Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Inicio das no Aeroporto de Ji-Paraná previsto para este ano


 
As obras de melhoria e adequação do aeroporto José Coleto, em Ji-Paraná, devem ser iniciadas ainda neste ano, com previsão de término para 2010. A afirmação partiu do diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), engenheiro Jacques Albagli, durante reunião na noite da última sexta-feira na sede da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná. O valor total da obra gira em torno de R$ 30 milhões, dos quais R$ 15 milhões foram assegurados pelo deputado federal Anselmo de Jesus, por meio de emenda de bancada.

A reunião ocorreu por iniciativa da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná (Acijip), onde foram convidados o DER, executor do projeto; o deputado federal Anselmo de Jesus; o prefeito José de Abreu Bianco; o deputado estadual Jesualdo Pires; a Fundação Ji-cred, administradora do aeroporto; o Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), além de representantes da Maçonaria, da OAB e empresários em geral. O objetivo do encontro era para que Departamento fizesse explanações sobre o projeto à população jiparanaense.

Além da recuperação e ampliação da pista de pouso e decolagem, consta no projeto de adequação uma maior unidade de combate a incêndio, um terminal climatizado com esteira para bagagem e sistema de segurança com câmeras. A pista terá extensão de aproximadamente 2.200 metros por 45 de largura, onde poderá receber vôos de grande porte. Atualmente a pista tem 1.800 metros de extensão.  O diretor do DER afirmou que a obra do  aeroporto José Coleto faz parte do Plano Aeroviário do Estado e é uma prioridade do governador Ivo Cassol. “Por determinação do governador eu deixei alguns projetos de lado para dar atenção especial a este aeroporto”, disse Albagli.

O projeto executivo do José Coleto, conforme o engenheiro, foi  licitado e deverá receber a ordem de serviço no prazo de 15 dias. A concepção foi protocolada na Sétima Gerência do Comando Regional Aéreo (Comar).  O passo seguinte após a assinatura da  ordem de serviço será  buscar firmar convênio com o Ministério da Defesa/Agência Nacional de Aviação Civil.

Durante a reunião, Albagli citou os problemas enfrentados na obra do aeroporto de Cacoal e destacou que a bancada federal já precisa pensar em mais recursos para os próximos anos, vez que os R$15 milhões conseguidos pelo deputado Anselmo de Jesus não são suficientes para a conclusão da obra.  “Se não tivermos problemas de convênio e nem de falta de recursos, o serviço será finalizado em 2010”, acrescentou o engenheiro, lembrando que durante o inverno amazônico as empreiteiras cessam os serviços.  O deputado Anselmo garantiu que toda bancada federal de Rondônia estará empenhada em trazer mais recursos para o aeroporto.

Fonte: Decom

Mais Sobre Municípios

Inscrições em conferência sobre urbanização e envelhecimento saudável seguem abertas até sábado

Inscrições em conferência sobre urbanização e envelhecimento saudável seguem abertas até sábado

A Conferência Livre PVH50+, promovida por iniciativa do Centro de Estudos e Pesquisas de Direito e Justiça, selecionada pelo Ministério do Desenvolvi

Sine Municipal de Porto Velho realiza cadastro de jovens na Associação Luz do Alvorecer

Sine Municipal de Porto Velho realiza cadastro de jovens na Associação Luz do Alvorecer

Com o propósito de fazer o cadastro de jovens aprendizes para encaminhá-los ao primeiro emprego por meio da Intermediação de Mão de Obra (IMO), equipe

Empenhado: Buritis recebe R$ 800 mil para iluminação em LED, ciclofaixa e fabricação de bloquetes

Empenhado: Buritis recebe R$ 800 mil para iluminação em LED, ciclofaixa e fabricação de bloquetes

O presidente Alex Redano (Republicanos) confirmou a destinação de R$ 800 mil em recursos para Buritis, assegurados através de seu mandato junto ao G

População se revolta e coloca fogo em ponte de madeira de União Bandeirantes

População se revolta e coloca fogo em ponte de madeira de União Bandeirantes

Uma ponte de madeira que permitia a travessia no distrito de União Bandeirantes o rio, foi parcialmente reduzida a cinzas, na madrugada desta segund