Porto Velho (RO) quinta-feira, 22 de abril de 2021
×
Gente de Opinião

Municípios

Evento bilateral na Fronteira é prestigiado por autoridades brasileiras e bolivianas


A parceria realizada entre o Departamet Fort International Development (DFID), o Instituto Brasileiro de Administração (IBAM), o Grupo Nacional de Trabajo Participativo (GNTP), a Prefeitura de Guajará-Mirim/Brasil e a Alcadia de Guayaramerin/Bolívia, foi fruto de um dos maiores eventos que hoje acontece na fronteira do Brasil, são os coordenadores do evento bilateral na fronteira, que e se estenderá até o domingo (21).

A solenidade de abertura ocorreu no auditório da Alcadia de Guayaramerin/Bolívia, onde se fizeram presente várias autoridades brasileiras e bolivianas, bem como representantes de instituições. O prefeito de Guajará-Mirim, Dedé de Melo, que vem mantendo laços com o alcade de Guayaramerin, Elias Mesquita Coimbra, foi uma das autoridades que se fizeram presente e notoriamente frisou sobre o turismo entre as duas fronteiras. As autoridades a fazerem uso da palavra na abertura do encontro foram os cônsul, Valsiro Pedro de Lima – do Brasil na Bolívia e Adalberto Parra Rojas – da Bolívia no Brasil, o representante do DFID, o alcaide de Guayaramerin Elias Mesquita e o prefeito Dedé de Melo.

Elias Mesquita durante seu discurso enfocou o turismo como principal lema.  Já o prefeito Dedé de Melo não somente enfocou o turismo, mas como as dificuldades enfrentadas por Guajará-Mirim, uma cidade fronteiriça. "As questões instituições geralmente são entraves e devem ser analisadas durante esses três dias, bem como ressalvados os acordos de fronteira. Quanto ao turismo, o que é bom para Guajará-Mirim, é bom para Guayaramerin, o turista quando vem a Guajará ele também quer conhecer a fronteira, esses assuntos devem ser abordados com muita atenção pelos participantes para que busquem meios viáveis de contemplar e melhorar para ambas as cidades de fronteira. Na área da saúde, desde quando assumi jamais viramos as costas para os irmãos bolivianos que aqui buscam ajuda, embora não seja nossa obrigação, mas somos cidades vizinhas e mutuamente trabalhamos em conjunto, como hoje estamos aqui em busca de dias melhores", ponderou o prefeito de Guajará-Mirim, Dedé de Melo.

A representante do Ministério da Integração Nacional do Brasil, Laís Costa apresentou os programas na faixa de fronteira e perspectivas bilaterais.

Após a solenidade de abertura, foi oferecido almoço aos convidados. Em seguida formaram-se grupos de trabalho para discussão, priorização de temas e orientações metodológicas. Grupos de trabalho estarão reunidos durante todo o dia na cidade de Guayaramerin/Bolívia, onde também discutirão temas como: turismo, saúde, educação, meio ambiente, questões sociais e tipos de comércios. Tendo como referência as políticas do DFID orientadas para o cumprimento das metas do milênio e redução da pobreza na América Latina, o evento tem como prioridade identificar e selecionar os temas bilaterais principais na fronteira, desenvolver uma agenda de cooperação entre os dois países, definir uma base institucional bilateral para conduzir o cumprimento da agenda e a integração entre os dois países.                               

Fonte:  Minerva Soto

Mais Sobre Municípios

Prefeito de Rolim de Moura anuncia que UPA será inaugurada nesta sexta-feira, 23

Prefeito de Rolim de Moura anuncia que UPA será inaugurada nesta sexta-feira, 23

O sonho de muitos moradores de Rolim de Moura (RO) se tornará realidade nesta sexta-feira (23) as 19h. O prefeito Aldo Júlio anunciou que a Unidade

Hildon Chaves garante que processo para a compra de vacinas não causa prejuízo ao município

Hildon Chaves garante que processo para a compra de vacinas não causa prejuízo ao município

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, disse, na quinta-feira (22), que o município não será prejudicado se ficar comprovado que o processo da ve

Decreto municipal beneficia empresas que dependem de licenças sanitárias para funcionar em Porto Velho

Decreto municipal beneficia empresas que dependem de licenças sanitárias para funcionar em Porto Velho

Um decreto assinado pelo prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, inclui as empresas que dependem das licenças sanitárias para funcionar legalmente,