Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Municípios

Festas marcam inauguração do asfalto da RO-133



Três grandes festas em Vale do Anari, 5º BEC e Machadinho D’Oeste na manhã deste sábado (05-12) marcaram a inauguração do asfalto da RO-133, 62 quilômetros interligando os municípios de Vale do Anari a Machadinho do Oeste, um antigo sonho dos moradores daquela região, o que foi confirmado pelas inúmeras manifestações da população, com faixas e aplausos ao longo da rodovia. 

Às 9h30 o governador Ivo Cassol, acompanhado do vice-governador João Cahulla, dos deputados estaduais Neodi Carlos e Tiziu Jidalias, prefeitos, secretários de estado, vereadores e convidados participaram da solenidade de assinatura de R$ 1.780.000,00 em convênios com o município e entrega de kits esportivos, evento que aconteceu na Câmara de Vereadores de Vale do Anari. 

O prefeito Edimilsom (Nego) Maturana agradeceu em nome da população pelos convênios recebidos: R$ 703.000,00 para a recuperação de estradas vicinais para escoar a produção agrícola, R$ 432.000,00 para a construção de uma escola na Zona Rural, R$ 90.000,00 para reforma de uma escola no município de Theobroma, R$ 100.000,00 para a compra de um caminhão para transporte de produtos agrícolas, entre outros. 

Em seguida, o governador e comitiva descerraram a placa na que marca o início do trecho inaugurado, na saída do município, onde centenas de moradores agradeceram pela realização da obra. A pioneira Perina Maria Bôeres, de 92 anos, estava emocionada, dizendo que fez questão de sair de casa para cumprimentar Cassol e Cahulla, pois há mais de 40 anos esperava pelo asfalto que agora é realidade. “Muito obrigado senhor governador, que Deus lhe abençoe”, disse.

Asfalto inaugurado: em meia hora o que se levava um dia inteiro para percorrer

Cassol e Cahulla fizeram questão de percorrer de carro os 62 quilômetros que ligam Vale do Anari a Machadinho D’Oeste ao lado dos deputados Neodi Carlos e Tiziu Jidalias. No distrito de 5º BEC (Machadinho), às 11:00 horas aconteceu mais uma rápida solenidade, com o descerramento da placa inaugural na saída para Machadinho. Novamente centenas de pessoas foram ao local para agradecer o governador e o vice pela obra, com fogos e faixas de reconhecimento. 

De novo na estrada, a comitiva percorreu a rodovia numa grande comitiva até Machadinho D’Oeste onde, recepcionados pelo prefeito Marinho Alves (da Caerd), outra placa na entrada da cidade foi descerrada. “Quantas e quantas vezes eu e os moradores de Machadinho levávamos o dia inteiro para ir de Machadinho a Vale do Anari, trecho que hoje fazemos em menos de uma hora”, disse o deputado estadual Neodi Carlos, presidente da Assembléia e ex-prefeito de Machadinho. 

Finalizando, o governador, o vice e demais autoridades foram ao Parque de Exposições, onde inauguraram a pavimentação do Parque de Exposições local e falou ao grande público presente, destacando que mais um compromisso foi cumprido pela administração estadual com recursos próprios. “Desde o início do nosso mandato eu digo que a estrada é a mola propulsora do progresso, e hoje mais uma vez isso está sendo comprovado. O asfalto vai trazer mais progresso, desenvolvimento, empregos, educação, vai salvar vidas. Foi por isso que vocês nos elegeram, e é para isso que trabalhamos dia e noite”, disse Cassol. 

Na obra – de acordo com a Gerência de Obras do DER – o Governo do Estado investiu mais de R$ 38 milhões, oriundos de recursos próprios. No trecho de 62 quilômetros foram construídas duas pontes de concreto – uma sobre o rio Machadinho (75 metros) e outra sobre o rio Abacaxi (27 metros). Ambas custaram aos cofres do Estado quase R$ 2 milhões.

Redução de preços nas passagens: economia de tempo e dinheiro

Um exemplo de economia de tempo e dinheiro para a população: o trecho de Jaru a Machadinho do Oeste, cerca de 150 quilômetros – que compreende os dois trechos da RO-133 asfaltados pelo Governo do Estado, somando 166 km - a passagem custava R$ 28,00, pois o trecho era ruim e os buracos danificavam os veículos. O percurso era de aproximadamente 5h30. Agora, a passagem custa R$ 21 (e ainda irá baixar para R$ 19) e o trajeto é feito em 2h30, devido às paradas em vários pontos. “Além de uma rodovia com qualidade para tráfego de veículos e escoamento da produção, os moradores ainda têm redução da passagem”, explicou Jacques Albagli, diretor-geral do DER.

Fonte: Decom

Mais Sobre Municípios

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

Nota Pública - Paralisação do transporte urbano em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), informa que foi confirmada a paralisaç

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

Comunicado Semtran - Avenida Campos Sales terá seu sentido de circulação alterado

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes – SEMTRAN, comunica à população que a avenida Cam