por 30 unidades do Programa.

O projeto que já está  em Rondônia, faz parte das unidades familiares de Produção Agrícola Sustentável, uma parceria entre o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Fundação Banco do Brasil, Ministério da Integração Nacional, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Fundação Padre Ezequiel, Secretária Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Ji-Paraná e a Cooperativa dos Produtores Rurais organizados para ajuda Mútua (Coocaram).

O PAI S é  um programa desenvolvido por várias entidades que ajudam famílias agrícolas a produzir hortas e pomares em casa. A família recebe de graça, um Kit com vários equipamentos e sementes para iniciar o cultivo de produtos totalmente orgânicos.

O Kit é  constituído de três canteiros circulares que ocupam uma área de aproximadamente 1.000 m². Por exemplo, 50 metros de cumprimento por 20 de largura. Em cada um dos círculos são instaladas mangueiras que fazem a irrigação por gotejamento, o que garante grande economia de água. No centro do canteiro é instalado um galinheiro com 10 galinhas e um galo, que vão garantir a produção de carnes o ovos. O Kit vem acompanhado ainda de uma bomba sapo, caixa d’água de 5 mil litros, sementes, filtros e telas para cercar o galinheiro. O custo total para a instalação fica em torno de R$ 5 mil, dos quais R$ 3,5 mil são para a aquisição dos equipamentos e R$ 1,5 mil para o deslocamento dos técnicos e agrônomos que irão colaborar para a instalação dos Kits.

Segundo a Senadora Fátima Cleide, com o baixo custo, avaliado em R$ 3,5 mil, o Kit oferecido pelo PAIS tem por objetivo fornecer uma fonte de renda alternativa e alimentos para o consumo próprio de diversas famílias que vivem em assentamentos de reforma agrária, áreas de remanescentes de quilombos e excepcionais até em terras indígenas.  

De acordo o Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente Reinaldo Pereira, depois de ganhar o Kit, a família recebe capacitação de técnicos da Prefeitura ou de movimentos sociais que já foram treinados anteriormente por especialistas da Emater e do Sebrae.  E logo em seguida elas recebem treinamento para montar o Kit, fazer a produção de alimento e comercializar os produtos.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Municípios

Equipes de obras realizam serviços em 11 bairros de Porto Velho

Equipes de obras realizam serviços em 11 bairros de Porto Velho

Equipes de obras da Prefeitura de Porto Velho seguem em ritmo acelerado nesta segunda-feira (14), com serviços estruturantes em 11 bairros. Elas reali

Presidente Alex Redano comemora o início das obras de asfalto do Tchau Poeira em Ariquemes

Presidente Alex Redano comemora o início das obras de asfalto do Tchau Poeira em Ariquemes

Em pleno domingo (13), foram iniciadas as obras de asfaltamento do programa Tchau Poeira, do Governo do Estado, em Ariquemes. O início dos trabalhos