Porto Velho (RO) sábado, 19 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Ji-Paraná recebe Programa Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS)


 
Na última sexta-feira (10) a Senadora Fátima Cleide, esteve em Ji-Paraná para a assinatura de um convênio com a Prefeitura o Programa  Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS), que utiliza sistema de irrigação por gotejamento em hortas e pomares cultivados com produtos orgânicos. Várias autoridade e representantes de órgãos ligados à agricultura estiveram presentes. Ji-Paraná é responsável por 30 unidades do Programa.

O projeto que já está  em Rondônia, faz parte das unidades familiares de Produção Agrícola Sustentável, uma parceria entre o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Fundação Banco do Brasil, Ministério da Integração Nacional, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Fundação Padre Ezequiel, Secretária Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Ji-Paraná e a Cooperativa dos Produtores Rurais organizados para ajuda Mútua (Coocaram).

O PAI S é  um programa desenvolvido por várias entidades que ajudam famílias agrícolas a produzir hortas e pomares em casa. A família recebe de graça, um Kit com vários equipamentos e sementes para iniciar o cultivo de produtos totalmente orgânicos.

O Kit é  constituído de três canteiros circulares que ocupam uma área de aproximadamente 1.000 m². Por exemplo, 50 metros de cumprimento por 20 de largura. Em cada um dos círculos são instaladas mangueiras que fazem a irrigação por gotejamento, o que garante grande economia de água. No centro do canteiro é instalado um galinheiro com 10 galinhas e um galo, que vão garantir a produção de carnes o ovos. O Kit vem acompanhado ainda de uma bomba sapo, caixa d’água de 5 mil litros, sementes, filtros e telas para cercar o galinheiro. O custo total para a instalação fica em torno de R$ 5 mil, dos quais R$ 3,5 mil são para a aquisição dos equipamentos e R$ 1,5 mil para o deslocamento dos técnicos e agrônomos que irão colaborar para a instalação dos Kits.

Segundo a Senadora Fátima Cleide, com o baixo custo, avaliado em R$ 3,5 mil, o Kit oferecido pelo PAIS tem por objetivo fornecer uma fonte de renda alternativa e alimentos para o consumo próprio de diversas famílias que vivem em assentamentos de reforma agrária, áreas de remanescentes de quilombos e excepcionais até em terras indígenas.  

De acordo o Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente Reinaldo Pereira, depois de ganhar o Kit, a família recebe capacitação de técnicos da Prefeitura ou de movimentos sociais que já foram treinados anteriormente por especialistas da Emater e do Sebrae.  E logo em seguida elas recebem treinamento para montar o Kit, fazer a produção de alimento e comercializar os produtos.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce