Porto Velho (RO) sábado, 19 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Governo participa da FICOP e apóia setor produtivo



O governador Confúcio Moura despachou na manhã do último sábado (9) no município de Pimenta Bueno, localizado a 500 km de Porto Velho. Aproveitando a participação do governo na I Feira Industrial e Comercial deste município, Moura recebeu diversas entidades do setor produtivo no escritório montado no estande do governo.

Além da participação na feira, o governo anunciou a liberação de quase 630 mil reais que beneficiarão 350 famílias através da Operação Arco Verde. A Arco Verde é uma ação do governo federal realizada em 36 municípios de 4 estados da Amazônia Legal (Pará, Mato Grosso, Rondônia e Amazonas) e tem como principal objetivo a discussão de um novo modelo produtivo para a região, na busca de sustentabilidade ambiental e econômica, proibindo o desmatamento nestes estados.

O governo entregou também 50 cheques de créditos liberados pelo Banco do Povo, a maioria financiamento para empreendedores do pólo de confecções.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico e Social (Sedes) Édson Vicente anunciou a inauguração de uma agência do Banco do Povo em Pimenta Bueno no dia 20 de agosto, o início de um projeto de limpeza e encascalhamento de ruas, e mencionou o apoio financeiro e logístico do governo à feira.

Fizeram parte do estande do Governo de Rondônia as secretarias do Meio Ambiente, Planejamento, Agricultura e Desenvolvimento Econômico e Social, além da Superintendência de Turismo, Emater e Idaron.


Setor produtivo

Durante a manhã Confúcio Moura recebeu diversos representantes do setor produtivo.

Em audiência com Jacob Almeida, consultor do projeto Pirarucu do Sebrae/RO, Moura prometeu apoio do governo para a política de desenvolvimento da criação de pirarucu no estado.

Representantes de uma usina de álcool e açúcar solicitaram a abertura de estrada na região do município de Santa Luzia. O governador solicitou um projeto para colocar no mapa de compromissos do DER e disse que na próxima semana dará uma resposta ao grupo.

Representantes do polo de confecções, um dos mais expressivos do município, solicitou ao governo a reativação do incentivo tributário para as empresas do setor.

O governador se comprometeu em verificar a legalidade junto ao Tribunal de Contas do Estado para criar um incentivo tributário para todo o pólo de confecções e sugeriu o agendamento de um encontro entre o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Banco da Amazônia, governo do estado e empresários do setor para verificar a situação dos financiamentos também.

Representantes da associação moveleira solicitaram isenção tributária (ICMS) e propuseram ao Estado a compra de parte dos móveis e ouviram do governador que o Estado “quer valorizar o setor”. Confúcio disse que fará uma consulta ao Tribunal de Contas sobre a possibilidade de comprar produtos dos polos moveleiros do estado.

Confúcio Moura recebeu também o presidente do Sindcer (Sindicato Ceramista do Estado de Rondônia), Osvaldo Duarte Rosalino. A demanda do setor é para a legalização da categoria e crédito.
Na abertura da FICOP Moura citou o discurso proferido por ocasião da visita da presidente Dilma Rousseff a Rondônia, no qual enumerou as potencialidades do Estado: “Pimenta Bueno tem pressa. Se o governo não atrapalhar já é um grande feio. Mas nós apoiaremos firmemente o desenvolvimento não só de Pimenta Bueno, mas de toda o Estado”.

 

Sobre a Ficop

A feira é uma promoção da Associação Comercial e Industrial de Pimenta Bueno (ACIP) e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) vão realizar a 1ª Feira Industrial e Comercial de Pimenta Bueno (FICOP), que acontece nos dias 8 e 9 de julho na Praça dos Pioneiros.

De acordo com informações do presidente da ACIP, Edmar Cosmo da Silva, o evento reuniu mais de 60 expositores de Rondônia e de outros Estados.

A 1ª edição da Ficop será aberta às 14 horas do dia 8, com a presença de várias autoridades locais e estaduais. A partir daí, a feira estará aberta com exposição e venda de produtos como telhas, tijolos, cerâmica, vestuários, moda verão, marcas e grifes, artesanatos em argila, madeira e elementos da terra, banca do agronegócio, estande de atendimento financeiro com várias instituições do setor, exposição e comercialização de veículos, dentre outros.

Fonte: Decom
 

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor  Renê

Prefeitura de Rolim de Moura: Nota de pesar Doutor Renê

É com profunda tristeza que a prefeitura de Rolim de Moura (RO) comunica o falecimento do médico Renê Alfredo Delgadillo Salgueiro, vítima da COVID-

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

Doações do Imposto de Renda beneficia entidades sociais de Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolesce