Porto Velho (RO) sábado, 26 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Guajará e Ouro Preto ganham primeiras hortas orgânicas


 
Começam a funcionar esta semana em Guajará-Mirim e Ouro Preto do Oeste as quatro estufas onde serão cultivadas as primeiras hortas orgânicas do projeto Hortas Pedagógicas, uma iniciativa da Secretaria de Estado da Agricultura, Produção e do Desenvolvimento Econômico e Social (Seapes), em parceria com a Emater e a Embrapa/RO, que busca ensinar como obter verduras e legumes de qualidade, livres de pesticidas e produzidos sem adubos químicos.

Nos 600 metros quadrados cobertos pelas quatro estufas, duas em cada município, os técnicos da Seapes irão trabalhar com jovens carentes e agricultores que já trabalham com hortaliças pelos métodos tradicionais. Em Guajará-Mirim, serão beneficiados 40 jovens que pertencem ao Centro Social Despertar e 20 famílias de horticultores, mesmo número de participantes das atividades no Centro de Treinamento da Emater (Center) em Ouro Preto do Oeste. Todos foram selecionados pelos extensionistas dos escritórios locais da Emater/RO.

Nesta primeira etapa, serão ensinadas técnicas de como preparar adubos orgânicos e biofertilizantes, como é o caso do adubo foliar, aplicado sobre ramos e folhas, além do preparo de inseticidas e fungicidas naturais, plantio de adubos verdes (puerária, feijão-de-porco, feijão-guandu, crotalária), todos elementos que melhoram o solo, a textura, a estrutura e ajudam a fixar o nitrogênio no solo, como é o caso do preparo do “bokashi”, inoculante de microorganismos oriundo do Japão, altamente eficaz para a fermentação de matéria orgânica.

Na seqüência, as aulas irão incluir técnicas de produção de mudas, preparo de canteiros, irrigação por gotejamento ou aspersão, plantio e transplantio, condução, controle fitossanitário e de plantas invasoras e, na última etapa, serão englobados os aspectos relativos ao cálculo dos custos de produção, colheita e pós-colheita, processamento (armazenamento, embalagem) e comercialização, inclusive a certificação nacional de produtor orgânico, emitida pelo Ministério da Agricultura.

As cerca de 400 famílias de horticultores de todo o estado que vão participar do projeto Hortas Orgânicas serão orientadas pelo técnico José Orestes Merola, da Embrapa/RO, e pelas agrônomas Solange da Costa Dantas e Luciany Marques, dos quadros da Seapes.
 
Fonte: DECOM

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam