Porto Velho (RO) terça-feira, 15 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Índigenas fazem manifestação por melhoria no ensino


Indígenas de várias aldeias da região de Guajará-Mirim, na manhã de segunda-feira 25, fizeram uma manifestação pacífica em frente ao prédio da Representação de Ensino/SEDUC. No manifesto mostraram faixas e cartazes com palavras de ordem. Após algumas horas de protestos formou-se uma comissão composta de silvícolas das aldeias envolvida nas reivindicações e se reuniu com o diretor do NOE/GM, professor Miguel Edson Hurtado Oreaya.

Os manifestantes indígenas entregaram uma lista de reivindicações ao representante de ensino estadual na cidade. Uma delas é a renomeação de André Jabuti para a coordenação de educação escolar indígena. Ficou acordado entre as partes que o mesmo será levado novamente ao cargo.

Prestação de contas das APP's foi outra reivindicação. Segundo o professor Miguel, ela já vêm sendo feita há um bom tempo e são levadas ao conhecimento de todos quando os servidores da Secretaria Estadual de Ensino fazem as visitas de rotinas nas aldeias. As aulas do ensino médio que ainda não tiveram início nas aldeias, Hurtado relatou que, a situação vai ser resolvida o mais breve possível e que as aldeias serão informadas de todo o desenrolar.

Toda a movimentação dos povos indígenas foi acompanhada pela Polícia Federal que se manteve atenta.

Fonte: Edson Almeida
Foto: João Teixeira

Mais Sobre Municípios

Equipes de obras realizam serviços em 11 bairros de Porto Velho

Equipes de obras realizam serviços em 11 bairros de Porto Velho

Equipes de obras da Prefeitura de Porto Velho seguem em ritmo acelerado nesta segunda-feira (14), com serviços estruturantes em 11 bairros. Elas reali

Presidente Alex Redano comemora o início das obras de asfalto do Tchau Poeira em Ariquemes

Presidente Alex Redano comemora o início das obras de asfalto do Tchau Poeira em Ariquemes

Em pleno domingo (13), foram iniciadas as obras de asfaltamento do programa Tchau Poeira, do Governo do Estado, em Ariquemes. O início dos trabalhos