Porto Velho (RO) terça-feira, 25 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Ícone de Porto Velho, Caixa D’Água pode vir ao chão

Um dos cartões postais da Capital rondoniense, as Três Marias, estão ameaçadas de ruir caso não sejam reparadas


Ícone de Porto Velho, Caixa D’Água pode vir ao chão - Gente de Opinião

O vereador Professor Aleks Palitot, esteve na manhã desta terça-feira (29), na 16ª e 17ª Promotoria de Habitação e Urbanismo, onde conversou com o Titular, Dr. Jesualdo Leiva de Faria, para solicitar providência para a base da estrutura da Caixa D’Água que está se deteriorando.

 

Construída à época da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, o monumento, composto por três estruturas é um dos ícones da cidade, além de Patrimônio Histórico/Cultural de Porto Velho, mas a falta de manutenção, um antigo problema, parece não incomodar o poder público.

 

Em fevereiro de 2017, o professor Aleks Palitot já havia protocolado através do Pedido de Providência 249/CMPV-2017, a solicitação ao Secretário Municipal de Desenvolvimento Socioeconômico e Turismo (Semdestur), à época, Júlio Cesar Siqueira, para a realização do serviço de reparo e manutenção das Caixas D’água, localizados na Avenida Carlos Gomes com Rogério Weber, no tradicional bairro do Caiari.

 

Perícia

 

Naquele ano um laudo emitido pelo Conselho Regional de Arquitetura e Urbanismo (CAU), que alertou para o problema nas bases estruturais, principalmente do monumento de 1910, o mais antigo, por estar em piores condições. O laudo atestava que a ferrugem corroeu o metal e poderia causar um sério acidente resultando na queda da armação.

 

Segundo o vereador Professor Aleks Palitot, “é necessário valorizar a nossa história, nossa cultura e raiz, só assim uma população pode se reconhecer. É a identidade de nosso povo e devemos enaltece-la, por isso não podemos permitir que este patrimônio corra qualquer tipo de risco”, explica o edil.

 

Descaso

 

Em outubro de 2018 a Defesa Civil interditou a área pelo risco oferecido à população em razão da deterioração causada pela ação do tempo. A ordem partiu do Ministério Público do Estado após nova denúncia e laudo de vistoria.

 

O caso havia sido informado ainda ao Corpo de Bombeiros Militares e ao Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (IPHAN) e, após medidas legais, a Prefeitura se comprometeu com as obras de recuperação. Porém até o momento a base continua na mesma situação.

 

Para Palitot “a consciência de preservação e valorização do patrimônio histórico é algo que pode ser adotado pelos cidadãos. Pichações, depredações e outras formas de vandalismos que se tornaram comuns em Porto Velho, não devem ser adotadas como normais e devem ser rechaçados. O local vem sendo usado como banheiro, algo que contribuiu para a sua deterioração, e somente através da adoção de práticas civilizadas é que poderemos dar o devido valor que nossa história merece”, alerta o vereador.

Ícone de Porto Velho, Caixa D’Água pode vir ao chão - Gente de Opinião
Ícone de Porto Velho, Caixa D’Água pode vir ao chão - Gente de Opinião
Ícone de Porto Velho, Caixa D’Água pode vir ao chão - Gente de Opinião

Mais Sobre Municípios

Por mais um ano, criançada se divertiu no Curumim Folia em Porto Velho

Por mais um ano, criançada se divertiu no Curumim Folia em Porto Velho

A criançada pode curtir neste domingo (24), junto com a família, uma tarde com muita diversão, folia e música no Curumim Folia, que aconteceu no Merca

Prefeitura de Porto Velho nomeia candidatos aprovados no concurso da Semed

Prefeitura de Porto Velho nomeia candidatos aprovados no concurso da Semed

A Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Administração (Semad) vai nomear em caráter efetivo os candidatos classificados no co

Centro de Convivência realiza carnaval para mais de 300 idosos em Porto Velho

Centro de Convivência realiza carnaval para mais de 300 idosos em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho promoveu festa de carnaval no Centro de Convivência do Idoso, nessa sexta-feira (21), por meio da Secretaria Municipal de

Parceria entre Semas e Igreja Metodista Wesleyana garantirá atividades esportivas para jovens do Beira Rio em Rolim de Moura

Parceria entre Semas e Igreja Metodista Wesleyana garantirá atividades esportivas para jovens do Beira Rio em Rolim de Moura

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), juntamente com o Departamento de Esporte e Lazer da Igreja Metodista Wesleyana Central, do Bai