Porto Velho (RO) quinta-feira, 1 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

JI-PARANÁ: Festival Só Curta- Estadual de Curta-Metragem encerra com sucesso



Fechou com chave de ouro o “Festival Só Curta- Estadual de Curta-Metragem”, que aconteceu em Ji-Paraná nos últimos dias 22, 23 e 24. De acordo com o organizador do evento, professor Carlos Reis, diretor do departamento de artes cênicas da Fundação Cultural, o que mais surpreendeu nesta segunda edição do festival foi a excelente qualidade dos trabalhos apresentados. 

Participaram do evento, que aconteceu no Cine Colúmbia, 36 trabalhos, sendo 12 de ficção, um de animação, um experimental e 22 documentários. Foram realizadas duas sessões diárias, às 15 horas e 19h30. 

“As sessões foram muito bem freqüentadas, estamos felizes com o resultado do festival, principalmente em relação à qualidade dos trabalhos. Outro ponto interessante e que nos rendeu resultado bem positivo foi quanto ao valor do ingresso. Fizemos a experiência de colocar os ingressos à venda ao valor de uma moeda, para que assim fosse mantida toda a magia do cinema. Algumas pessoas se surpreendiam, às vezes não tinham uma moeda mas mesmo assim faziam questão em conseguir e comprar o ingresso”, comentou Carlos. 

No início do próximo ano, entre os meses de fevereiro e março, Carlos Reis estará organizando uma mostra “Os Curtas”, que reunirá os trabalhos que participaram das duas edições do “Festival Só Curta”, e serão exibidos no mês de abril. Segundo Carlos, essa mostra deverá ser apresentada em várias cidades rondonienses, além de Ji-Paraná. 

A terceira edição do “Festival Só Curta”, acontecerá na primeira quinzena do mês de outubro de 2010. 

Segue lista dos vencedores: 

Melhor ficção do Estado, melhor roteiro, ator e direção- “O Curioso Matuto”, de Jair Rangel de Souza, Porto Velho;
Melhor edição e fotografia- “Por dentro de um acidente”, de Edimar Oliveira, Cacoal;
Melhor curta de ficção de Ji-Paraná- “A casa da floresta”, de Diógenes Reis;
Melhor atriz- Fabiana Gravena, com o curta “os bonecos de jipa”.
Melhor documentário do Estado, melhor direção, edição e pesquisa- “Animus”, de Fernando Caettano;
Prêmio do júri- “O que há por trás”, de Andréia Machado, Vilhena;
Melhor documentário de Ji-Paraná- “João Congo”, de Patrícia Góes
.

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç