Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Governador inaugura agência do Banco do Povo em Cacoal


Antes mesmo da abertura oficial, o Banco do Povo já liberou, nos últimos dois meses, valores próximos de meio milhão de reais para microempreendedores de Cacoal. Esse é o resultado da forte procura por crédito barato e sem burocracia, que é uma das marcas do programa do Governo do Estado.

“Já foram liberados, antecipadamente, R$ 464 mil para 81 empreendedores do município”, explica o presidente da instituição, Manoel Serra. “Durante a inauguração, na sexta-feira, serão entregues pelo governador Confúcio Moura um total de onze cheques para viabilizar projetos financiados pelo Banco do Povo em Cacoal”.

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Social (Sedes), Edson Vicente, os projetos de microempreendedorismo viabilizados pelo Banco do Povo de Rondônia significam geração de empregos e aumento da renda para milhares de famílias rondonienses, com valores relativamente baixos.

“O Banco do Povo é um programa concebido pelo governador Confúcio Moura e vem sendo executado com grande sucesso nos municípios de todo o Estado”, diz Vicente. “Viabilizar pequenos negócios com empréstimos a juros baixos é uma das vocações do Banco do Povo de Rondônia”, explica Vicente.

Funcionamento

O Banco do Povo começou a funcionar há cerca de um ano e meio. Neste período, já foram formalizados mais de nove mil contratos, relacionados a projetos geradores de empregos e renda, que ajudam microempreendedores, formais e informais, a obterem sucesso e expandirem os seus negócios.

“O objetivo é desenvolver o empreendedorismo a partir de pequenos negócios informais – o salão de beleza, o carrinho de pipoca, o pequeno produtor de leite”, diz o presidente do Banco do Povo (Acrecid), Manoel Serra. Os valores para empréstimos variam de R$ 300 até R$ 10 mil e as taxas de juros são menores que a média de mercado. Além disso, a burocracia é simples, atendendo uma faixa da população que normalmente não tem acesso a linhas de crédito dos bancos tradicionais.

Com um investimento acumulado de mais de R$ 11,360 milhões, o Banco do Povo distribui recursos a juros baixos, garantindo a compra de equipamentos e o capital de giro necessários para ampliar milhares de pequenos negócios, com segurança e solidez. Entre os setores que formalizam maior número de contratos, estão os prestadores de serviços (27,98%), comércio (25,57%), produção (24,51%) e agricultura (21,95%).

Fonte: Decom

 

Mais Sobre Municípios

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Semusa promove ações de valorização da vida para profissionais de saúde

Setembro é o mês de intensificação das ações de prevenção ao suicídio através da campanha Setembro Amarelo. Em um ano de pandemia, com o isolamento