Porto Velho (RO) terça-feira, 29 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Itapuã e Ariquemes conhecem melhorias com obras da nova BR-364



O Departamento Nacional de Infra-Estrutura e Transportes (DNIT) iniciou nesta quarta-feira (10) a apresentação do projeto Crema 2ª Etapa correspondente a reforma e manutenção da BR-364 de Vilhena a Candeias do Jamary. As primeiras cidades contempladas com a apresentação foram Itapuã D’Oeste e Ariquemes. Nestas localidades o diretor de Planejamento e Pesquisa do DNIT, Miguel de Souza, na companhia do superintende do órgão, José Ribamar da Cruz Oliveira, e técnicos do órgão detalharam aos prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, presidentes de Câmaras de Vereadores, e representantes da sociedade organizada as principais configurações da rodovia.

Em função da importância econômico-social para o estado de Rondônia, a representatividade das entidades e políticos foi grande nos dois municípios. No município de Itapuã, além de mostrar toda a recuperação dos 700km, como a correção de traçados nas curvas, inclusão de terceira faixa, acostamentos e interseções para acesso aos municípios fora do eixo da rodovia, o diretor do DPP/DNIT, Miguel de Souza, teve a satisfação de mostrar a comunidade que o Crema vai levar um grande benefício aquele município: o alargamento da pista com a inclusão de canteiros centrais, retorno e a pavimentação das vias laterais.

“Essa é uma reivindicação do prefeito João Adalberto Testa e nós agora estamos dando este presente para a sociedade de Itapuã. Com a urbanização quem ganha são os comerciantes e município pois a cidade ficará com um visual melhor e poderá incrementar o turismo em função das belezas naturais que possui”, salientou Miguel de Souza.

Miguel de Souza e Emanuel Boges, chefe de Engenha do DNIT RO, ainda tiraram dúvidas da comunidade de Itapuã quanto às questões de construções irregulares ao longo da BR-364, orientando o público a procurar o DNIT em Porto Velho para saber qual a área que podem fazer suas benfeitorias principalmente em função das obras constantes do projeto. “Aqueles empresários que tiverem construído em área de domínio do DNIT, receberão indenização correspondente ao empreendimento, conforme previsto em Lei. Mas pelo projeto apresentado podemos ver que poucos estão no limite das marginais e certamente não teremos problemas em resolver estas questões”, explicou Miguel.

Quanto ao início das obras, Miguel salientou nos dois municípios que cumprindo o que determina a Lei 8.666/93, o DNIT realizou audiência pública em Porto Velho no dia 12 de fevereiro e a partir desta data, o órgão deu início a elaboração do Edital. A previsão é que até o mês de abril, as propostas já tenham sido abertas e conhecidas as empresas vencedoras dos quatro lotes de recuperação da rodovia. “Possivelmente no mês de agosto, as empresas já estejam dando início às obras”.

As reuniões continuam nesta quinta-feira e sexta feiras nas Câmaras Legislativas nos municípios de Jaru, Ouro Preto D’Oste e Ji-Paraná. Em parceria com o DNIT, as prefeituras locais comprometeram-se a convidar os representantes de entidades organizadas, vereadores, empresários e imprensa local, “desta forma a informação poderá ser disseminada ao maior número de cidadãos e a comunidade tem ainda a oportunidade de conhecer plenamente as ações do órgão na busca por melhorias pela segurança e trafegabilidade da rodovia”, explicou o superintendente do DNIT em Rondônia, José Ribamar da Cruz Oliveira.

Para os prefeitos, vereadores e entidades representativas dos municípios de Presidente Médici, Cacoal, Pimenta Bueno, Vilhena e demais municípios fora do eixo da BR a reunião acontece na sede da Associação Vilhenense de Educação e Cultura – Avec no dia 12 durante o Fórum Pró-Rondônia organizado pela Fiero, a partir das 19h.

Fonte: Eficaz Comunicação

Mais Sobre Municípios

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

Semana do Trânsito: Comitê encerra atividades comemorativas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), coordenadora do Comitê Municipal de Segurança Viária, realizou na última sexta-feira (25) o encerramento d

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç