Porto Velho (RO) sexta-feira, 7 de maio de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Jesualdo considera abusivo reajuste aplicado pela Caerd na conta de água


De posse dos dados encaminhados a ele pela diretoria da empresa, o deputado Jesualdo Pires [PSB-Ji-Paraná], primeiro secretário da Assembléia Legislativa, em discurso da tribuna do Parlamento Estadual na tarde de terça-feira [25], considerou abusivo, numa primeira análise, o reajuste adotado pela Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia [Caerd] nas taxas de consumo de água para a população rondoniense. No entanto, disse que ainda vai fazer uma análise mais aprofundada das informações que chegaram às suas mãos para esclarecer em definitivo a questão. E, de forma incisiva, posicionou-se contrário a idéia da privatização ou municipalização da Companhia, conforme desejam alguns municípios.

Há dias, o deputado requereu as informações à presidência da Caerd. Cobrou esclarecimentos sobre os últimos reajustes que a empresa aplicou nas contas de água e qual o índice de inflação que foi adotado e baseado em quais critérios, já que a imprensa havia divulgado que, nos últimos cinco anos, o aumento chegou a casa dos 255,89%, penalizando sobremaneira o consumidor. "Agradeço a atenção da Caerd por haver atendido a minha solicitação. São muitos dados, mas da maneira como foram colocados aqui nessa planinha, numa prévia análise, entendo que houve cobrança abusiva e ilegal da taxa do fornecimento de água, já que não foi observada e cumprida a legislação [lei 1145, de janeiro de 2007, em seu artigo 38, parágrafo 1°] em vigor de que determina a realização de prévias audiências pública para se discutir a majoração dos valores das taxas que tratam dos direitos do saneamento básico no país".

Na ocasião, o deputado Miguel Sena [PV-Guajará-Mirim] solicitou para que a Assembléia Legislativa convocasse os técnicos e membros da diretoria da Caerd para esclarecer melhor os índices adotados. "Acredito que os técnicos demonstrarão, com clareza, a metodologia e os índices adotados. A questão é polêmica e, no meu entendimento, merece ser esclarecida dessa maneira aqui na Assembléia para não ficar dúvidas". Jesualdo Pires leu os comparativos [preços adotados em outros Estados em relação aos de Rondônia] contidos na planilha que fora encaminha a ele pela direção da Caerd e falou que "da maneira com estão colocados aqui os últimos aumentos, só posso entender que houve majoração abusiva e irregular, já que o salário-mínimo passou de R$ 200,00 para R$ 380,00, obtendo porcentual de 90%, e que o índice INPC, medido pela Fundação Getúlio Vargas, chegou a 48,36% nos últimos cinco anos".

Privatização

Por outro lado, o deputado Jesualdo Pires posicionou-se contrário a idéia que já está tomando corpo em alguns municípios de Rondônia no sentido de privatizar ou municipalizar os serviços de fornecimento de água. "Sou contra a privatização. O que acontece é que os municípios só querem o lado bom da Caerd". Falando como ex-presidente da empresa, o deputado Miguel Sena disse que "a Caerd presta um serviço social à população. O certo é que os municípios que querem pegá-la é onde ela está dando lucro. Ninguém quer ficar com o prejuízo". Já o deputado Valter Araújo criticou a atuação da Caerd nos últimos dez anos, desafiando para que lhe mostrasse qual o investimento feito pela empresa nesse período. "Os municípios têm feito investimento em favor da empresa. Depois a Caerd se nega a fazer encontro de contas. A mesma coisa acontece com a Ceron". Miguel Sena assegurou, no entanto, que quando presidente da empresa investiu e construiu vários quilômetros de rede para o abastecimento de água nos municípios de Porto Velho, Jaru e Guajará-Mirim.

Fonte: Carlos Neves - Decom
 

Mais Sobre Municípios

Iniciada as ações de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Rolim  de Moura

Iniciada as ações de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Rolim de Moura

A Secretária Municipal de Assistência Social de Rolim de Moura (RO) Sandra Miranda, informou que as ações para chamar atenção da sociedade rolimoure

ACR reivindica aumento do número de ônibus em Porto Velho

ACR reivindica aumento do número de ônibus em Porto Velho

A mais antiga e prestigiada associação comercial de nosso estado, a Associação Comercial de Rondônia-ACR, fundada em 30 de setembro de 1928, sob o n

Servidores da saúde de Porto Velho avaliam importância da rotina de dedicação

Servidores da saúde de Porto Velho avaliam importância da rotina de dedicação

O Dia do Trabalhador esse ano é diferente para muitos dos servidores do município de Porto Velho. A pandemia da Covid-19 mudou a rotina para quem atua

Internações por Covid-19 diminuem mais de 60% no Hospital Municipal de Ji Paraná

Internações por Covid-19 diminuem mais de 60% no Hospital Municipal de Ji Paraná

Nos últimos dias, o Hospital Municipal Dr. Claudionor Couto Roriz registrou uma queda de aproximadamente 60% no número de pacientes internados em tr