Porto Velho (RO) sexta-feira, 25 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Força Tática prende elementos armados em Jaru



Policiais Militares lotados na 1ª Companhia Independente de Policiamento Ostensivo no Município de Jaru, prenderam na manhã de sexta-feira, por volta das 11h45, na Avenida Florianópolis, nº 3355, Centro, em Jaru, Claudiney Gabriel Conceição, vulgo Catitu (25) anos e Elder Felisberto Teixeira (24) anos, acusados pelo crime de Porte Ilegal de Arma de Fogo e Munições e Fernando Ferreira (27) anos, comparsa dos elementos.


Conforme consta no Boletim de Ocorrência Policial, a guarnição de serviço da Força Tática, comandada pelo PM Elieser, auxiliado pelos policiais militares Fabrício, Guimarães e André, estava em patrulhamento de rotina na área bancária quando avistaram dois elementos suspeitos próximos a agência da Caixa Econômica Federal.

Ao realizarem patrulhamento próximo ao banco Bradesco se depararam novamente com os mesmos elementos, quando retornaram para fazer a abordagem encontraram um policial Civil que também havia suspeitado dos elementos.


Na abordagem encontraram com Claudiney um revólver calibre 38, com cinco munições intactas e com Elder um revólver calibre 38, também com cinco munições intactas. Os elementos estavam de posse de uma motocicleta CG Titan 150 de cor azul, placa NDE-6420 - Ariquemes.


 

Outro

 

No momento da prisão os policiais souberam que havia mais um elemento envolvido que se encontrava no interior do Banco Bradesco. Os policiais deslocaram até o local onde encontraram Fernando Ferreira. Este também estava de posse de uma motocicleta CG Titan 125 Fan de cor cinza, placa NDW-1063 – Ariquemes.


Diante dos fatos os infratores receberam voz de prisão e após terem sido submetidos a exame de corpo de delito no hospital municipal, foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil do Município de Jaru, onde foram flagranteados pelo crime de Porte Ilegal de Arma de Fogo e Munições. 


Os três elementos estavam cumprindo Albergue no Município de Ariquemes, sendo que Claudinei Gabriel Conceição, vulgo Catitu, cumpria pena por homicídio, Elder Felisberto Teixeira cumpria pena por roubo e Fernando Ferreira também cumpria pena por roubo.

 


Saída de Banco

 

Claudinei confessou aos policiais que  estavam no município de Jaru para fazer um assalto conhecido com "Saída de banco". A tática era que  Fernando ficava no interior dos estabelecimentos bancários observando quem sacava uma boa quantia em dinheiro e passava as informações para Claudinei e Elder, que ficavam esperando do lado de fora do banco, onde seguiam a vítima e na melhor oportunidade realizavam o assalto.

 

Fonte:  Lenilson Guedes

Mais Sobre Municípios

Nove bairros de Porto Velho recebem obras de infraestrutura nesta quinta-feira

Nove bairros de Porto Velho recebem obras de infraestrutura nesta quinta-feira

Todos os dias, equipes de obras da Prefeitura de Porto Velho atuam no cumprimento das metas do projeto de urbanização da capital. O planejamento é fei

Saneamento avança em Ariquemes: empresa de saneamento conclui a primeira etapa de construção do novo reservatório de água tratada

Saneamento avança em Ariquemes: empresa de saneamento conclui a primeira etapa de construção do novo reservatório de água tratada

Garantir água com qualidade e regularidade é um dos principais objetivos da Águas de Ariquemes, atualmente, na área urbana do município mais de 93%

Professora da rede pública municipal de Ariquemes vence concurso nacional do projeto "Caminho das Águas"

Professora da rede pública municipal de Ariquemes vence concurso nacional do projeto "Caminho das Águas"

Com o filme "Todos Pela Água", a professora Gilvany Santos Batista da Escola Municipal Jorge Luiz Moulaz, em Ariquemes, foi a vencedora no concurso

Vilhena: Pago recurso destinado por Mariana Carvalho para compra de caminhão-pipa

Vilhena: Pago recurso destinado por Mariana Carvalho para compra de caminhão-pipa

A parceria entre a Deputada Federal Mariana Carvalho e o ex-Vereador Rafael Maziero segue gerando resultados positivos para Vilhena. Desta vez, a Pr